×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Rodrigo Maia ironiza o pacto de Jair Bolsonaro e não vê avanço na relação entre os Poderes

Rodrigo Maia ironiza o pacto de Jair Bolsonaro e não vê avanço na relação entre os Poderes

Foto: Tribuna da Internet

Já era esperada uma dura reação de Maia, presidente da Câmara

Por Bruno Góes E Eduardo Bresciani-o Globo-tribuna Da Internet - 29/05/2019 - 12:25:49

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), relatou a parlamentares com quem conversou após a reunião com o presidente Jair Bolsonaro que o encontro no Palácio da Alvorada não teve nenhum avanço efetivo na relação entre os poderes. Maia relatou que a conversa foi genérica e manifestou incômodo de Bolsonaro ter carregado ministros para a reunião que também contou com a presença dos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Maia almoçou com líderes do centrão e em nenhum momento relatou a eles a necessidade de discutir o “pacto” anunciado com pompa pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. O presidente da Câmara disse que a conversa foi protocolar e que Bolsonaro limitou-se a fazer pedido de apoio a “pautas de interesse do país”, sem dar detalhes específicos de que tipo de apoio almeja.

DESCONFIANÇA – Após as manifestações de domingo, Maia reconheceu a aliados que a narrativa martelada pelo governo e por pessoas que foram às ruas de que “o centrão quer cargos” foi bem explorada. Os acontecimentos só reforçaram a visão do presidente da Câmara, assim como de outros parlamentares, de que não é possível confiar no governo.

A negociação para a criação de dois ministérios na tramitação da Medida Provisória 870, que tinha o aval de Jair Bolsonaro, é um exemplo do receio. O indicado para a pasta de Cidades seria o secretário de Transportes de São Paulo, Alexandre Baldy, próximo a Maia. Mesmo depois de ter conversado e apoiado a recriação da pasta, Bolsonaro recuou, sem interceder diante das acusações de que a Câmara estaria em busca do “toma lá dá cá”.

Discretamente – Ainda segundo aliados, o presidente da Câmara deve evitar responder publicamente às provocações de Bolsonaro e à rede de influenciadores de direita na internet. A ideia é tocar a reforma da Previdência e liderar a pauta de reformas econômicas.

Nesta terça-feira, por exemplo, Maia defendeu a antecipação do calendário das reformas e qualificou as manifestações como “democráticas”.

###
NOTA DA REDAÇÃO – J á era esperada a reação dura de Maia, muito atacado neste domingo na manifestação organizada a partir do esquema de Carlos Bolsonaro, o Zero Dois, nas redes sociais. Além disso, o pacto entre poderes não existe em regime democrático, no qual os poderes devem evitar erros e corrigir uns aos outros . (C.N.)

Comentários para "Rodrigo Maia ironiza o pacto de Jair Bolsonaro e não vê avanço na relação entre os Poderes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Em Brasília, estudantes vão às ruas em protesto contra o governo Bolsonaro

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer