×
ContextoExato

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros terá apoio financeiro da iniciativa privada, com gestão do ICMBio

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros terá apoio financeiro da iniciativa privada, com gestão do ICMBioFoto:

O projeto ainda inclui implantação e manutenção de uma exposição permanente no centro de visitantes

Por: Mônica Nunes - Conexão Planeta / Imagem: Conexão Planeta - 26/12/2018 - 20:08:56

Ao contrário do que muita gente divulgou em suas redes sociais, sem ler as notícias por completo ou porque estas não explicavam o caso direito, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros não foi privatizado! No último dia 18/12, quinta-feira, o ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, anunciou o contrato de concessão assinado com as empresas Parquetur Participações e Socicam Terminais Rodoviários e Representações, que investirão cerca de R$ 14 milhões no parque. Por isso, a confusão, a priori.

E o que essa concessão significa? Que o parque criado em 1961, localizado em Goiás, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Colinas do Sul e que ocupa uma área de mais de 240 mil hectares de Cerrado, continuará sendo administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – conhecido como ICMBio. Mas agora poderá contar com o apoio dessas empresas pra incrementar serviços e atividades, sempre pautadas pelo plano de manejo, respeitando a conservação e a proteção da biodiversidade, com o menor impacto possível.

A concessão é válida por 20 anos e inclui o controle de acesso ao parque (agora, serão cobrados ingressos), recepção de visitantes, serviços de alimentação, loja de conveniência, transporte interno, manutenção e limpeza.

Quer ver outros exemplos que “colhi” na página do fotógrafo André Dib no Facebook, que mora lá e estava injuriado com a divulgação das notícias por seus amigos?

As concessionárias investirão na conservação e manutenção de trilhas, dos atrativos, além de oferecer serviços e providenciar o acesso de todos os visitantes a corredeiras e trilhas, inclusive daqueles com mobilidade reduzida. Ele conta também que as atividades oferecidas serão ampliadas e incluirão condições para a prática de mountain bike, escaladas, outras travessias além das já existentes e novas áreas de camping.

O projeto ainda inclui implantação e manutenção de uma exposição permanente no centro de visitantes, um galpão rústico e banheiros secos (olha só que bacana!) no espaço de camping das Sete Quedas.

Fernando Tatagiba, diretor do parque, contou, durante o encontro, que cerca de 50 pessoas – entre analistas ambientais, brigadistas e terceirizados – trabalham hoje lá e que, com essa parceria, esse número poderá ser bem maior, “criando novos empregos diretos e impulsionando outras iniciativas econômicas relacionadas ao turismo e respeitando a conservação da natureza”. O turismo de aventura e ecológico será incentivado.

Importante salientar que nada foi feito à revelia da sociedade. “Tudo foi muito bem discutido e estabelecido em estudos e reuniões entre a sociedade civil, ICMBio, conselho, direção da unidade, associações de guias e ambientalistas da Chapada”, destaca Dib, que ainda lembrou que essa prática é muito comum no mundo e há ótimos exemplos de melhorias das condições dos parques, que, sem esse apoio, seriam impossíveis.

Então, vamos confiar e torcer para que a experiência dê certo e possa servir de exemplo para outros parques, sempre visando sua conservação e impacto zero. Pra evitar que governos e parlamentares incautos tomem iniciativas de destrutivas que visam, apenas, sua exploração, sem cuidados.

Vale lembrar que, no ano passado, o Parque Nacional Chapada dos Veadeiros foi atingido por incêndio criminoso – Dib comentou em um post rápido, aqui no Conexão Planeta, para pedir ajuda aos brigadistas – que queimou cerca de 65 mil hectares. Foi, assim, o maior incêndio em um bioma, da nossa história.

Nada foi provado mas o parque havia sido ampliado, o que prejudicou as ambições dos ruralistas e do governo do estado, dominado por eles.

Aplicativo Parques do Brasil
No mesmo encontro com a imprensa, o Ministério do Meio Ambiente anunciou o lançamento do aplicativo Parques do Brasilpara celular, como já noticiamos, aqui, no Conexão Planeta.

Comentários para "Parque Nacional Chapada dos Veadeiros terá apoio financeiro da iniciativa privada, com gestão do ICMBio":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório