×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 09 de agosto de 2022

Previsto pela Lei Nº 13.005. Plano Nacional de Educação aplicado a passos de tartaruga

Previsto pela Lei Nº 13.005. Plano Nacional de Educação aplicado a passos de tartaruga

Foto: Pixabay

A educação superior e que foi tema dos protestos estudantis em 15 e 30 de maio, apesar de alguns avanço, como no caso de atingir a meta de 60 mil brasileiros com mestrado, a formação específica de professores na área em que atuam ainda é uma realidade distante.

Por Circe Cunha (interina) - Correio Braziliense - 08/06/2019 - 11:55:45

Previsto pela Lei Nº 13.005, de 2014, o Plano Nacional de Educação está completando cinco anos de vigência e não decolou, conforme previam todos aqueles que participaram ativamente de sua elaboração. Das 20 metas estipuladas, visando aperfeiçoar o modelo de educação no país, só quatro experimentaram avanços tímidos. Diante dessa realidade, os objetivos traçados para a efetivação total do PNE, previstos para fins de 2024, ficam cada vez mais distantes e incertos. A avaliação preliminar foi feita pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, uma organização não governamental, criada em 1999 pela sociedade civil, a partir do Fórum Mundial de Educação, que luta para que todo brasileiro tenha educação pública de qualidade, inclusiva e laica.


Esse atraso ocorre devido aos que acreditam ser uma clara limitação econômica que obstrui a realização do PNE, iniciado em 2014, em decorrência da forte recessão, que se estendeu pelos anos seguintes. Os dados apresentados recentemente pela ONG dão conta de que as metas e estratégias contidas no plano correm o risco de nunca serem cumpridas, principalmente devido ao não investimento em educação e ao pouco caso demonstrado pelas autoridades que, sistematicamente, lançam para escanteio as metas previstas na agenda. Depois de três anos de um longo debate, o PNE aprovado teve apenas algumas etapas preliminares cumpridas, o que pode ser aferido pelos avanços observados tanto nas notas das crianças matriculadas nos primeiros anos do ensino fundamental quanto na melhoria, ainda tímida, na formação de docentes.



Na opinião de muitos especialistas no problema, pelo ritmo atual de desenvolvimento das metas, dificilmente o PNE será concluído em 2024. Até o “Custo Aluno-Qualidade Inicial e Custo Aluno-Qualidade (CAQi/CAQ) sofre com os seguidos descumprimentos, ao mesmo tempo em que é atacado por todos aqueles que defendem a lógica da privatização dos recursos para a educação.



Nesse sentido, os integrantes da ONG apontam a Emenda Constitucional nº 95/2016, do governo Temer e seguida pelo atual governo, prevendo fortes cortes na economia, como o principal fator que impede o pleno prosseguimento do PNE, dificulta a universalização do acesso à educação de qualidade em todo o país e que, com certeza, impactará também um possível plano subsequente, previsto para o período de 2024 a 2034. O item mais prejudicado, afirmam os especialistas, são as metas 1, 2 e 3 referentes à universalização do acesso à educação básica. Com isso, todos os anos milhares de crianças continuam fora das creches, da pré-escola e dos ensinos fundamental e médio

Com relação à necessidade de diminuição das desigualdades regionais e de classes sociais, conforme previstas pela Meta 8 do Plano, os avanços têm sido medíocres. Quanto à educação superior e que foi tema dos protestos estudantis em 15 e 30 de maio, apesar de alguns avanço, como no caso de atingir a meta de 60 mil brasileiros com mestrado, a formação específica de professores na área em que atuam ainda é uma realidade distante.



A frase que foi pronunciada
“O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele.”

Immanuel Kant, filósofo prussiano do século 18.


Tech
» Amanhã é dia de Feira de Tecnologia da UnB. No Eixão do Lazer, na altura da 402 Sul. Veja todos os detalhes no Blog do Ari Cunha.



