×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de outubro de 2021

Suicídio. Rede de proteção à vida de Brazlândia é capacitada para prevenção

Suicídio. Rede de proteção à vida de Brazlândia é capacitada para prevençãoFoto: Secretaria de Comunicação do MPDF

Iniciativa tem o objetivo de auxiliar profissionais para intervenção em casos de potencial suicídio

Secretaria De Comunicação Do Mpdf - 04/06/2019 - 06:28:42

Nesta semana, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) lançou o projeto “Falando sobre vida: prevenção ao suicídio”. A primeira ação de capacitação sobre o tema foi realizada pela Promotoria de Justiça de Brazlândia, em parceria com a rede social da cidade, nos dias 30 e 31 de maio. Cerca de 70 pessoas, entre profissionais da educação, saúde, assistência social e conselheiros tutelares, participaram da iniciativa voltada à prevenção do suicídio.

Com o aumento de casos na região, a rede social da cidade sinalizou sobre a necessidade de capacitação dos profissionais. O conteúdo oferecido teve como objetivo desenvolver nos participantes competências para lidar com a temática, além de dar visibilidade social à atuação do MPDFT na prevenção, intervenção e posvenção do suicídio.

“Pretende-se, por meio desta ação, subsidiar a atuação dos profissionais que lidam com pessoas de diversas faixas etárias, orientando-os sobre a identificação do comportamento suicida, os encaminhamentos psicossociais, bem como as articulações em rede”, completou o coordenador da Promotoria de Justiça de Brazlândia, Higo Noboro.

Cartilha

O MPDFT publicou uma cartilha sobre o tema. A publicação aborda, entre outros pontos, os fatores de proteção e de risco ao suicídio, os mitos e verdades que envolvem o assunto, além de canais de informação e ajuda. Clique aqui para acessar a cartilha.

Participações

Para o professor Elias Pereira Lacerda, a escola é um lugar estratégico para desenvolver ações de valorização da vida por meio da prevenção da automutilação e do suicídio. Ele relata que a estatística de casos entre os jovens, principal faixa etária de ocorrência, aumentou 30% nos últimos anos. “Um projeto de valorização da vida formado em quatro fases – rede, escola, alunos e familiares – é crucial para cuidar da saúde emocional. Assim o fortalecimento da rede é fundamental como espaço de fala daquelas pessoas que estão passando por um momento em sua história de vida de dor e sofrimento, e pode contribuir para a efetividade da dignidade humana”.

A orientadora educacional Isabel Cristina elogiou a formação oferecida pelo MPDFT sobre prevenção ao suicídio. “Por ser um tema complexo e tido como tabu, o encontro vem complementar e dar suporte à nossa prática dentro e fora das escolas, onde é cada vez maior a demanda de crianças, jovens e famílias em sofrimento psíquico”.

Para a psicóloga do MPDFT Thayse Duarte Varela, é importante encaminhar a pessoa com alto risco de suicídio para o serviço de saúde para avaliação e, se necessário, internação. Caso não seja possível, é preciso entender o caso como uma emergência e entrar em contato com um profissional da saúde ou serviço de emergência mais próximo.

Enfermeira da Unidade Básica de Saúde da cidade, Ana Cristina Braz também registrou que o projeto é de grande importância para os profissionais da área da saúde. “Representa uma mudança de paradigma em relação à pessoa que tenta suicídio ou suicida. E, principalmente, orienta sobre os passos que devem ser adotados: notificar, entender, identificar e não julgar”, afirmou.

Leia mais

MPDFT lança projeto para prevenção ao suicídio

Comentários para "Suicídio. Rede de proteção à vida de Brazlândia é capacitada para prevenção":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Movimentos se reúnem em ato para defender permanência do projeto Jovem de Expressão

Em defesa do espaço cultural, foi aprovada uma vigília cultural de 24 horas para a próxima sexta-feira (22)

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

Oficinas para revisão do PDOT têm participação popular limitada

São Sebastião e Sobradinho debatem neste sábado o Plano de Ordenamento Territorial

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Lei que prevê a distribuição de absorventes higiênicos no DF está só no papel

Dignidade menstrual é permitir que as meninas mais pobres também possam ter o mesmo acesso ao absorvente higiênico que as meninas da classe média e alta

Criança no carro? Cuidado redobrado!

Criança no carro? Cuidado redobrado!

Regras do Código de Trânsito Brasileiro, fiscalização e conscientização derrubam índice de letalidade no transporte de crianças com até 10 anos no DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Vetada por Bolsonaro, distribuição de absorventes é adotada por 13 estados e DF

Ato simbólico de entrega no Centro Educa Mais Dorilene Silva Castro

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Já são mais de 116 milhões de pessoas em situação insegurança alimentar.

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

Vendas online serão abertas oficialmente neste sábado, 16

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Sistema oferece diversas informações aos usuários

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

Local utilizado pelo projeto tem 116 metros e é um antigo posto policial abandonado

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

O deputado Delmasso enumerou melhorias necessárias em urbanização e prestação de serviços públicos para a região, como iluminação pública, pavimentação, saúde e transporte

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

CLDF aprovou a diminuição da alíquota do ICMS em três pontos percentuais. Medida é gradativa para os próximos três anos, começando em 2022