×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Procurador aposentado acusa Gilmar e Toffoli e pede para ser processado por eles

Procurador aposentado acusa Gilmar e Toffoli e pede para ser processado por elesFoto: Tribuna da Internet

Cosmo Ferreira já processou Sérgio Cabral e venceu a ação

Por Mário Assis Causanilhas-tribuna Da Internet - 29/03/2019 - 15:34:49

Faz sucesso na internet uma carta aberta ao presidente do Supremo, Dias Toffoli, escrita pelo advogado criminalista Cosmo Ferreira, ex-promotor de justiça no Rio de Janeiro, ex-procurador da República da área criminal, procurador regional da República aposentado. Na carta aberta, Ferreira denuncia Toffoli por descumprir a Constituição e desafia o presidente do STF e o ministro Gilmar Mendes a processá-lo. E para facilitar a abertura da ação, ele divulga o próprio endereço, mostrando que ainda há operadores de Direito no Brasil que têm coragem de enfrentar os poderosos, na forma da lei.

###
TOFOLLI RASGOU O TEXTO DA CONSTITUIÇÃO

Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal.

Vossa Excelência rasgou o texto constitucional ao instaurar de ofício um inquérito para apurar crimes contra a honra praticados contra os ministros dessa Corte, protetora de corruptos de alto coturno.

O Senhor atropelou o sistema acusatório agasalhado na Lei Fundamental, que impede o Judiciário de instaurar de ofício inquérito para apuração de ilícitos penais, sob o anêmico fundamento de que o regimento interno dessa Corte o permite.

Sem data vênia, embora o senhor já tivesse ficado reprovado duas vezes para juiz de primeira instância, ao menos sabe que esse regimento tem seu fundamento de validade no texto constitucional. Ou será que a soberba do Tribunal chegou ao ponto de entender que está acima da Constituição da República?

E, não bastasse, nomeou o ministro Alexandre de Moraes, que aceitou a incumbência, de bom grado, travestindo-se de delegado de polícia de plantão, sem sorteio.

Ajeita a toga, ministro! Se os senhores tivessem compostura as ofensas não teriam ocorrido. Vossa Excelência tem conhecimento de ministros de antanho que tivessem sido achincalhados? Não? É porque eles se davam respeito.

O senhor e o ministro Gilmar Mendes, que não tem pejo de julgar pessoas com as quais mantém relações promíscuas, envergonham o Poder Judiciário do Estado brasileiro.

Fosse aqui um país minimamente sério ambos já teriam sido apeados do STF.

Excelência, ficarei profundamente honrado em ser processado pelo senhor e o Gilmar Mendes, de preferência em litisconsórcio. O senhor deve saber o que é um litisconsórcio.

Será uma herança moral que deixarei para os meus. Apreciarei o embate. Vai ter chumbo trocado. Tem advogado e advogado. Eu sou advogado.

Sem atenciosamente,

Cosmo Ferreira. Ex-promotor de justiça/RJ, ex-procurador da República da área criminal, procurador regional da República aposentado, advogado criminalista, OAB/RJ 93.804, domiciliado na cidade do Rio de Janeiro, residente na avenida Lúcio Costa, 4000, bloco 8, apartamento 402.

Comentários para "Procurador aposentado acusa Gilmar e Toffoli e pede para ser processado por eles":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Brasília no páreo para sediar o maior evento de tecnologia do planeta

Tribunal de Contas da União quer inspecionar Palácio do Planalto sobre orçamento secreto

Tribunal de Contas da União quer inspecionar Palácio do Planalto sobre orçamento secreto

Diferentemente de uma investigação formal do Ministério Público ou da Polícia Federal, porém, o tribunal não pode apreender computadores ou tomar depoimentos.

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

Ordenamento territorial é debatido a cada dez anos.

Governador do DF prevê desobrigar uso de máscara em ambientes abertos em novembro

Governador do DF prevê desobrigar uso de máscara em ambientes abertos em novembro

O número de vacinados com a 2ª dose ou dose única havia alcançado a taxa de 59,96% da população acima de 12 anos até hoje. Um total de 86,84% tomou a 1ª dose da imunização contra a covid.

Prorrogado o período de matrícula na rede pública de ensino do DF

Prorrogado o período de matrícula na rede pública de ensino do DF

Escola Parque da 308 Sul, no Plano Piloto.

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

O autor do requerimento para dar início às investigações, deputado Delmasso, espera resultados similares aos obtido por CPI paulistana que "colocou de volta nos cofres públicos cerca de R$ 3 bilhões”

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista Mona Lisa, do Coletivo Mais de Nós, denuncia ter sofrido perseguição após apoiar luta por moradia popular

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

UNE protocolou um ofício cobrando uma urgente reunião com a presidência da CAPES

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF

Sindicato dos Professores do DF critica possibilidade de retorno 100% presencial das aulas

Sindicato dos Professores do DF critica possibilidade de retorno 100% presencial das aulas

Sindicato aponta que 136 escolas públicas no DF registraram casos de contaminação por covid-19. Fotos: Acácio Pinheiro/Agência Brasília