×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

Procuradora que investiga Organização Trump intima filhos do ex-presidente

Procuradora que investiga Organização Trump intima filhos do ex-presidenteFoto: Pública Wikipédia

O esforço da procuradora-geral para entrevistar Trump sob juramento tornou-se público no mês passado, mas não se sabia antes que seu gabinete também procurava questionar Donald Trump Jr. e Ivanka Trump.

Estadão Conteúdo - 03/01/2022 - 19:40:30

A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, intimou dois filhos do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, Ivanka Trump e Donald Trump Jr., para deporem na investigação sobre as práticas de negócios da Organização Trump. Os dois atuaram como executivos na empresa.


As intimações foram divulgadas em um documento judicial nesta segunda-feira, 3, junto a um tribunal estadual de Nova York, em Manhattan. Donald Trump também foi intimado a testemunhar sob juramento, e a família planeja pedir a um juiz que para impedir que os advogados da procuradora obtenham seu depoimento, de acordo com o documento.


O esforço da procuradora-geral para entrevistar Trump sob juramento tornou-se público no mês passado, mas não se sabia antes que seu gabinete também procurava questionar Donald Trump Jr. e Ivanka Trump.


As intimações de James refletem uma escalada de sua investigação de quase três anos para saber se a Organização Trump inflou de forma fraudulenta os valores de seus ativos imobiliários para obter empréstimos bancários e reduziu seus valores para reduzir suas contas de impostos.


Ela obteve vários documentos relacionados à investigação e examinou várias propriedades da Organização Trump, incluindo a propriedade de Seven Springs em Westchester County e o Trump International Hotel & Tower em Chicago. Se James encontrar evidências de irregularidades, ela pode abrir um processo, mas como sua investigação é civil, ela não pode apresentar queixa criminal.


Alina Habba, advogada de Donald Trump acusou James, uma democrata, de ter preparado seu escritório para uma caça às bruxas política que viola os direitos constitucionais do ex-presidente republicano.


"Suas ações são uma ameaça à nossa democracia e pretendo responsabilizá-la", disse Habba em resposta a um pedido de comentários. Os advogados dos filhos de Trump não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.


Eric Trump, outro filho de Donald Trump, foi interrogado pelo escritório de James em outubro de 2020.


Donald Trump entregou a Trump Organization aos seus filhos, Donald Trump Jr. e Eric, e ao antigo diretor financeiro da empresa, Allen Weisselberg, quando se tornou presidente em 2017. Ivanka, também havia trabalhado para a Organização, antes de servir na Casa Branca como conselheira sênior.


A investigação agora é supervisionada por Alvin Bragg, que prestou juramento no sábado como promotor distrital para suceder o colega democrata Cyrus Vance, que liderou o cargo por 12 anos e iniciou a investigação em 2018.


Bragg disse à CNN americana no mês passado que planeja se envolver pessoalmente na investigação e deseja que seus principais advogados no caso continuem.


No mês passado, Trump processou James em um tribunal federal em Albany, capital do estado, para interromper sua investigação civil, acusando-a de tentar "assediar, intimidar e retaliar um cidadão que ela vê como um oponente político". (Com agências internacionais)

fonte: Estadão Conteudo



Comentários para "Procuradora que investiga Organização Trump intima filhos do ex-presidente":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

Ele falou após a oração do Angelus, na Praça de São Pedro

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Bolsonaro chega a Israel e defende parcerias em segurança e defesa

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao fazer constantes declarações demonstrando seu posicionamento pessoal diante de líderes latino-americanos, Bolsonaro cria graves consequências para política externa brasileira. A Sputnik Brasil ouviu analista para entender por que o governo opta por um comportamento não diplomático

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

Presidente voltou a fazer comentários sobre o Mercosul dizendo que se o Brasil "estivesse livre do bloco" seria melhor, e apontou que a organização sofre "instabilidades". A Sputnik Brasil entrevistou analista para saber até que ponto os argumentos do presidente procedem com a realidade mercosulina.

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Com uma nova coleção chegando a cada semana para a linha de roupas, Muhindo conseguiu lançar vários desfiles de moda locais.

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

O episódio deste domingo (09,01) apresenta detalhes surpreendentes sobre história, cheiros e sabores do antigo império do Oceano Índico

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Ele inspirou geração durante movimento pelos direitos civis

Nos EUA, Biden eleva tom e vai culpar Trump e aliados por invasão do Capitólio

Nos EUA, Biden eleva tom e vai culpar Trump e aliados por invasão do Capitólio

Até agora o governo, inclusive o próprio Biden, costumava evitar nomear Trump, referindo-se a ele como "o outro cara" ou "o cara de antes".

Potências assinam nota conjunta contra guerra nuclear

Potências assinam nota conjunta contra guerra nuclear

Países dizem que ninguém pode vencer uma guerra nuclear

Em mensagem de Ano Novo, papa pede paz e condena violência contra mulher

Em mensagem de Ano Novo, papa pede paz e condena violência contra mulher

Mais cedo, durante a missa na Basílica de São Pedro em homenagem à Virgem Maria, Francisco fez uma homilia na qual chamou a violência contra as mulheres um insulto a Deus.

Autoridades egípcias apoiam decisão do Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS de adicionar o Egito como membro

Autoridades egípcias apoiam decisão do Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS de adicionar o Egito como membro

"O Egito acredita e apoia firmemente o multilateralismo. O NDB se estabeleceu como um dos principais bancos multilaterais de desenvolvimento para mercados emergentes e países em desenvolvimento"