×
ContextoExato
Responsive image

Parte de templo perdido do faraó Ptolomeu I é descoberta no Egito

Parte de templo perdido do faraó Ptolomeu I é descoberta no EgitoFoto: Pixabay

Uma equipe de arqueólogos encontrou os restos de um templo construído durante o reinado do faraó Ptolomeu I.

Portal Sputnik Brasil De Noticias - 28/03/2021 - 10:35:42

A missão arqueológica é formada por especialistas do Museu Egípcio de Barcelona, na Espanha, da Universidade de Tubinga, na Alemanha, e do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito.

Os restos foram encontrados após 15 anos de trabalho no sítio de Kom el-Ajmar Sharuna, localizado no Alto Egito.

Durante as escavações foram recuperados aproximadamente 60 blocos de pedra de grandes dimensões e de aproximadamente 500 quilos cada um. Além disso, os blocos tinham belos revestimentos e importantes textos em hieróglifos.

"Estão perfeitamente esculpidos, com suas divindades e hieróglifos explicativos sobre a história do templo e dos deuses a quem era consagrado [...] Fizeram parte do templo e estavam muito bem conservados, visto que foram utilizados para as fundações e pavimentos de uma igreja copta", explica o presidente do Museu Egípcio de Barcelona, Jordi Clos.

Os textos revelam que o templo foi dedicado a Ptolomeu I, um general de Alexandre, o Grande, que se converteu no primeiro faraó de uma dinastia que terminou com Cleópatra. Eles fornecem informações valiosas sobre a fundação do templo, seu nome e deuses a quem era dedicado.

Além disso, ao longo das escavações, os arqueólogos encontraram tumbas, moldes, equipamentos funerários, peças de cerâmica e uma grande cavidade com mais de quinhentas múmias.

Esta última descoberta "abre novas expectativas para o futuro", considera o responsável pela escavação, Luis Manuel Gonzálvez, citado pela agência EFE.

Para recuperar os restos, os arqueólogos utilizaram um sistema de drenagem do terreno, por este ser muito úmido. Para a documentação de cada bloco, foram utilizadas modernas técnicas que, a partir de fotografias, permitem construir modelos tridimensionais precisos.

Os especialistas integraram os elementos arquitetônicos encontrados com fragmentos do templo descobertos há décadas.

Agora, o Museu Egípcio planeja uma proposta de reconstrução do templo, que foi construído há dois mil anos na cidade de Hut-nesut, antigo nome da atual Sharuna.

Comentários para "Parte de templo perdido do faraó Ptolomeu I é descoberta no Egito":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório