×
ContextoExato

Prevenção ao suicídio. É preciso romper com o isolamento, afirma psiquiatra

Prevenção ao suicídio. É preciso romper com o isolamento, afirma psiquiatraFoto: Agência Brasil

Foco do Ministério da Saúde na campanha deste ano é sobre jovens de 16 a 24 anos, faixa que registrou aumento de casos

Por Guilherme Henrique E Mayara Paixão Brasil De Fato - São Paulo (sp) - 07/09/2019 - 19:25:24

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no planeta. / Agência Brasil

O mês de setembro é destinado à prevenção do suicídio. A campanha enfatiza a necessidade de atenção especial com o bem-estar e a saúde mental sobretudo de crianças e adolescentes. O Ministério da Saúde divulgou que o foco das ações desenvolvidas pela pasta será o público jovem. O grupo tem registrado aumento no número de casos de tentativa de suicídio.

Dados divulgados pela Unifesp no ano passado indicam um aumento de 24% na taxa de suicídio entre os jovens brasileiros de 16 a 24 anos.

O psiquiatra Roberto Tykanori, ex-coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde do governo Dilma, conversou com a Rádio Brasil de Fato sobre o assunto. O especialista destaca que é preciso fomentar o acolhimento.

“Espaços de solidariedade e cooperação são importantes. É preciso romper com o isolamento”, diz.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa se suicida no planeta. É a segunda causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos de idade.

“Tem situações que todo mundo reconhece quando uma pessoa está deprimida. Ela desaparece dos seus ambientes regulares. As pessoas mais próximas conseguem perceber essa mudança de padrão. A primeira coisa que se faz nesses casos é buscar contato. Se a pessoa, realmente, demonstra que está em uma situação de desespero, de muito mal estar, é preciso orientar a uma busca de auxílio profissional”, afirma Roberto Tykanori.

Confira a entrevista do psiquiatra na íntegra aqu i.

Edição: Katarine Flor

Comentários para "Prevenção ao suicídio. É preciso romper com o isolamento, afirma psiquiatra":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
...