×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Robôs podem gerar empregos no Brasil, diz especialista. Um robô pode criar cinco novos postos

Robôs podem gerar empregos no Brasil, diz especialista. Um robô pode criar cinco novos postosFoto: Sputnik / Vitaly Belousov

Dados mostram que o Brasil não acompanha o ritmo mundial da expansão da robótica, mas para professora da UERJ o problema do país não é falta de conhecimento, mas de capacitação e planejamento.

Portal Sputnik - 28/12/2019 - 20:09:20

A média global é de 74 robôs para cada dez mil empregados, enquanto no Brasil esse número é de apenas 10. Na Coreia do Sul, o índice é impressionante: 631. Já nos Estados Unidos, a proporção é de 189.

Num país como o Brasil, que vem enfrentando altos índices de desemprego, a utilização de robôs em diversos setores da economia e sociedade traz o medo de que mais postos de trabalho sejam perdidos.


Visitante da exposição de robótica no centro de inovações de Skolkovo olha para o robô Derevyaka, em Moscou

Num país como o Brasil, que vem enfrentando altos índices de desemprego, a utilização de robôs em diversos setores da economia e sociedade traz o medo de que mais postos de trabalho sejam perdidos.

No entanto, para a engenheira de computação e matemática Marinilza Bruno de Carvalho, falar que a robotização rouba empregos é um "mantra" falso.

"Isso é um mantra. Não existe esse risco. Quando você tem um robô, vai precisar de uma quantidade de pessoas para dar manutenção para aquele robô", disse à Sputnik Brasil a professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

O problema, aponta a especialista, é que existe uma deficiência na educação no país.

"Tudo vai cair na educação. Esses pessoas precisariam ser treinadas e capacitadas. E isso não é rápido", afirmou.

Um robô pode criar cinco novos postos

Marinilza explica que a substituição de um ser humano por um robô pode geral um saldo positivo de quatro postos de trabalho criados, pois seriam "necessárias, no mínimo, cinco pessoas para cuidar" do aparato.

Segundo a engenheira, muitas vezes no Brasil a máquina é utilizada, porém, por falta de manutenção "no dia seguinte ela vai estar enguiçando".

De acordo com Marinilza, a grande questão é planejar a produção e capacitar a mão de obra, criando mais turmas, indo até as empresas e elaborando projetos para as escolas.

"Precisamos de duas linhas de capacitação fortes no país. Treinar profissionais como engenheiros para a desenvolver robôs, o que não é novidade, mas precisa de quantidade. E capacitar para manutenção", disse.

Brasil tem conhecimento, mas falta planejamento

Para a professora, o Brasil tem "conhecimento" na área da robótica e desenvolve coisas "importantíssimas e inovadoras". Como prova disso, diz que projetos brasileiros na área costumam ser premiados.

"O que falta é um planejamento na expansão da capacitação, para que possamos dar uma resposta mais ágil a essa tecnologia que está chegando. Temos conhecimento e competência, mas não conseguimos avançar com rapidez", opinou.

Comentários para "Robôs podem gerar empregos no Brasil, diz especialista. Um robô pode criar cinco novos postos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Interesse recorde em produtos de TI mais sustentáveis

Interesse recorde em produtos de TI mais sustentáveis

Os primeiros meses após o lançamento da geração 9 da TCO Certified demonstram um interesse recorde em produtos de TI mais sustentáveis. Embora os critérios para fabricação socialmente responsável, circularidade e produtos químicos mais seguros sejam mais rigorosos, a lista de produtos certificados e marcas de TI em conformidade é maior do que nunca.

‘Nova energia’ dá impulso ao setor de baterias

‘Nova energia’ dá impulso ao setor de baterias

“Tal situação abre espaço para tecnologias de armazenamento, que poderão ser um importante recurso para os crescentes requisitos de capacidade e flexibilidade”, segundo o documento.

Saque de moedas estrangeiras cresce no Banco24Horas

Saque de moedas estrangeiras cresce no Banco24Horas

Quem pode sacar?

Comportamento do usuário de Internet em 2022

Comportamento do usuário de Internet em 2022

Países onde os usuários passam maior tempo na Internet

Com uso de tecnologia, candidatos encontram e se cadastram com mais facilidade às vagas de trabalho

Com uso de tecnologia, candidatos encontram e se cadastram com mais facilidade às vagas de trabalho

Está cada vez mais fácil se candidatar a uma vaga de trabalho e, no mercado, plataforma permite cadastro de currículo em 4 minutos

E-commerce brasileira investe em loja virtual com sede nos Estados Unidos

E-commerce brasileira investe em loja virtual com sede nos Estados Unidos

O empresário conta que a previsão é que a empresa inicie a operação nos EUA até o fim de maio. A divulgação, desenvolvimento, elaboração de estratégias e fluxo de caixa da loja virtual será operada pela equipe no Brasil

Novas tecnologias a serviço da logística

Novas tecnologias a serviço da logística

Mudanças avançam com redução de estoques

Sete em cada dez empresas no Brasil utilizam tecnologias digitais

Sete em cada dez empresas no Brasil utilizam tecnologias digitais

Levantamento sobre Indústria 4.0 revela adoção de tecnologias

Museu egípcio que abriga múmias reais atrai quase 1 milhão de visitantes desde inauguração

Museu egípcio que abriga múmias reais atrai quase 1 milhão de visitantes desde inauguração

Veículos personalizados para transferência de múmias saem do Museu Egípcio durante a Parada Dourada dos Faraós no Cairo, Egito, no dia 3 de abril de 2021

Telemedicina e monitoramento remoto: tendências continuam mesmo após a pandemia

Telemedicina e monitoramento remoto: tendências continuam mesmo após a pandemia

Tecnologias impactam positivamente na qualidade do atendimento ao paciente e reduzem custos

Digital Garage VW antecipa nova coleção depois de esgotar em menos de sete horas do lançamento da plataforma

Digital Garage VW antecipa nova coleção depois de esgotar em menos de sete horas do lançamento da plataforma

Projeto desenvolvido pela startup brasileira OnePercent vende primeira coleção logo após o lançamento e anuncia novas coleções e funcionalidades