×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de maio de 2022

Procuradoria requer manutenção de preventiva de desembargadora da Bahia que tem ‘aptidão para intimidar’

Procuradoria requer manutenção de preventiva de desembargadora da Bahia que tem ‘aptidão para intimidar’Foto: TJ-BA

A desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago.

Estadão Conteúdo - 20/12/2019 - 08:26:56

O Ministério Público Federal manteve posicionamento favorável à prisão preventiva da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, investigada por suposta venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia – Corte onde teria sido instalada uma ‘teia de corrupção’, segundo os autos da Operação Faroeste, da Polícia Federal . Em manifestação enviada ao Supremo nesta quinta, 19, a subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo afirma que Maria do Socorro tem ‘aptidão para intimidar’ e defendeu que todos os questionamentos levantados pela desembargadora no pedido de revogação da prisão preventiva ‘já foram devidamente discutidos e analisados pela relatoria, não cabendo mudança de entendimento neste momento, pois não houve alteração no contexto fático e jurídico que fundamentou o decreto prisional’.

Maria do Socorro foi presa em novembro, por ordem do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça. Rastreamento bancário anexado aos autos indica que a desembargadora movimentou R$ 17 milhões entre 2013 e 2019 . Em seu apartamento, em Salvador, a PF apreendeu R$ 100 mil em dinheiro vivo, além de joias, três relógios Rolex e colar de ouro.


Na avaliação da subprocuradora-geral, segundo informações divulgadas pela Secretaria de Comunicação Social da Procuradoria-Geral, ‘os requisitos e os pressupostos para a custódia preventiva permanecem hígidos, fundados na extrema gravidade dos fatos, extraídos de elementos concretos aptos a demonstrar que a medida é imprescindível para assegurar a cessação da atividade criminosa e o não comprometimento da instrução criminal’.

“O conjunto probatório amealhado, em especial, a contemporaneidade dos atos praticados e as vultosas movimentações financeiras de origem ilícita ou não comprovada, demonstra que o atendimento desses interesses espúrios teve como elemento catalisador as cifras bilionárias que orbitam os conflitos fundiários do Oeste da Bahia e a percepção de vantagens indevidas”, sustenta a subprocuradora.

O Ministério Público Federal apontou que, ‘além dos fortes indícios de lavagem de capital’, durante interceptação telefônica autorizada pelo ministro relator, Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, a desembargadora foi flagrada descumprindo ordem judicial.

Maria do Socorro havia sido proibida de manter comunicação com funcionários do Tribunal de Justiça, mas não respeitou a determinação judicial, segundo os investigadores, e deu ‘orientação para uma de suas subordinadas, no sentido de impedir a apreensão de aparelho telefônico pela Polícia Federal’.

Sobre a medida cautelar, solicitada pela defesa da desembargadora no lugar da prisão preventiva, o Ministério Público Federal defende que ‘nenhuma delas é capaz de impedir a continuidade das atividades ilícitas, tampouco a tentativa de ocultar ou destruir provas’.

“Ressalte-se que a desembargadora tem um grande poderio e proximidade com altas autoridades do estado da Bahia, evidenciando sua aptidão para intimidar todos aqueles que ousarem a se por no seu caminho”, sustenta a suprocuradora-geral da República no parecer.

Entenda o caso

A investigação do Ministério Público Federal apura a participação de representantes do Judiciário em um esquema para garantir a posse e a propriedade ilegal de terras na região Oeste da Bahia.

Em troca de decisões judiciais favoráveis aos integrantes do núcleo econômico do esquema, os magistrados receberam propinas , afirma a Procuradoria.

Desde novembro deste ano já foram decretadas prisões preventivas, afastamento de cargo de desembargadores envolvidos, além da apresentação de denúncia contra 15 investigados, entre os quais oito magistrados.

COM A PALAVRA, A DEFESA

A reportagem busca contato com a defesa da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA

Comentários para "Procuradoria requer manutenção de preventiva de desembargadora da Bahia que tem ‘aptidão para intimidar’":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Movimentos populares criam programa Brasil de Todas as Cores por direitos da população LGBTQIA+

Movimentos populares criam programa Brasil de Todas as Cores por direitos da população LGBTQIA+

Documento elaborado por mais de 20 organizações tem objetivo de auxiliar na construção de políticas públicas

Com incertezas externas, fusões e aquisições passam por desaceleração

Com incertezas externas, fusões e aquisições passam por desaceleração

No ano passado, um total de 1.627 transações de fusão e aquisição ocorreram no País - avanço de 46% em relação a 2020

Quatro em cada dez brasileiros estão inadimplentes

Quatro em cada dez brasileiros estão inadimplentes

O total de inadimplentes, hoje, não é uma marca recorde. O maior contingente foi de 63,08 milhões, atingido em novembro de 2018, segundo a série do SPC Brasil, iniciada em janeiro de 2015.

Livro de Pochmann aborda abandono de projetos de país e ‘cancelamento do futuro’

Livro de Pochmann aborda abandono de projetos de país e ‘cancelamento do futuro’

Professor e economista reflete sobre transformações truncada do país e sua reprodução de um “passado trágico”

Consumidor deixa de pagar conta de luz para comprar alimentos

Consumidor deixa de pagar conta de luz para comprar alimentos

Desde que foi demitida de uma empresa de serviço de limpeza, Viviane vive com o seguro-desemprego de R$ 1.200. Foi a primeira vez que ela ficou inadimplente com o pagamento da conta de luz.

Preço do etanol cai em 16 Estados e no DF na semana, afirma ANP

Preço do etanol cai em 16 Estados e no DF na semana, afirma ANP

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País subiu 6,16%. O Estado com maior alta no período foi Alagoas, com 10,35% de valorização mensal do etanol, para R$ 5,746.

Jornalista brasileiro na Ucrânia preocupado que guerra comece a ser esquecida

Jornalista brasileiro na Ucrânia preocupado que guerra comece a ser esquecida

Jornalista brasileiro Hugo Bachega está acompanhando de perto a guerra na Ucrânia

Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Vale põe à venda áreas invadidas no Pará

Empresa desencoraja visitas de interessados por causa da violência

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

Exportações de café solúvel do Brasil caem 4,7% devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia

As vendas de café solúvel do Brasil no exterior caíram 4,7% no primeiro trimestre de 2022 devido ao conflito entre Rússia e Ucrânia. A projeção anual de perdas no setor é de cerca de US$ 100 milhões (R$ 505,5 milhões), disse uma associação da indústria na sexta-feira (13).

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Brasileiro, porta-voz do Ocha, relata drama de ucranianos evacuados de Mariupol

Civis de Mariupol deixam região após mais de dois meses sitiados.

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Egito e Brasil começarão a negociar aumento de exportação de fertilizantes egípcios

Cairo assumiu o compromisso de dar prioridade às demandas de fertilizantes pedindo em contrapartida que tenha preferência no setor de exportação de frutas brasileiras.