×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de outubro de 2021

Risco de prescrição

Risco de prescriçãoFoto: Correio Braziliense

O julgamento foi iniciado em fevereiro, com acolhimento favorável ao pedido do MPF pelo relator do caso, desembargador federal Kassio Nunes Marques, e de três outros desembargadores.

Por Ana Maria Campos-correio Braziliense - 29/05/2019 - 06:29:40

Quase 10 anos sem solução e com risco de prescrição. Está pautada para julgamento amanhã na Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), a ação penal contra os promotores do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) Leonardo Bandarra e Deborah Guerner pela prática dos crimes de concussão, violação de sigilo funcional e formação de quadrilha. A denúncia, ajuizada pelo procurador regional da República Ronaldo Albo, é parte da Operação Caixa de Pandora e se refere ao suposto vazamento de informações que beneficiariam o delator do esquema, Durval Barbosa, em troca de dinheiro. Também é réu na ação Jorge Guerner, ex-marido de Deborah Guerner. Segundo o MPF, a ação pode prescrever em setembro caso não seja analisada a tempo. O julgamento foi iniciado em fevereiro, com acolhimento favorável ao pedido do MPF pelo relator do caso, desembargador federal Kassio Nunes Marques, e de três outros desembargadores. No entanto, foi suspenso em razão de pedido de vistas da desembargadora Maria do Carmo Cardoso. Os promotores também são réus em outras duas ações com prazos próximos a prescrever. Uma delas envolve crime de extorsão ao ex-governador José Roberto Arruda. Ex-procurador-geral de Justiça do DF, Bandarra foi denunciado por falsidade ideológica quanto à compra de imóvel em Brasília. Todos os três processos estão prontos para julgamento pelo TRF1 há mais de um ano.








 (Caio Gomez/CB/D.A Press)

Dia da Marcha contra o Aborto


Brasília terá um dia de combate ao aborto. A Câmara Legislativa aprovou ontem, em primeiro turno, projeto de lei, de autoria do deputado Martins Machado (PRB), que inclui no calendário de eventos do DF “A marcha distrital da cidadania em defesa da vida — contra o aborto”. Foram 13 votos favoráveis, um contra, de Fábio Félix (PSol) e uma abstenção, de Júlia Lucy (Novo). Os petistas Arlete Sampaio e Chico Vigilante não estavam em plenário.


Estreia


A deputada Kelly Bolsonaro (Patriota) estreou ontem na Câmara Legislativa na sessão em que deu o voto pela criação da Marcha contra o Aborto.




Unidas


As deputadas Paula Belmonte (Cidadania/DF), Bia Kicis (PSL/DF) e a distrital Júlia Lucy (Novo) estão unidas numa campanha para transformar a Junta Comercial do DF em órgão subordinado a uma secretaria e não uma autarquia do GDF. Segundo elas, sendo um órgão autônomo, os custos com cargos comissionados vão subir de 80 para 94, com quase R$ 8 milhões em contratos terceirizados.


Faltou alguém?


A deputada Flávia Arruda (PL/DF) enviou uma mensagem aos colegas deputados do DF abrindo mão de participar da disputa pela coordenação da bancada na Comissão Mista de Orçamento. O senador Izalci Lucas (PSDB/DF) deve assumir o posto. A mensagem de Flávia foi dirigida a seis colegas: Júlio César (PRB/DF), Bia Kicis (PSL/DF), Celina Leão (PP/DF), Luís Miranda (DEM/DF), Israel Batista (PV/DF) e Érika Kokay (PT/DF). A deputada Paula Belmonte (Cidadania/DF) ficou de fora.

Novo ouvidor


Com a licença do deputado distrital Daniel Donizet (PSDB) para assumir um cargo no governo Ibaneis Rocha, a administração regional do Gama, a Câmara Legislativa terá de eleger um novo ouvidor. A eleição será na próxima quarta-feira.


 (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)

Compliance


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do DF criou um comitê de governança pública, coordenado pelo titular da pasta, Ruy Coutinho, e integrado por subsecretários. A intenção é garantir as melhores práticas e combate a fraudes e corrupção nos programas da pasta. Justamente por indícios de irregularidades, o Pró-DF está suspenso por determinação do Tribunal de Contas do DF há quase dois anos, desde 2017. O atual governo está reformulando o programa.




Siga o dinheiro


R$ 1.165.290


O valor da aquisição de 989 poltronas dobráveis com pranchetas para os auditórios do Colégio Militar Tiradentes, do Quartel do Comando Geral, da Banda de Música, do Centro de Inteligência, do Departamento de Ensino e Cultura e da Academia de Polícia Militar de Brasília. A empresa Informóbile Indústria e Comércio de Móveis Ltda.




Só papos




“O governador Ibaneis Rocha assina decreto que determina retirada de armas das mãos de policiais militares, civis e bombeiros que sejam indiciados na Lei Maria da Penha. A medida tem total apoio da SSP-DF, e é mais uma medida do Governo do DF de combate ao feminicídio”


Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres

“Ibaneis está surfando em uma onda que não é dele. A PMDF e o CBMDF, há tempo, já recolhem o armamento do militar envolvido em qualquer crime violento, incluindo, é claro, violência doméstica”


Coronel da reserva Cláudio Ribas, ex-chefe da Casa Militar

Comentários para "Risco de prescrição":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Ministro da Justiça pede que PF investigue revista IstoÉ por capa com crítica a Bolsonaro

Ministro da Justiça pede que PF investigue revista IstoÉ por capa com crítica a Bolsonaro

Nesta semana, a AGU (Advocacia-Geral da União) enviou uma notificação extrajudicial à revista IstoÉ com pedido de resposta após a publicação da reportagem

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

DF antecipa aplicação de vacinas da Pfizer e da AstraZeneca

A segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer-BioNTech já pode ser administrada, a partir desta sexta-feira, em quem já tomou a primeira dose há oito semanas

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Pacientes que não tomaram a vacina são maioria nos hospitais de campanha do DF

Imunizante está disponível para toda a população a partir de 12 anos de idade, em diversos pontos da capital

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Desembargadores negam pedido para instalar CPI da Pandemia no DF

Deputados distritais fazem manifestação pela instalação da CPI da Pandemia no DF

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Em defesa do espaço cultural, foi aprovada uma vigília cultural de 24 horas para a próxima sexta-feira (22)

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

São Sebastião e Sobradinho debatem neste sábado o Plano de Ordenamento Territorial

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Dignidade menstrual é permitir que as meninas mais pobres também possam ter o mesmo acesso ao absorvente higiênico que as meninas da classe média e alta

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Ato simbólico de entrega no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Já são mais de 116 milhões de pessoas em situação insegurança alimentar.