Com ou sem
» De um lado, alguns pais acham um absurdo o presidente Bolsonaro afrouxar a punição para os pais que não usam nos automóveis as cadeirinhas para os filhos; de outro, pais preferem que o Estado não interfira nas decisões de família. Palmada, cadeirinha, educação, sexualidade. Para essa corrente, isso é problema particular.



Uma pena
» Calçadas desiguais, buracos por toda a parte, marquises sem manutenção. A W3 que foi a queridinha de Brasília passa por total desleixo, sujeira e falta de conservação.



Realidade
» Parece que o governador Ibaneis quer mesmo melhorar o atendimento da saúde à população. Hora de criar um “disque saúde denúncia” para mapear com precisão os problemas enfrentados pelos pacientes no DF.



História de Brasília
O dr. Quintanilha disse à imprensa que o Brasil sem Jânio é um Santos sem Pelé. O Arapuã respondeu em cima da bucha: “Há uma pequena diferença: Pelé nunca tentou golpe sujo, e jamais fugiu à luta”. (Publicado em 22/11/1961)


Comentários para "Previsto pela Lei Nº 13.005. Plano Nacional de Educação aplicado a passos de tartaruga":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Quais são os principais riscos da automedicação?

Quais são os principais riscos da automedicação?

São Paulo e Portugal sediam concurso internacional de azeites extravirgens

São Paulo e Portugal sediam concurso internacional de azeites extravirgens

Mulheres ganham 24% menos no setor da saúde

Mulheres ganham 24% menos no setor da saúde

Inscrições abertas para a Semana Universitária de 2022

Inscrições abertas para a Semana Universitária de 2022

MPDFT vistoria administrações para verificar cumprimento de decisão judicial

MPDFT vistoria administrações para verificar cumprimento de decisão judicial

Operação Res Capta: MPF denuncia 27 pessoas por corrupção, associação criminosa e crimes ambientais

Operação Res Capta: MPF denuncia 27 pessoas por corrupção, associação criminosa e crimes ambientais

Ministro suspende novo decreto que reduziu IPI de produtos que concorrem com os produzidos na ZFM

Ministro suspende novo decreto que reduziu IPI de produtos que concorrem com os produzidos na ZFM

“O TSE não está só, porque a sociedade não tolera o negacionismo eleitoral”, afirma Fachin

“O TSE não está só, porque a sociedade não tolera o negacionismo eleitoral”, afirma Fachin

Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

60 anos da psicologia é marcada por manifestações em defesa da democracia

60 anos da psicologia é marcada por manifestações em defesa da democracia

Roubo de celular vira ‘porta de entrada’ para invasão a contas e cartões

Roubo de celular vira ‘porta de entrada’ para invasão a contas e cartões

Por que as eleições deste ano podem ser as mais atípicas já vistas no Brasil?

Por que as eleições deste ano podem ser as mais atípicas já vistas no Brasil?

“É mito que o álcool faz bem para a saúde”, diz médica da Opas

“É mito que o álcool faz bem para a saúde”, diz médica da Opas

TSE e Kwai estreiam Central das Eleições

TSE e Kwai estreiam Central das Eleições

Preso sob acusação de matar Marielle é condenado por tráfico de armas

Preso sob acusação de matar Marielle é condenado por tráfico de armas

UnB divulga nota à comunidade sobre a doença Monkeypox

UnB divulga nota à comunidade sobre a doença Monkeypox

Internautas cobram cassação do registro de Damares por fake news contra Lula

Internautas cobram cassação do registro de Damares por fake news contra Lula

Prazos processuais judiciais voltam a fluir no TJDFT

Prazos processuais judiciais voltam a fluir no TJDFT

MPDFT apresenta resultados da aplicação de medidas alternativas em 2021

MPDFT apresenta resultados da aplicação de medidas alternativas em 2021

Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos de R$ 2,5 bilhões neste ano

Golpes bancários disparam e devem gerar prejuízos de R$ 2,5 bilhões neste ano

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Vacinação