×
ContextoExato

Sete duplas brasileiras disputam última etapa de 2019 do Circuito Mundial no México

Sete duplas brasileiras disputam última etapa de 2019 do Circuito Mundial no MéxicoFoto: Divulgação

Torneio quatro estrelas em Chetumal terá equipes brasileiras estreando no tour internacional

Rede Nacional Do Esporte - 13/11/2019 - 15:53:17

O Brasil terá nesta semana seu último compromisso pelo Circuito Mundial de vôlei de praia no ano de 2019. A cidade de Chetumal, na costa leste do México, recebe de quarta-feira (13) a domingo (17.11) uma etapa nível quatro estrelas do tour internacional. Apesar de ser o último evento do ano, a etapa já é válida pela temporada 2019/2020 e contará com até sete duplas brasileiras buscando uma medalha.

No naipe masculino, quatro times estão inscritos, sendo que três deles já estão garantidos na fase de grupos, pela posição no ranking de entradas. Casos de André Stein/George (ES/PB), Thiago/Guto (SC/RJ) e Pedro Solberg/Oscar (RJ), que entram em quadra a partir de quinta-feira (14). Já Saymon e Arthur Lanci (MS/PR) estão no classificatório, e precisam vencer uma rodada eliminatória na quarta-feira para avançar à fase de grupos.

Já no naipe feminino, dois times estão garantidos na fase de grupos: Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) e Talita/Taiana (AL/CE), entrando em ação a partir de quinta. Um dia antes, Tainá e Victoria (SE/MS) disputam o classificatório, precisando de uma vitória em partida eliminatória direta para se juntarem às outras duas.

Entre os times brasileiros, Thiago e Guto farão a estreia no Circuito Mundial. A dupla formada recentemente já foi para a final de uma etapa do Circuito Brasileiro, em Vila Velha (ES), e agora busca repetir o bom desempenho em um evento internacional.

"Está sendo uma experiência muito legal jogar ao lado do Thiago, é um parceiro incrível. Estamos jogando felizes, nos divertindo. E temos uma oportunidade legal de já estar na fase de grupos, sem ter que passar pelo country quota ou classificatório. Queremos aproveitar essa oportunidade e somar pontos importantes no circuito", disse Guto.

Quem também analisou a disputa foi Tainá, parceira de Victoria. A jovem dupla – a sergipana tem 24 anos, e a sul-mato-grossense, 20 - disputará o terceiro evento do Circuito Mundial em 2019 e busca adquirir experiência internacional e pontos no ranking.

"Estamos muito ansiosas para jogar, nossa última etapa no circuito mundial foi em agosto e sabemos da importância de rodarmos cada vez mais. Temos que aproveitar as oportunidades, tendo menos equipes do Brasil. Estamos felizes, vamos dar o nosso melhor. É um torneio com grandes equipes, algumas brigando pela vaga olímpica em outros países, e nosso objetivo é cada vez mais ganhar volume e experiência jogando fora do país", disse.

A fase de grupos em Chetumal é composta por 32 times em cada naipe, divididos em oito chaves com quatro. Após a disputa da primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto os segundos e terceiros de cada grupo disputam uma rodada eliminatória anterior, da repescagem (Round 1). O torneio segue em formato eliminatório com oitavas, quartas, semifinais e disputas de bronze e ouro.

Chetumal recebeu uma etapa exclusiva do naipe feminino em 2018. A competição mexicana rende cerca de R$ 82 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 1,6 milhão em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 800 para os times vencedores.

Fonte: Comitê Olímpico do Brasil (COB)

Comentários para "Sete duplas brasileiras disputam última etapa de 2019 do Circuito Mundial no México":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório