×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 23 de setembro de 2021

Segunda dose de vacinas AstraZeneca e CoronaVac adiantada em uma semana no Distrito FederalFoto: Geovana Albuquerque / Agência Saúde

Segunda dose de vacinas AstraZeneca e CoronaVac adiantada em uma semana no Distrito Federal

A partir de 15h desta sexta-feira (30) será aberto o agendamento de mil vagas para pessoas com comorbidades, cuja vacinação ocorrerá domingo (1º) e segunda-feira (2) na Praça dos Cristais

Gizella Rodrigues, Da Agência Brasília | Edição: Freddy Charlson - 30/07/2021 - 08:36:53

Medida vale exclusivamente para grupo de vacinados com AstraZeneca e CoronaVac, que iriam tomar segunda dose até 6 de agosto

Quem tomou a AstraZeneca e a CoronaVac contra a covid-19 no Distrito Federal e tem marcado no cartão de vacinação a aplicação da dose de reforço até o dia 6 de agosto pode procurar um posto de vacinação no final de semana que a dose será antecipada. A novidade foi anunciada nesta quinta-feira (29) pelos secretários da Casa Civil, Gustavo Rocha, e de Saúde, Osnei Okumoto, em coletiva de imprensa no Palácio do Buriti.

A decisão foi tomada para incentivar a aplicação da segunda dose, que garante a completa imunização contra a covid-19. A antecipação é recomendada pelo Ministério da Saúde devido ao surgimento de novas variantes do vírus e depois que estudos comprovaram que a eficácia da CoronaVac é maior se o intervalo entre as duas doses for de 21 e não de 28 dias, como antes preconizado.

A aplicação da segunda dose entre as pessoas de 70 anos ou mais aumentou de 78% no último dia 25 para 103% até esta quinta-feira (29)

Para reforçar a importância da vacinação, Gustavo Rocha apresentou dados que mostraram que, nos últimos sete dias, a ocupação de leitos nos hospitais do DF caiu em todas as faixas etárias, com exceção das pessoas de 30 a 39 anos, onde a internação aumentou em 30%. “Essas pessoas são as que estão circulando, frequentando baladas e estão sendo contaminadas e internadas. A covid-19, que antes era restrita aos idosos, não escolhe mais idade”, afirmou.

Na coletiva também foi informado que a partir de 15h desta sexta-feira (30), será aberto o agendamento de mil vagas para pessoas com comorbidades. A vacinação desse grupo ocorrerá domingo (1º) e segunda-feira (2) na Praça dos Cristais.

Segunda dose

Segundo o secretário de Saúde, a aplicação da segunda dose da vacina entre as pessoas de 70 anos ou mais aumentou de 78% no último dia 25 para 103% até esta quinta-feira (29). O mesmo aconteceu com a faixa etária de 60 a 64 anos: apenas 50% desse público estava imunizado com a segunda dose há quatro dias e o percentual subiu para 70% atualmente.

“Estamos conseguindo sensibilizar as pessoas sobre a importância da segunda dose”, comemorou. De segunda (26) a quarta-feira (28) foram aplicadas 40.970 vacinas como segunda dose e 5.522 de primeira.

O secretário acredita que as 43 mil doses destinadas para o mutirão de vacinação para as pessoas com 35 anos ou mais chegarão ao fim nesta sexta-feira (30). Dessa forma, já que uma nova remessa de vacinas só chega ao DF na próxima semana, o final de semana será destinado para a aplicação de segunda dose. A vacinação continua no sábado (31), com 14 postos, e domingo (1º), com dez postos. Até o final de agosto, a Secretaria de Saúde pretende aplicar 290 mil vacinas só para segunda dose.

Variante Delta

Osnei Okumoto salientou que a Secretária de Saúde vem trabalhando arduamente para conter as infecções da variante Delta, originária na Índia e mais transmissível. Segundo ele, a Vigilância Epidemiológica identificou duas cadeias de transmissão em Planaltina, onde foram confirmados quatro casos.

Leia também

Mutirão vacina moradores da área rural Café sem Troco

Já foram aplicadas 34 mil doses de vacina nesta quinta (29)

Chegou a vez de quem tem 35 anos! Mutirão em 61 pontos de vacinação

“Você pega uma pessoa e essa pessoa tem contato com várias outras, abrindo a cadeia de transmissão e podendo contaminar várias pessoas. Os contaminados ficam em quarentena nas suas residências em um trabalho para tentar fazer um bloqueio e parar a transmissão”, explicou.

Além dos casos confirmados no Hospital de Apoio, quatro novos casos de funcionários do Hospital da Criança de Brasília e um paciente, uma criança com comorbidade, estão em investigação. O próprio Hospital da Criança fez o sequenciamento genético e as amostras foram encaminhadas para confirmação do Laboratório Central. “A gente tem uma preocupação muito grande com esses casos. Por isso a importância das medidas não farmacológicas como evitar aglomerações, usar máscara e higienizar as mãos”, disse o secretário de Saúde.

Comentários para "Segunda dose de vacinas AstraZeneca e CoronaVac adiantada em uma semana no Distrito Federal":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório