×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de novembro de 2021

Presidente Evo Morales denuncia golpe de Estado na Bolívia

Presidente Evo Morales denuncia golpe de Estado na BolíviaFoto: Deutsche Welle

Líder boliviano condena motins de unidades policiais em confraternização com manifestantes como ataque a Estado de direito. Tribunal eleitoral nega fraude no pleito presidencial de 20/10, contra declarações de auditores.

Deutsche Welle - 10/11/2019 - 08:39:09

O presidente boliviano, Evo Morales, denunciou nesta sexta-feira (08/11) um suposto golpe em andamento no país, após os motins da polícia em pelo menos quatro regiões.

"Irmãs e irmãos, a nossa democracia está em perigo pelo golpe de Estado que grupos violentos lançaram contra a ordem constitucional. Denunciamos perante a comunidade internacional esse ataque ao Estado de direito", anunciou Morales após reunião de emergência com vários ministros e o comandante das Forças Armadas, general Williams Kaliman.


Policiais protestam em Cochabamba, Bolívia

Policiais protestam em Cochabamba

"Peço ao nosso povo que cuide pacificamente da democracia e da CPE [Constituição Política do Estado], para preservar a paz e a vida como a propriedade suprema acima de todo interesse político", acrescentou.

Dezessete dias após o início dos protestos contra a reeleição de Morales, pelo menos quatro unidades policiais bolivianas demonstraram apoio aos manifestantes, nas capitais Sucre (constitucional) e La Paz (executiva e legislativa), assim como em Cochabamba (no centro) e Santa Cruz (leste). Cenas de confraternização entre agentes policiais e manifestantes oposicionistas foram observadas em La Paz.

Antes da reunião de emergência, o ministro da Defesa Javier Zavaleta anunciou que Morales, que é constitucionalmente o capitão geral das Forças Armadas, dera ordens para que as Forças Armadas não intervissem: "Nenhum militar vai às ruas de qualquer cidade do país", afirmou. Admitindo a ocorrência de um motim policial na cidade de Cochabamba, Zavaleta garantiu que relatos de revoltas policiais semelhantes em outras zonas do país são "boatos".

O Supremo Tribunal Eleitoral (TSE) boliviano rejeitou nesta sexta-feira as alegações de irregularidades nas apurações do voto eletrônico, evocando um relatório da empresa de auditoria Ethical Hacking, que não teria encontrado "qualquer alteração de dados". Segundo a imprensa nacional, contudo, o presidente da companhia, Álvaro Andrade, apontou "vulnerabilidades" na contagem.

O líder cívico Luis Fernando Camacho exortou os militares, através do Twitter, a "apoiar a cidadania mobilizada". Camacho tornou-se o principal opositor de Evo Morales, exigindo que renuncie ao cargo de presidente, devido a suposta fraude eleitoral nas eleições de outubro.

Os protestos na Bolívia duram mais de duas semanas, depois de oposição e movimentos civis terem denunciado fraudes na contagem dos votos a favor do presidente, que a comissão eleitoral deu como vencedor para cumprir um quarto mandato. Os comitês da oposição não reconhecem a vitória e exigem a renúncia de Evo Morales e a repetição do escrutínio.

AV/lusa,efe

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

Siga Deutsche Welle no Facebook | Twitter | YouTube
| App | Instagram | Newsletter

Comentários para "Presidente Evo Morales denuncia golpe de Estado na Bolívia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Parque Ecológico de Santa Maria ganha mutirão de plantio de mudas

Parque Ecológico de Santa Maria ganha mutirão de plantio de mudas

Um dos objetivos da ação foi enfatizar a importância do meio ambiente para a qualidade de vida das pessoas

Fim de semana com muitas atrações culturais no Distrito Federal, confira

Fim de semana com muitas atrações culturais no Distrito Federal, confira

Festival é indicado para para famílias com crianças de 0 a 5 anos de idade

Memorial dos Povos Indígenas reabre com exposição inédita e gratuita

Memorial dos Povos Indígenas reabre com exposição inédita e gratuita

Após reforma, Memorial dos Povos Indígenas reabre com exposição inédita de peças e utensílios de povos originários

Projeto Alma Brasileira realiza temporada em escolas públicas do DF

Projeto Alma Brasileira realiza temporada em escolas públicas do DF

Com a retomada das escolas públicas às atividades presenciais nesta nova fase da crise sanitária, a proposta dos músicos é levar uma motivação extra às aulas presenciais.

Praça da República é reinaugurada com programação  especial

Praça da República é reinaugurada com programação especial

Estão confirmados o grupo Samba Urgente, Digão (Raimundos), Philippe Seabra (Plebe Rude), GOG (foto), Bboy Samuka (breakdancer), Turko (grafiteiro), Realleza (rapper e cantora) e Tio André (mágico), entre outros

Memorial dos Povos Indígenas reabre com mostra inédita no Distrito Federal

Memorial dos Povos Indígenas reabre com mostra inédita no Distrito Federal

A mostra traz fração do lote de oito mil artefatos apreendidos pela Polícia Federal do contrabando de objetos indígenas e doados à Secec

Parque Nacional de Brasília reabre acesso a piscinas da Água Mineral

Parque Nacional de Brasília reabre acesso a piscinas da Água Mineral

Chamado de Água Mineral, local pode receber 1,5 mil visitantes por dia

Exposição mostra como seria Brasília desenhada por outros arquitetos

Exposição mostra como seria Brasília desenhada por outros arquitetos

Projeto desenhado por Lúcio Costa foi o vencedor em 1957

“Brasília é bem planejada e inovação está no cerne da cidade”, diz CEO

“Brasília é bem planejada e inovação está no cerne da cidade”, diz CEO

O roteiro deste sábado (20) da coordenação da Web Summit incluiu evento com empreendedores de startups e sobrevoo de helicóptero por Brasília

Aulas, debates, histórias e ações plantam esperança e educação antirracista no DF

Aulas, debates, histórias e ações plantam esperança e educação antirracista no DF

Zenilda Vilarins Cardozo conversa com crianças da EC 3 do Gama

Dia da Consciência Negra no Distrito Federal promete fazer história

Dia da Consciência Negra no Distrito Federal promete fazer história

Todos os eventos são gratuitos, de classificação livre e será feita arrecadação de 1 kg de alimento não perecível para doação de cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social do DF.