×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Sinais de que o pet tem vermes

Sinais de que o pet tem vermesFoto:

Veterinário explica como identificar os sintomas, o que fazer quando contraídos e como realizar a prevenção no pet

Paloma Oliveto/correio Brasiliense - Foto; Divulgação - 24/05/2019 - 15:30:25

Vermes e parasitas intestinais são problemas recorrentes em cães e gatos e, quando não tratados, podem trazer riscos à saúde do animal e dos tutores também. Veterinário explica como identificar os sintomas, o que fazer quando contraídos e como realizar a prevenção no pet.

A verminose é uma das doenças mais comuns nos pets e é contraída principalmente via oro-fecal, que é quando o animal entra em contato com fezes ou objetos contaminados por fezes com ovos ou larvas de vermes. Entretanto, a doença também pode ser contraída através de um hospedeiro intermediário ou até mesmo transmitida da mãe para o filhote.

Apatia é um dos sinais de que o pet pode ter verminoses Crédito: Divulgação

Existem vários tipos de vermes, mas os mais frequentes em cães e gatos são os dos gêneros Ancylostoma, Toxocara e Toxascaris. Existem ainda outros vermes, que podem se alojar em diferentes partes do corpo como coração, estômago, rins, pulmões, esôfago, olho, fígado e até no cérebro, provocando sérias lesões nos órgãos.

“Todos os pets, independentemente da raça, idade ou tamanho, estão propensos à contaminação por vermes e parasitas intestinais. Por isso, os tutores devem ficar sempre atentos para reconhecer os sintomas e garantir o diagnóstico precoce, pois quanto antes o animal for diagnosticado, menores serão os riscos para a saúde dele”, explica Ricardo Cabral – veterinário da Virbac, indústria farmacêutica dedicada à saúde animal.

Para facilitar o reconhecimento dos sintomas, Cabral listou os cinco sinais clínicos mais recorrentes em cães e gatos com verminose. “Se o pet apresentar um ou mais desses sintomas, o tutor deve ligar o sinal de alerta e agendar uma consulta no veterinário”, ressalta Cabral. “Ao constatar os sintomas, o diagnóstico é confirmado por meio de exame laboratorial realizado pelo veterinário, que indicará qual tipo de verme está parasitando o pet e recomendará o melhor tratamento para cada caso”. Confira!

  1. DIARREIA

A diarreia ocorre pela presença dos parasitas no intestino, que liberam toxinas e outras substâncias importantes para a sobrevivência deles naquele ambiente, causando um desarranjo intestinal nos pets.

  1. PERDA DE PESO

A perda de peso decorre da má absorção de nutrientes, uma vez que o intestino está debilitado e os próprios vermes competem pelos nutrientes. Nesses casos, os pets, especialmente os filhotes, apresentam hipoproteinemia (falta de proteínas no sangue), que causa um aumento do volume abdominal – a famosa “barriga de verme”.

  1. APATIA

A falta de emoção aparece em decorrência da má nutrição. “Os pets se sentem fracos e por isso não conseguem demonstrar entusiasmo para nada”, explica Cabral.

  1. VÔMITO

O vômito é um sinal que aparece, muitas vezes, quando o animal está com uma carga parasitária muito alta. “Nessa situação, os vermes estão liberando ainda mais toxinas, acionando os centros de vômito no corpo e, em situações ainda mais graves, podem causar uma obstrução na passagem dos alimentos pelo intestino”.

  1. ANEMIA

A anemia também ocorre em casos de alta infestação por vermes que se alimentam de sangue, como o Ancylostoma.

COMO PREVENIR?

“Um dos grandes problemas dos parasitas intestinais é que a maioria deles são zoonóticos, ou seja, transmitidos dos animais ao homem. Assim sendo, prevenir e tratar as verminoses dos cães e gatos não é somente um cuidado em relação ao animal, mas um ato de saúde pública e proteção à família”, explica Cabral.

A prevenção é realizada com doses de vermífugos indicadas pelo médico veterinário, de acordo com a idade e peso do animal. “O ideal é vermifugar os animais com frequência, de preferência uma vez por mês, desde duas semanas de idade”, indica. “Existem também casos de verminoses, por exemplo, que são transmitidas da mãe para o filhote via transplacentária e transmamária. Por isso, é muito importante também vermifugar tanto as fêmeas em gestação e lactação, quanto os filhotes, atentando-se a utilizar somente produtos que garantam segurança de uso nessas situações”.

Cuidar dos ambientes onde os pets habitam também é importante para prevenir a verminose. Cabral recomenda remover diariamente as fezes e evitar que o animal faça as necessidades em local fechado e que não bata sol, pois a umidade favorece a sobrevivência dos ovos e larvas e o fechamento do ciclo dos vermes.

Comentários para "Sinais de que o pet tem vermes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Publicada lei que proíbe sacrifício de animais pelas zoonoses

Publicada lei que proíbe sacrifício de animais pelas zoonoses

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial

Ativista norte-americana resgata 27 cachorros de avião que seriam sacrificados

Ativista norte-americana resgata 27 cachorros de avião que seriam sacrificados

Com a ajuda de duas amigas, eles lotaram um avião de pequeno porte com os cães e os levaram até a Flórida, em um voo de 45 minutos.

Divulgado resultado de seleção de cadelas para castração

Divulgado resultado de seleção de cadelas para castração

Listagem inicial contempla, em um primeiro momento, as fêmeas caninas

Vacinação gratuita para cães e gatos, nesta sexta-feira

Vacinação gratuita para cães e gatos, nesta sexta-feira

Entre imunizantes e vermífugos, serão distribuídos cerca de 1,2 mil medicamentos aos animais

Maior presença de pets em casa reforça a atenção com móveis e estofado

Maior presença de pets em casa reforça a atenção com móveis e estofado

Limpeza de móveis e estofados exige atenção

Dia Mundial dos Animais: Curso orienta sobre cuidados e defesa animal

Dia Mundial dos Animais: Curso orienta sobre cuidados e defesa animal

Guarda responsável

Homenagem aos cães que atuam junto às forças de segurança

Homenagem aos cães que atuam junto às forças de segurança

Cães farejadores formam uma parceria bem-sucedida com as forças de segurança no DF

Sai o resultado da 4ª Campanha de Castração no DF

Sai o resultado da 4ª Campanha de Castração no DF

Confira os contemplados das categorias cachorros, gatas e gatos. Inscrições para cadelas serão reabertas em 7 de outubro

Planos funerários para pets oferecem dignidade na despedida dos animais

Planos funerários para pets oferecem dignidade na despedida dos animais

'Acreditamos que planejar a despedida de nossos pets é um gesto de amor que faz toda a diferença quando chega o momento da despedida'

Juiz autoriza advogada a viajar com coelho na cabine do avião

Juiz autoriza advogada a viajar com coelho na cabine do avião

Caso descumpra a decisão, a Azul será multada em R$ 5 mil.

Cegonha reaprende a viver com prótese 3D criada por estudante

Cegonha reaprende a viver com prótese 3D criada por estudante

Um refúgio de animais na República Tcheca achou uma maneira inusitada de ajudar uma cegonha que foi resgatada com um grave ferimento.