×
ContextoExato

Os predadores sexuais

Os predadores sexuaisFoto:

Os predadores estão nos lugares que lhes dão acesso às vítimas, como hospitais, escolas, creches, atividades esportivas e espaços de fé.

Por Miguel Lucena* - 20/12/2018 - 07:50:47

Os predadores sexuais – indivíduos com transtorno de comportamento antissocial e amoral – procuram atividades que os deixem mais próximos de suas vítimas, sejam crianças, adolescentes ou adultas. Adquirem a confiança ou as atacam em situação de vulnerabilidade.

O médium João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, 76 anos, encaixa-se no perfil de um psicopata, em sendo comprovadas as inúmeras denúncias de abuso sexual a mulheres que pesa contra ele.

A psicopatia é um distúrbio mental grave. O psicopata pratica suas maldades sem demonstrar arrependimento ou remorso. Egocêntrico, não aprende com a experiência e é incapaz de amar e se relacionar com outras pessoas com laços afetivos profundos.

Com as exceções devidas, muitas das pessoas que procuravam João de Deus estavam em situação de vulnerabilidade, algumas até desenganadas pela Medicina convencional. Em busca de um milagre, cegas de fé e desesperadas, entregavam-se ao predador, sentindo, mas se recusando a admitir que estavam sendo violadas.

Quantas mulheres não sentem algo estranho durante consultas e deixam para lá, ante a sutileza do predador? No caso do médium, não havia movimentos sutis, mas ilusionismo, uma mágica que levava as vítimas a acharem que eram possuídas por um anjo ou um santo milagreiro.

Os predadores estão nos lugares que lhes dão acesso às vítimas, como hospitais, escolas, creches, atividades esportivas e espaços de fé, sem que isso retire a importância de todas essas atividades para a saúde física e espiritual dos seres humanos. O antídoto é ficar atento, não acreditar nem confiar cegamente, posto há limites para tudo.  

*Miguel Lucena é Delegado de Polícia Civil do DF, jornalista e escritor.

Comentários para "Os predadores sexuais":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório