×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de maio de 2022

Sul da Bahia também foi alvo de esquema investigado pela Operação Faroeste

Sul da Bahia também foi alvo de esquema investigado pela Operação FaroesteFoto: Divulgação

Ovo da serpente

Por Jairo Costa Júnior-correio* 24 Horas - 08/12/2019 - 12:12:41

Investigadores da Operação Faroeste coletaram provas de que o esquema de grilagem por meio da venda de sentenças se estendeu também para três cidades do Sul da Bahia. Além de grandes propriedades rurais do Oeste do estado, o falso cônsul de Guiné-Bissau Adailton Maturino, apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como mentor da suposta organização criminosa, usou modus operandi semelhante para se apropriar judicialmente de fazendas e imóveis em Canavieiras, Itacaré e Itabuna. Em conluio com servidores e autoridades do Judiciário, integrantes do grupo identificavam propriedades com problemas na escritura ou hipoteca judicial e, através de documentos falsos, transferiam a posse de forma fraudulenta para eles.

Ovo da serpente
Os indícios mostram que o esquema surgiu no Tribunal de Justiça do Piauí, onde o ex-juiz José Ramos Dias Filho, punido com aposentadoria compulsória e ligado a Adailton Maturino, teria transferido ilegalmente 200 imóveis em todo o país, incluindo São Paulo.

Antes do estouro
Os tentáculos de rede de grilagem no Sul do estado foram detectados antes que o grupo de Adailton Maturino consolidasse o esquema no Oeste, supostamente em aliança com advogados, empresários, juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça (TJ) baiano. Com base nas descobertas, o Ministério Público da Bahia e do Piauí deflagram, em 26 de agosto de 2016, a Operação Inmobillis, que colocou na cadeia um ex-juiz piauiense e um laranja de Maturino. Embora a Justiça tenha decretado também a prisão do falso cônsul e de sua esposa, Geciane Maturino, o TJ concedeu à época habeas corpus aos dois e determinou o recolhimento dos mandados expedidos contra ambos. Curiosamente, o próprio MP apresentou parecer favorável a eles na liminar referendada pela Primeira Câmara Criminal do TJ. O casal hoje está preso pela Faroeste.

Mudança de cárcere
Presa na última sexta pela operação, a desembargadora afastada Maria do Socorro Barreto Santiago foi transferida recentemente para Brasília. Segundo apurou a Satélite, ela ocupa agora sala especial no Presídio da Papuda ou na carceragem da PF. Antes, estava no Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas.

Causa e efeito
Investidores e líderes do mercado imobiliário demonstraram alto nível de apreensão por causa da portaria em que o Iphan cria uma série de restrições a empreendimentos previstos para grande parte da Barra. Noticiada na edição de ontem, a medida foi vista no setor como clara invasão do Iphan em áreas de competência do Município e sobreposição irregular a critérios definidos pela Lei de Ordenamento do Uso e Ocupação do Solo (Louos). O principal temor é o limite de altura para edificações, bem menor do que estava em vigor.

Via judicial
Caso a portaria não seja revogada, representantes do mercado imobiliário cogitam judicializar o caso. O objetivo é evitar prejuízos em larga escala e fuga de investimentos já engatilhados para a Barra.

Ele mesmo quem disse que iria elevar a Bahia à quarta economia do país, mas vimos foi perder a sexta posição para Santa Catarina. Enquanto isso, o governo gasta dinheiro com propaganda enganosa em Salvador
Alan Sanches, deputado estadual do DEM

Comentários para "Sul da Bahia também foi alvo de esquema investigado pela Operação Faroeste":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Desmate na Mata Atlântica cresce 66%, com alta anual em 15 Estados

Desmate na Mata Atlântica cresce 66%, com alta anual em 15 Estados

Falhas permitem cadastro rural em área indígena

"Imaginar pessoas negras no futuro já é por si só ato de resistência", afirma autora GG Diniz

Em entrevista ao Trilhas do Nordeste, escritora cearense fala sobre particularidades do afrofuturismo na região

Dez anos do Código Florestal: Entraves e divergências ainda atrasam implementação

Dez anos do Código Florestal: Entraves e divergências ainda atrasam implementação

Para escritório Bueno, Mesquita e Advogados, falta de qualificação dos dados é principal impasse, mas análise dinamizada surge como solução viável para tirar a legislação do papel

Com alta da gasolina e carros mais caros, venda de motos aumenta no país

Com alta da gasolina e carros mais caros, venda de motos aumenta no país

Procura e compras de motos no Brasil vêm registrando alta histórica, enquanto carros estão em queda devido ao aumento dos preços

“Racistas estão cada vez mais à vontade” diz diretor do Observatório Racial no Futebol

“Racistas estão cada vez mais à vontade” diz diretor do Observatório Racial no Futebol

Desde o início do ano, foram registrados 33 casos de racismo envolvendo o futebol brasileiro

USP projeta 816 mil médicos em 2030, mas má distribuição continua no Brasil

USP projeta 816 mil médicos em 2030, mas má distribuição continua no Brasil

O estudo Radiografia das Escolas Médicas Brasileiras, concluído em 2020 pelo CFM, mostrou que 92% das instituições de ensino superior que oferecem vagas para Medicina não atendem pelo menos um dos três parâmetros considerados ideais

Operação no Pará interdita garimpo ilegal de manganês e apreende 2.4t de minério

Operação no Pará interdita garimpo ilegal de manganês e apreende 2.4t de minério

No último domingo, 15, cerca de 800 toneladas de manganês foram apreendidas pela PRF na BR-155, em Marabá. O minério estava sendo transportado de forma ilegal, num comboio de 14 carretas

Projeto da ONU busca preservar a floresta amazônica no Maranhão

Projeto da ONU busca preservar a floresta amazônica no Maranhão

Unep Grid Arendal/Riccardo Pravettoni Plantações na Amazônia brasileira

Crise climática pode ser combatida com monetização de reflorestamento

Crise climática pode ser combatida com monetização de reflorestamento

Brasil tem vantagem competitiva com créditos de carbono

“É difícil lidar com um sistema que engessa a gente”, diz curadora indígena que deixou o Masp

“É difícil lidar com um sistema que engessa a gente”, diz curadora indígena que deixou o Masp

Sandra Benites pediu demissão do museu depois que seis fotos sobre o MST e a luta indígenas foram vetadas de uma mostra

Como os indígenas preservam o peixe pirarucu

Como os indígenas preservam o peixe pirarucu

Comunidades adotam o plano de manejo que gera renda e salva o gigante amazônico da extinção