×
ContextoExato
Responsive image

Rede pública do Distrito Federal melhora desempenho no Ideb

Rede pública do Distrito Federal melhora desempenho no IdebFoto: AGÊNCIA BRASÍLIA *

O destaque foi para o Ensino Médio, que passou de 3,4 para 4,0 depois de anos estagnado. Língua Portuguesa e Matemática foram destaques

Agência Brasília * | Edição: Renato Ferraz - 15/09/2020 - 17:07:54

A rede pública do Distrito Federal apresentou crescimento no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, em comparação ao anterior, de 2017. O destaque foi para o Ensino Médio que passou de 3,4 para 4,0 no indicador que faz um diagnóstico da qualidade da educação pública e privada no país.

Os estudantes desta etapa melhoraram o desempenho nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Em Língua Portuguesa, a proficiência saltou de 261,77 para 279,05. Em Matemática, a nota passou de 263,71 para 276,57.

“Estamos avançando e o Ideb mostra isso. Houve crescimento em todas as etapas, principalmente no Ensino Médio, há anos estagnado. O resultado se deve às políticas públicas que estão sendo promovidas”, avalia o secretário de Educação do DF, Leandro Cruz.

Ele lembra que, no caso desta etapa, houve um empenho muito grande da Secretaria de Educação e dos gestores escolares em aumentar a participação dos estudantes nas provas do Saeb.

Leia também

Engajamento é o grande desafio no Saeb 2019

Consulta pública sobre novo currículo do ensino médio

O secretário de Educação ressaltou que o esforço neste sentido aumentou muito o engajamento e, portanto, com um número maior de jovens realizando as provas, houve um quadro mais fidedigno sobre o desempenho. “A expectativa é que o Novo Ensino Médio, em fase de implementação, melhore ainda mais os níveis dos resultados nas próximas edições”, completou.

Nos anos iniciais do Ensino Fundamental, o Ideb passou de 6,0 para 6,1. Nos anos finais, pulou de 4,3 para 4,6. Quanto às proficiências, houve melhoria no desempenho em Língua Portuguesa para os anos iniciais e estabilidade para os anos finais. Em Matemática, a nota aumentou para ambos.

Para o secretário-executivo, professor Fábio Sousa, o resultado obtido pela rede pública de ensino do DF no Ideb 2019 comprova o profissionalismo e a competência dos professores da SEEDF. “As notas alcançadas pelos nossos estudantes são o retrato do trabalho desempenhado pelos profissionais da Educação”, afirma. “A Educação Pública de qualidade é realidade pela dedicação e comprometimento de cada um deles”, complementa Fábio Souza.


Diagnóstico

O Ideb é composto pelos resultados das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e pelos dados de aprovação, reprovação e abandono aferidos no Censo Escolar. São divulgados apenas os resultados das escolas que registraram, no mínimo, dez estudantes presentes às provas do Saeb por ano/série e que, concomitantemente, tenham participação de pelo menos 80% dos matriculados realizando os exames. Fizeram as provas de Língua Portuguesa e de Matemática de forma censitária estudantes do 5º e do 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio da rede pública. A rede privada é avaliada por amostragem.


* Com informações da Secretaria de Educação

Comentários para "Rede pública do Distrito Federal melhora desempenho no Ideb":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório