×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 04 de dezembro de 2021

Projeto promove educação antirracista em Taguatinga, no Distrito Federal

Projeto promove educação antirracista em Taguatinga, no Distrito FederalFoto: Pixabay gratuita

‘Cidade Cor’ vai reunir estudantes de 34 escolas para bate-papo e show da cantora Ellen Oléria

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno - 27/10/2021 - 07:26:28

Nesta quarta-feira (27) será lançado o projeto Cidade Cor: Educação antirracista em Taguatinga . O evento será realizado às 14h, no Centro Cultural Taguaparque, para estudantes de ensino médio de escolas convidadas.

A participação especial é da cantora Ellen Oléria, que promete uma tarde de muita música e bate-papo com os jovens.

“Vamos fazer parte de uma programação bem bacana, promovida pela regional de ensino. A gente vai falar sobre algo muito relevante para nós, com uma luta afirmativa e antirracista”, antecipa a cantora, que foi estudante do Centro Educacional 7, de Taguatinga.


A programação será contínua, compondo o projeto político-pedagógico de 34 escolas de Taguatinga que adotaram a proposta.

“Queremos que a prática seja interdisciplinar, que as escolas sejam mais acolhedoras e menos discriminatórias”Janaína Almeida, coordenadora do Cidade Cor

Entre as principais vivências do projeto estão o seminário de educação antirracista, a aquisição de livros com a temática para as bibliotecas, a entrega de um caderno de apoio para práticas pedagógicas, a produção de painéis com personalidades negras e o plantio de baobás com bate-papos, além de concurso de seleção das práticas pedagógicas desenvolvidas pelas unidades escolares, que resultará na produção de um e-book.

Cidade cor é idealizado e coordenado pela professora Janaína Almeida, em parceria com suporte técnico-pedagógico dos professores Adeir Ferreira, Aldenora Macedo e Elna Dias.

Leia também

Educação comemora Semana do Servidor com palestras

Educação de Jovens e Adultos inscreve a partir desta terça (26)

Crianças e adolescentes de volta ao Projeto Golfinho

“Nós pretendemos tratar das questões antirracistas durante todo o ano letivo, nas diversas disciplinas e diferentes áreas do conhecimento. Queremos que a prática seja interdisciplinar, que as escolas sejam mais acolhedoras e menos discriminatórias”, destaca a coordenadora do projeto.

*Com informações da Secretaria de Educação do DF

Comentários para "Projeto promove educação antirracista em Taguatinga, no Distrito Federal":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Estação Plural da Bienal do Livro do Rio destacará vozes LGBTQIAP+

Estação Plural da Bienal do Livro do Rio destacará vozes LGBTQIAP+

Diversidade sexual e identidade de gênero estarão em debate no evento

Campanha sobre HIV/Aids disponibiliza testagem gratuita no DF

Campanha sobre HIV/Aids disponibiliza testagem gratuita no DF

Stand montado na Rodoviária do Plano Piloto tem distribuição gratuita de preservativos e de auto-teste para HIV / Geoavana Albuquerque/Agência Saúde-DF

Idosos reivindicam visibilidade e enfrentamento ao preconceito

Idosos reivindicam visibilidade e enfrentamento ao preconceito

Martins Machado defendeu a conscientização sobre as formas de preconceito e violência contra a pessoa idosa

“UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres até 2030”

“UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres até 2030”

ONU Mulheres aborda o potencial do esporte para o empoderamento de meninas na campanha “UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres até 2030”

Menina tem as tranças cortadas por colega em escola de Santa Catarina

Menina tem as tranças cortadas por colega em escola de Santa Catarina

A polícia encara o caso, denunciado no último dia 16 de novembro, como ato infracional análogo ao crime de injúria racial. O episódio ocorreu no dia 3 de novembro.

O racismo joga em todas posições no futebol

O racismo joga em todas posições no futebol

Na semana passada, Adriana, do time feminino do Corinthians, foi vítima de racismo por uma jogadora do Nacional de Montevidéu e recebeu, ainda em campo, a solidariedade das colegas

Aprenda para nunca mais dizer: 3 frases que parecem ingênuas, mas alimentam o racismo

Aprenda para nunca mais dizer: 3 frases que parecem ingênuas, mas alimentam o racismo

O Dia da Consciência Negra é uma tentativa de, ao menos uma vez no ano, estimular um debate sobre as desigualdades e celebrar a contribuição do povo negro para a cultura, a ciência, a economia e a política do Brasil

Crianças e jovens com TEA lançam vídeo no Cine Brasília

Crianças e jovens com TEA lançam vídeo no Cine Brasília

A música cantada no vídeo, música From now on, fala sobre o desenvolvimento do potencial de pessoas autistas

Juízes fazem caminhada contra o racismo e a desigualdade

Juízes fazem caminhada contra o racismo e a desigualdade

Evento foi organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros

Senado aprova projeto que classifica injúria racial como racismo; texto segue para a Câmara

Senado aprova projeto que classifica injúria racial como racismo; texto segue para a Câmara

O projeto retira a menção à raça e etnia do item específico do Código Penal (art. 140) e insere novo artigo na Lei de Crimes Raciais, definindo pena de multa e prisão de dois a cinco anos

20 de novembro: Negue a brancura da consciência

20 de novembro: Negue a brancura da consciência

Ao internalizar o racismo mutilamos os nossos sonhos, não vivemos em plenitude, submetemo-nos às humilhações dos brancos e reproduzimos o racismo contra outros negros