×
ContextoExato
Responsive image

Polícia Federal assina acordo de delação com Sérgio Cabral; PGR é contra

Polícia Federal assina acordo de delação com Sérgio Cabral; PGR é contraFoto: Pública

PGR diz ser contrário ao acordo de delação, que já havia sido rejeitado pela força-tarefa da Lava Jato no Rio.

O Antagonista - 16/12/2019 - 19:51:39

A Polícia Federal assinou acordo de delação premiada com Sérgio Cabral e enviou o material para a homologação de Edson Fachin.

Pelo acordo –mantido sob sigilo–, o ex-governador do Rio se comprometeu a devolver R$ 380 milhões da propina recebida nos últimos anos.

A delação, porém, só terá validade caso seja homologada pelo STF. Quando ela foi enviada ao Supremo, em novembro, Fachin pediu um parecer de Augusto Aras sobre o material.

Em sua manifestação, que chegou ao STF hoje, o PGR diz ser contrário ao acordo de delação, que já havia sido rejeitado pela força-tarefa da Lava Jato no Rio.

Segundo O Globo, Aras argumenta que Cabral ocultou informações e protegeu pessoas ao negociar o acordo com a Lava Jato fluminense.

O PGR alega também que o ex-governador pode ser considerado o líder da organização criminosa montada no governo e, nessas condições, não poderia se beneficiar de um acordo de colaboração.

Comentários para "Polícia Federal assina acordo de delação com Sérgio Cabral; PGR é contra":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório