×
ContextoExato
Responsive image

Pandemia reduz expectativa de vida no Brasil; DF é local mais afetado

Pandemia reduz expectativa de vida no Brasil; DF é local mais afetadoFoto: Agência Brasília

Estudo demográfico realizado na Universidade Harvard mostra que, pela primeira vez, em 80 anos, haverá queda no indicador

Bethânia Nunes - Portal Metrópoles - 19/04/2021 - 13:48:26

A pandemia da Covid-19 fará com que, pela primeira vez em 80 anos, a expectativa de vida ao nascer no Brasil seja reduzida. Uma projeção feita pela pesquisadora Marcia Castro, do Departamento de Saúde Global e População da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, mostra que a taxa deverá cair, em média, dois anos.

De acordo com o trabalho, o Distrito Federal será o local mais afetado, com redução de 3,68 anos na expectativa de vida. O declínio é um reflexo do impacto da Covid-19 no índice de mortalidade do país. Até aqui mais de 373 mil vidas foram perdidas devido à infecção provocada pelo novo coronavírus.

A expectativa de vida no Brasil é de 76,6 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desde 1940, quando o brasileiro vivia, em média, 45,5 anos, o indicador não sofria redução.

Na região Norte, as situações mais críticas foram observadas no Amapá, com redução de 3,62 anos; em Roraima, 3,43; e no Amazonas, 3,28. No Sudeste, a demógrafa chama atenção para o Espírito Santo, com redução de 3,01 anos na expectativa de vida; Rio de Janeiro, 2,62; e São Paulo 2,17.

No Nordeste, Sergipe, Ceará e Pernambuco são os estados que terão maior redução, com declínio de 2,21, 2,09 e 2,01, respectivamente. Já nos três estados do Sul do país – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – a redução da expectativa de vida deverá ser menos acentuada, abaixo dos dois anos.

O estudo de Marcia Castro foi publicado na plataforma medRxiv. De acordo com a demógrafa, é natural que localidades que enfrentam conflitos ou situações graves de saúde, como uma pandemia, sofram redução da expectativa de vida.

No Nordeste, Sergipe, Ceará e Pernambuco são os estados que terão maior redução, com declínio de 2,21, 2,09 e 2,01, respectivamente. Já nos três estados do Sul do país – Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – a redução da expectativa de vida deverá ser menos acentuada, abaixo dos dois anos.

O estudo de Marcia Castro foi publicado na plataforma medRxiv. De acordo com a demógrafa, é natural que localidades que enfrentam conflitos ou situações graves de saúde, como uma pandemia, sofram redução da expectativa de vida.

Comentários para "Pandemia reduz expectativa de vida no Brasil; DF é local mais afetado":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório