×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Produtores do Distrito Federal voltam a ter irrigação liberada

Produtores do Distrito Federal voltam a ter irrigação liberadaFoto:

O Reservatório do Descoberto está com 96% da sua capacidade

Correio Braziliensse - 18/12/2018 - 08:54:08

A situação crítica de escassez hídrica no Distrito Federal será suspensa com a revogação, na sexta-feira, da Resolução nº 15, de 16 de setembro de 2016. A medida foi tomada porque os Reservatórios do Descoberto, em Brazlândia, e de Santa Maria, no Parque Nacional de Brasília, estão com níveis satisfatórios de armazenamento — 96,8% e 62,7%, respectivamente, segundo medição feita pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico (Adasa).

Com a medida, os produtores rurais também terão ampliado o período de captação de água para irrigação. Antes restrita ao intervalo das 6h às 9h e das 17h às 18h30, a depender do afluente, agora a irrigação está liberada, desde que seja observada a vazão de retirada outorgada pela Adasa para a propriedade.

A decisão de suspender a situação crítica de escassez hídrica foi tomada em reunião da diretoria colegiada da Adasa, segundo o diretor-presidente da agência, Paulo Salles. “De acordo com nossas simulações, acreditamos que não teremos esse problema em 2019. Pode haver uma diminuição no volume dos reservatórios, mas esperamos que eles fiquem em um volume aceitável”, afirmou Salles.

Restrições

A Adasa declarou o estado de alerta em 16 de setembro de 2016. Em um documento divulgado na data, a agência explicou que a medida era estabelecida sempre que o nível diário de volume útil dos reservatórios de Brasília fosse igual ou inferior a 40% — naquele dia, o reservatório do Descoberto estava com 40% da sua capacidade.

A partir do documento, a Adasa estabeleceu uma série de medidas para conter os impactos da crise hídrica no DF, como a redução da pressão dinâmica nas redes de distribuição de abastecimento de água no período das 22h às 5h. Além disso, a agência pediu que a população deixasse de usar a água fornecida pela Caesb para atividades como: lavagem de veículos, garagens, calçadas, fachadas prediais, irrigação paisagística e manutenção de piscinas.

O DF passou por um racionamento de água entre 16 de janeiro de 2017 e 14 de junho de 2018. O nível das barragens caiu ao longo de 2017. Em novembro, o Descoberto chegou a 5,3% da capacidade, e o de Santa Maria marcou 21,9%, os piores índices da história.

Comentários para "Produtores do Distrito Federal voltam a ter irrigação liberada":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Suprema Corte dos EUA decide não analisar recurso da Bayer em caso de herbicida

Suprema Corte dos EUA decide não analisar recurso da Bayer em caso de herbicida

A Bayer diz que resolveu cerca de 107 mil de um total de 138 mil casos relacionados ao herbicida.

Normas de compliance e LGPD aplicadas ao agronegócio

Normas de compliance e LGPD aplicadas ao agronegócio

Apesar de ser tema que está em voga na atualidade, já há tempos que as políticas de incentivo à melhor responsabilidade social, ambiental e econômica atingem o agronegócio

Bayer apresenta soluções integradas para frutas e vegetais na 27ª Hortitec

Bayer apresenta soluções integradas para frutas e vegetais na 27ª Hortitec

Empresa apresentará novidades voltadas às áreas de proteção de cultivo e sementes de frutas e hortaliças

Agricultura irrigada e sua importância na produção de alimento: nexo água-alimento

Agricultura irrigada e sua importância na produção de alimento: nexo água-alimento

Para que o papel estratégico do Brasil de produtor mundial de alimentos possa ser consolidado, é importante que os nossos agricultores tenham segurança hídrica e energética

Da coleta ao reaproveitamento: Indústria de alimentos saudáveis preza por conduta sustentável em ciclo produtivo

Da coleta ao reaproveitamento: Indústria de alimentos saudáveis preza por conduta sustentável em ciclo produtivo

Iniciativas sustentáveis: de olho em toda a cadeia produtiva

Com mais milho à China, qual é o risco para a segurança alimentar brasileira?

Com mais milho à China, qual é o risco para a segurança alimentar brasileira?

Risco à segurança alimentar

Bayer amplia investimento e expande centro de inovação em Petrolina

Bayer amplia investimento e expande centro de inovação em Petrolina

Ampliação da área de cultivo protegido na maior unidade de pesquisa da multinacional no hemisfério sul vai acelerar desenvolvimento de novas tecnologias

Apicultores de Gaza enfrentam desafios à medida que mudanças climáticas afetam produção de mel

Apicultores de Gaza enfrentam desafios à medida que mudanças climáticas afetam produção de mel

Apicultor palestino trabalha em uma fazenda de abelhas na cidade de Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza, no dia 6 de junho de 2022.

Criação humanitária de bovinos impacta na produtividade do agronegócio

Criação humanitária de bovinos impacta na produtividade do agronegócio

A condução inadequada na criação do animal pode gerar prejuízos ao produtor

Ferramenta para quebra do coco babaçu é tecnologia social em reta final de validação pelas quebradeiras de coco

Ferramenta para quebra do coco babaçu é tecnologia social em reta final de validação pelas quebradeiras de coco

Os recursos para o desenvolvimento da ferramenta vieram da Fundação de Amparo e Desenvolvimento Científico do Maranhão

O que o MST tem feito em contraponto ao agronegócio predatório no Brasil?

O que o MST tem feito em contraponto ao agronegócio predatório no Brasil?

Emancipação é libertação, é tornar-se autônomo, é constituir-se na luta como sujeito, é consciência