×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de junho de 2022

Pororoca: fenômeno natural que não existe mais, uma triste notícia

Pororoca: fenômeno natural que não existe mais, uma triste notíciaFoto:

A pororoca no Araguari. Bons tempos…

Mar Sem Fim - Estadão Conteúdo - 17/12/2018 - 10:59:01

Enquanto Instituto Chico Mendes diz que criação de búfalos criou valas que drenaram o curso d’água e acabaram com a pororoca, a Federação de Pecuária do Amapá alega que outros fatores devem ser considerados para o fim do fenômeno natural que já atraiu gente do mundo inteiro pro Norte do Brasil. O encontro de águas, do rio Araguari com o Oceano Atlântico, perdeu o encantamento que tinha no Amapá.

Pororoca: fenômeno natural

A pororoca era um fenômeno natural produzido pelo encontro das correntes fluviais com a maré do Oceano Atlântico. Rio e mar se confrontavam, criando uma onda que percorria mais de dez quilômetros. Gente de todo o mundo desembarcava no Amapá em busca da onda perfeita.

ICMBio e a atividade pecuária

De acordo com o ICMBio, a atividade pecuária, principalmente a criação de búfalos, criou valas e canais que drenaram o curso d’água. A Federação de Pecuária do Amapá alega que outros fatores devem ser considerados pra explicar o fim da pororoca. Iraçu Colares, presidente da federação questiona:

Por causa da pecuária? E por que nós não incluímos também aí a questão, por exemplo, das hidrelétricas

O vaqueiro Edgar Souza diz que

O fim da pororoca dificultou o acesso para os ribeirinhos

Negócio de escola não tem condição. A escola foi fechada porque não deu mais pra estudar os moleques, aí tem que ir pra cidade. A água pra gente se alimentar ficou difícil. Ficou muito barrenta. Ficou fraco de peixe, muito fraco

Profundidade do rio Araguari diminuiu muito

A partir de um determinado ponto, nenhum tipo de embarcação passa mais, por menor que seja. A profundidade do rio, que era de cinco, seis metros, diminuiu muito. A foz do rio, onde ele deságua e se encontra com o Oceano Atlântico, formando a pororoca, fica a 20 quilômetros de lá. Todo esse percurso era navegável. Agora, a vegetação está começando a cercar a área. O rio fechou de vez. O mato está tomando conta do lugar onde antes era só água.

A chefe da Reserva do Lago Piratuba, Patricia Pinha, afirma que

É um processo difícil de reverter. Teria que ser investido muita pesquisa e recurso financeiro pra poder fechar esses canais e o rio voltar a ter força de novo. Todos os danos ambientais apurados devem ser imputados a esses criadores e, eventualmente, até mesmo ao estado, que colaborou para o dano ambiental sendo omisso”, diz o procurador do MPF Thiago Cunha.

O governo do Amapá anunciou que um grupo vai estudar as causas do fim do fenômeno.

Rios brasileiros, retrato do descaso

O problema do Araguari não é exceção. É regra. Assim são tratados os corpos d’água no Brasil. Até quando??

Lembre-se como era a pororoca:

A ação do homem é dramática em todo o litoral. Veja o que aconteceu no litoral do Rio Grande do Sul.

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim .

Comentários para "Pororoca: fenômeno natural que não existe mais, uma triste notícia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Precisa-se de empacotadores em Águas Claras; são 15 vagas

Precisa-se de empacotadores em Águas Claras; são 15 vagas

São 199 oportunidades de emprego nas agências do trabalhador neste início de semana, incluindo cargos para candidatos com curso superior

Quase 30 espécies encantam o público no novo borboletário do Zoológico

Quase 30 espécies encantam o público no novo borboletário do Zoológico

Quase 30 espécies bailam pelo borboletário do Jardim Zoológico, fazendo a festa da garotada e de muitos adultos

Canais de irrigação evitam perda de 50% da água destinada à produção rural

Canais de irrigação evitam perda de 50% da água destinada à produção rural

Sistema de irrigação ganha reforço do governo do Distrito Federal para assegurar abastecimento regular

Operação registra irregularidades de trânsito na madrugada deste sábado

Operação registra irregularidades de trânsito na madrugada deste sábado

Fiscalização resultou em 18 autuações de motoristas inabilitados, 20 multas e 56 veículos removidos

Semana de Enfrentamento às Drogas começa neste domingo, 26

Semana de Enfrentamento às Drogas começa neste domingo, 26

Voltadas ao público jovem, atividades são fruto de parceria entre órgãos do Governo do Distrito Federal e Anvisa

Alunos de escolas públicas do DF marcam presença na Feira do Livro

Alunos de escolas públicas do DF marcam presença na Feira do Livro

São esperados até este domingo (26) oito mil estudantes das 14 regionais de ensino do Distrito Federal

Comitês populares são impulsionados no Distrito Federal

Comitês populares são impulsionados no Distrito Federal

Meta do Partido dos Trabalhadores é constituir cerca de 5 mil comitês populares em todo o país nos próximos meses

Dia do Skate é comemorado na capital brasileira

Dia do Skate é comemorado na capital brasileira

Evento acontece neste sábado, 25, às 14 horas, na Praça do Povo, no Setor Comercial Sul, Distrito Federal

Plataforma facilita consulta a informações sobre o meio ambiente

Plataforma facilita consulta a informações sobre o meio ambiente

O Instituto Brasília Ambiental apresenta o Observatório da Natureza e Desempenho Ambiental ao MP do DF

DIstrito Federal tem 110 mil crianças ainda não vacinadas contra a Covid-19

DIstrito Federal tem 110 mil crianças ainda não vacinadas contra a Covid-19

Secretaria de Saúde amplia estratégias para aumentar a cobertura vacinal para todos os públicos

Justiça restaurativa e violência de gênero é tema de último seminário

Justiça restaurativa e violência de gênero é tema de último seminário

Foram realizados quatro encontros em que especialistas brasileiros e australianos discutiram violência doméstica e familiar contra as mulheres