×
ContextoExato

Para democratizar a internet em escolas públicas MEC amplia o projeto Educação Conectada

Para democratizar a internet em escolas públicas MEC amplia o projeto Educação ConectadaFoto: Divulgação

Medida foi pensada para o Enem Digital

Redação Com Educa Mais Brasil - 06/11/2019 - 14:28:55

Com o objetivo de democratizar o acesso à internet de qualidade em escolas públicas no Brasil, o Ministério da Educação (MEC) pretende ampliar o projeto Educação Conectada. A expectativa é que mais de 24,5 mil escolas públicas urbanas sejam alcançadas. Com investimento estimado de R$ 82,6 milhões, o projeto visa beneficiar cerca de 11,6 milhões de estudantes em todo o Brasil.

Escolas públicas estaduais e municipais devem receber conexão de internet. Na rede municipal, são 13.634 unidades de ensino com mais de 5,5 milhões de estudantes. Já na rede estadual de educação básica o total é de 10.828 escolas com 6,1 milhões de alunos.

Durante o anúncio feito em coletiva, nessa semana, o ministro da educação Abraham Weintraub ressaltou que a medida tem a ver com as mudanças anunciadas para o Exame Nacional do Ensino Médio. "Para ter o Enem Digital é preciso dar condições iguais para todos".

Ano que vem, será lançado o Enem Digital em edição piloto. A previsão é que, até 2026, o exame seja totalmente digitalizado. Confira, abaixo, as regras para receber a conexão de internet.

As instituições públicas precisam ter:

  • número de matrículas maior que 14 alunos;
  • no mínimo, três computadores para uso dos alunos;
  • no mínimo, um computador para uso administrativo;
  • pelo menos, uma sala de aula em funcionamento.

*Matéria produzida com informações do MEC

Comentários para "Para democratizar a internet em escolas públicas MEC amplia o projeto Educação Conectada":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório