×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 29 de janeiro de 2022

TJDFT: Maria da Penha Vai à Escola é incluído em Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio

TJDFT: Maria da Penha Vai à Escola é incluído em Plano Nacional de Enfrentamento ao FeminicídioFoto: © Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT

Como parceiro institucional, o TJDFT participou, ainda, da instalação dos Núcleos Integrados de Atendimento à Mulher – NUIAMs, uma iniciativa da Polícia Civil do DF, que também consta no Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio

© Tribunal De Justiça Do Distrito Federal E Dos Territórios – Tjdft - 12/01/2022 - 21:58:40

O programa Maria da Penha Vai à Escola – MPVE está entre as ações previstas no Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio do governo federal, que serão levadas aos demais estados do país. O objetivo é enfrentar todas as formas de feminicídio, por meio de ações governamentais integradas e intersetoriais, conforme prevê o artigo 8º da Lei Maria da Penha - Lei nº 11.340/2006.

Desenvolvido desde 2014 pelo TJDFT, por meio do Núcleo Judiciário da Mulher - NJM, em parceria com instituições públicas e privadas, o Maria da Penha Vai à Escola visa a divulgação, promoção e formação acerca da Lei Maria da Penha nas escolas públicas do Distrito Federal como forma de prevenir e coibir a violência contra a mulher. No plano do governo federal, o MPVE foi incluído como medida de prevenção, com vistas a promover ações de conscientização sobre a violência contra as mulheres, destinadas a ampliar as possibilidades de denúncia.

Audiodescrição: imagem da logo do programa Maria da Penha Vai à Escola composta por uma margarida branca sobre um quadro escolar de fundo verde escuro. Assinaturas do NJM e TJDFT.

Como parceiro institucional, o TJDFT participou, ainda, da instalação dos Núcleos Integrados de Atendimento à Mulher – NUIAMs, uma iniciativa da Polícia Civil do DF, que também consta no Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio. A ideia é garantir direitos e assistência integral, humanizada e não revitimizadora às mulheres em situação de violência, às vítimas indiretas e aos órfãos do feminicídio.

“É motivo de grande orgulho ver, como política pública de prevenção ao feminicidio, dois projetos concebidos no DF”, comemorou o Juiz Ben-Hur Viza, titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Núcleo Bandeirante e um dos idealizadores do MPVE. Segundo o magistrado, a implantação desses projetos em nível nacional reflete a atuação do TJDFT e parceiros na construção de políticas públicas em favor de uma sociedade mais justa.

No âmbito do Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio, as ações citadas acima estão sob responsabilidade do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos - MMFDH. Comitê gestor, vinculado ao referido ministério, deverá assegurar a articulação, o monitoramento e a avaliação das ações governamentais previstas no plano.

Comentários para "TJDFT: Maria da Penha Vai à Escola é incluído em Plano Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório

"Que seja transparente”, diz Erika Hilton sobre regulamentação do Fundo de Combate à Fome

Em entrevista ao Brasil de Fato, Hilton afirmou que a importância da legislação é “gigantesca”

Projeto leva atividades esportivas para pessoas com deficiência no DF

Projeto leva atividades esportivas para pessoas com deficiência no DF

Inscrição é gratuita e pode ser feita pela internet

Resolução da Assembleia Geral pede atuação de redes sociais contra negação ao Holocausto

Resolução da Assembleia Geral pede atuação de redes sociais contra negação ao Holocausto

Resolução da Assembleia Geral elogia nações que se envolveram ativamente na preservação dos locais que serviram como campos de extermínio nazistas

Estudantes brasileiros analisam impacto da pandemia na alimentação escolar

Estudantes brasileiros analisam impacto da pandemia na alimentação escolar

Com o fechamento das escolas, em março passado, bilhões de merendas deixaram de ser distribuídas em todo o globo

Vara da Infância e da Juventude do DF lança campanha para arrecadar material escolar

Vara da Infância e da Juventude do DF lança campanha para arrecadar material escolar

A ação é coordenada pelo programa social da VIJ-DF, Rede Solidária Anjos do Amanhã

Polícia divulga suspeito pela morte de Beatriz Mota; saiba quais os próximos passos do processo

Polícia divulga suspeito pela morte de Beatriz Mota; saiba quais os próximos passos do processo

Beatriz foi encontrada sem vida após golpes de faca no momento em que ocorria uma festa na escola onde estudava

Funai de Bolsonaro é pior que a de 1968, diz indigenista que enfrentou a ditadura militar

Funai de Bolsonaro é pior que a de 1968, diz indigenista que enfrentou a ditadura militar

Egydio Schwade:

Família Acolhedora: Cuidado para as crianças que mais precisam

Família Acolhedora: Cuidado para as crianças que mais precisam

O acolhimento, previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, não deve ultrapassar os 18 meses e tem como objetivo a reintegração familiar ou o encaminhamento para família substituta

Solidariedade: Esperança e alimento para milhões de brasileiros que não têm o que comer

Solidariedade: Esperança e alimento para milhões de brasileiros que não têm o que comer

De acordo com a Rede Penssan, 55,2% das pessoas no país vivem algum nível de insegurança alimentar

América Latina e Caribe podem cortar consumo pela metade e reduzir pobreza

América Latina e Caribe podem cortar consumo pela metade e reduzir pobreza

Algumas propostas do relatório incluem medidas já testadas em cidades como Fortaleza, no Brasil, com o sistema de transporte público

E se você tivesse o poder de mudar o futuro? Você pode salvar uma vida

E se você tivesse o poder de mudar o futuro? Você pode salvar uma vida

Por onde você começaria?