×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Resposta ao coronavírus deve ser baseada na solidariedade humana, diz OIT a Banco Mundial e FMI

Resposta ao coronavírus deve ser baseada na solidariedade humana, diz OIT a Banco Mundial e FMIFoto: ONU/ Stella Vuzo

Consumidores em um shopping de Dar es Salaam, na Tanzânia, usam máscaras à medida que novas ações são implementadas após o anúncio de casos do novo coronavírus no país.

Onu Brasil - 18/04/2020 - 08:01:15

O diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, pediu uma resposta imediata à pandemia da COVID-19 que seja centrada nas pessoas por meio da solidariedade global.

Em suas declarações escritas às Reuniões de Primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, Ryder definiu como devastadores os impactos socioeconômicos e de saúde da pandemia, classificando a situação como a pior crise desde a Segunda Guerra Mundial.

O diretor-geral da OIT instou o FMI e o Banco Mundial a concentrarem sua resposta na “ajuda imediata aos trabalhadores e às empresas, a fim de proteger suas atividades e seus meios de subsistência, especialmente nos setores mais afetados e nos países em desenvolvimento”.

Ele afirmou que é preciso dar atenção prioritária ao impacto sobre as pequenas empresas, os trabalhadores desprotegidos e os trabalhadores na economia informal.

De acordo com a última edição do “ Monitor da OIT: COVID-19 e o mundo do trabalho ” (em inglês), 81% da força de trabalho do mundo (ou 2,7 bilhões de pessoas) está em países onde o confinamento, obrigatório ou recomendado, foi estabelecido.

O estudo também mostra que as horas de trabalho diminuíram 6,7% no segundo trimestre de 2020, o equivalente à perda de 195 milhões de empregos em tempo integral.

Ryder exortou o Comitê Monetário e Financeiro Internacional (IMFC) e o Comitê de Desenvolvimento (DC) a apoiarem quatro respostas políticas inter-relacionadas.

Em primeiro lugar, estimular a economia e a demanda por mão de obra, usando as ferramentas fiscais e monetárias disponíveis e o alívio da dívida. O investimento público nos sistemas de saúde seria duplamente eficaz, como uma contribuição crucial para vencer a pandemia e criar empregos decentes.

Em segundo lugar, fornecer assistência imediata para sustentar as empresas, preservar empregos e apoiar a renda. Nesse contexto, Ryder destacou a necessidade de investir em medidas de proteção social que possam ajudar a mitigar os impactos mais graves da crise e atuar como um estabilizador econômico.

Em terceiro lugar, garantir a proteção adequada para todas as pessoas que continuam trabalhando durante a crise. Isso exige garantias de segurança e saúde no local de trabalho, com o estabelecimento de acordos de trabalho adequados, como teletrabalho e acesso à indenização por doença.

Em quarto lugar, fazer pleno uso do diálogo social entre governos e organizações de trabalhadores e de empregadores, que se mostrou útil na criação de soluções eficazes, práticas e equitativas para os tipos de desafios que atualmente enfrentamos no mundo do trabalho.

“A crise revelou os enormes déficits de trabalho decente que continuam a prevalecer em 2020 e mostrou a vulnerabilidade de milhões de trabalhadores diante de uma crise”, disse Ryder, citando as deficiências na cobertura de proteção social, a situação precária da muitas pequenas empresas e os pontos fracos nas cadeias de suprimentos globais.

Ele pediu ao FMI e ao Banco Mundial que resistam à pressão por austeridade e consolidação fiscal que pode surgir quando os primeiros sinais de melhoria econômica aparecerem e impedirem uma recuperação completa e sustentável.

A crise mostrou que hábitos e comportamentos podem mudar, acrescentou Ryder, destacando que as emissões globais de carbono podem diminuir em 4% devido ao confinamento total em 2020.

“Nosso objetivo deve ser reconstruir tudo melhor, para que os nossos sistemas sejam mais seguros, mais justos e sustentáveis do que aqueles que permitiram que essa crise acontecesse, e mais eficazes para amortecer as consequências de futuras crises sobre as populações de todo o mundo.”

Comentários para "Resposta ao coronavírus deve ser baseada na solidariedade humana, diz OIT a Banco Mundial e FMI":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Varíola de macacos: Brasileiro é 1º diagnosticado com a doença na Alemanha

Varíola de macacos: Brasileiro é 1º diagnosticado com a doença na Alemanha

O Instituto de Microbiologia das Forças Armadas da Alemanha confirmou o caso após ter detectado a presença do vírus no paciente durante a última quinta-feira

Dia Mundial da Abelha lembra ação dos polinizadores para alimentação e saúde

Dia Mundial da Abelha lembra ação dos polinizadores para alimentação e saúde

Abelhas e outros insetos polinizadores apoiam a produção de alimentos para 2 bilhões de pequenos agricultores

Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil 'garante' eleições justas, apesar de Bolsonaro

Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil 'garante' eleições justas, apesar de Bolsonaro

O Senado dos EUA sabatinou, nesta quarta-feira (18), a diplomata Elizabeth Bagley. Ela foi questionada sobre as eleições no Brasil e a política ambiental do governo de Jair Bolsonaro.

Embaixadora americana indicada ao Brasil buscará colaborar para 'reduzir drasticamente desmatamento'

Embaixadora americana indicada ao Brasil buscará colaborar para 'reduzir drasticamente desmatamento'

Bagley falou em sua audiência para confirmação, no Comitê de Relações Exteriores do Senado americano.

Uso de máscara em aeroportos e voos não é mais obrigatório na Europa

Uso de máscara em aeroportos e voos não é mais obrigatório na Europa

Tal decisão foi confirmada e divulgada mundialmente por meio de um comunicado realizado pela Agência de Segurança da Aviação da União Europeia

Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Polícia investiga uso de estudantes de Medicina como 'mulas' do tráfico

Segundo o delegado, os traficantes pagam por volta de R$ 20 mil por quilo para comprar a droga e passam a comercializá-la no Brasil

"Democracia latino-americana está envenenada", afirma ex-presidente uruguaio Pepe Mujica

Em evento no Uruguai, o político aposentado cobrou uma união da população para barrar governos autoritários

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

A ONU marca em 15 de maio o Dia Internacional das Famílias com foco na urbanização e como melhorar a vida das pessoas nas cidades

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Apesar das medidas restritivas para evitar a circulação de pessoas entre cidades, as descrições da mídia estatal norte-coreana indicam que a população não está confinada.

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Nos demais consulados no país a demora é menor

"Sem Caribe, não há América": campanha busca visibilizar a necessidade da integração regional

Economista haitiano propõe uma "pedagogia das revoluções" como estratégia contra o domínio imperialista em toda a região