×
ContextoExato

Tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna é memorado, além dos feitos dentro das pistas

Tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna é memorado, além dos feitos dentro das pistasFoto: iG São Paulo

Faltam adjetivos para descrever o eterno ídolo brasileiro, Ayrton Senna, falecido em 1994, após se acidentar durante o Grande Prêmio de Ímola, na Itália.

Por Ig São Paulo - 01/05/2019 - 11:02:46

undefinedEDU GARCIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Ayrton Senna comemora a vitória do GP Brasil de 1993

Faltam adjetivos para descrever o eterno ídolo brasileiro, Ayrton Senna, falecido em
1994, após se acidentar durante o Grande Prêmio de Ímola, na Itália. Mas, além de ser
um dos melhores da história na Fórmula 1 - considerado por muitos o melhor - o paulista
deixou diversas frases marcantes na mente do fã do automobilismo.

Dentro e fora das pistas, Ayrton Senna foi e sempre será ídolo. Seja encantando o mundo no interior do cockpit ou com expressões motivacionais que nos ensinam até hoje. Por isso, o iG reuniu dez frases, que também podem ser chamadas de lições para a vida, do tricampeão mundial de F1, relembre:

1- Após conquistar o terceiro título

"Para ser honesto, não me sinto o maior ídolo brasileiro. Não me sinto uma pessoa tão
importante assim para merecer uma festa durante uma noite toda no Brasil."

2- Sobre sua maneira de pilotar

"Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver de ultrapassar
vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem o seu limite. O meu é um pouco acima do dos
outros."

3- Objetivo ao correr

"Acidentes são inesperados e indesejados, mas fazem parte da vida. No momento em que você se senta num carro de corrida e está competindo para vencer, o segundo ou o terceiro lugar não satisfazem. Ou você se compromete com o objetivo da vitória ou não. Isso que dizer: ou você corre ou não."

4- Sentimento após uma vitória

"Vocês nunca conseguirão saber como um piloto se sente quando vence uma prova. O capacete oculta sentimentos incompreensíveis."

Ayrton Senna durante a temporada 1991. Foto: Getty Images

Ayrton Senna foi tricampeão mundial de F1. Foto: Getty Images

Túmulo de Ayrton Senna no cemitério do Morumby, em São Paulo. Foto: Mike Hewitt/Getty Images

A parceria durou dois anos e rendeu um título para cada. Os pilotos colecionaram desentendimentos e desenvolveram uma das grandes rivalidades da Fórmula 1. Foto: Getty Images

Com a chegada de Ayrton Senna em 1988, a McLaren, que já contava com o francês Alain Prost, reunia dois pilotos em condição de ganhar o título. Foto: Getty Images

Apesar da pressão, o brasileiro venceu a prova e encerrou um jejum de 5 GPs sem vitória. Foto: Getty

Em 1991, Ayrton Senna poderia sagrar-se campeão por antecipação se vencesse o Grande Prêmio da Espanha. Foto: Getty Images

O brasileiro disparou no Mundial de Pilotos após a prova em Spa. Foto: Getty Images

Foi em 1985, Pela Lotus, no Grande Prêmio de Portugal, que Ayrton Senna conseguiu sua primeira vitória na F1. Foto: Getty Images

O brasileiro da McLaren comemorou sua sexta vitória de 1991 naquele GP. Foto: Reprodução

Em toda a sua carreira, Ayrton Senna sempre usou um capacete verde e amarelo. Na foto, o brasileiro em 1993, quando corria pela McLaren. Foto: Getty Images

Lotus de Ayrton Senna em 1985, que tinha pintura preta e dourada. Foto: Getty Images

Adriane Galisteu foi uma das namoradas do piloto de F-1 Ayrton Senna, morto em 1994. Foto: Reprodução/Revista Manchete

Ayrton Senna foi tricampeão em 1991, aos 31 anos e 227 dias. Foto: Getty Images

Em 1988, Senna chegou à oitava vitória e alcançou seu primeiro título em Suzuka. Foto: Reprodução

Ayrton Senna conversa com Sid Watkins após acidente de Roland Ratzenberger em Ímola em 1994. Foto: Getty Images

Senna cumprimenta Gerhard Berger após mais uma vitória no local. Foto: Getty Images

Companheiros na McLaren nos anos 1990, Ayrton Senna e Gerhard Berger eram amigos dentro e fora dos autódromos. Foto: Getty Images

O GP da França foi sediado no circuito de Paul Ricard nos anos 1970 e ainda voltou de 1986 até 1990. Entre essas, uma vitória de Prost em 1989, com Senna abandonando. Foto: Getty Images

Em 1985, a pista ficou marcada na história da F1, principalmente para os brasileiros. O Estoril foi palco da primeira pole position e da primeira vitória de Ayrton Senna.. Foto: Reprodução

Ayrton Senna treina, observado por Nuno Cobra. Foto: Reprodução

Entre o fim da década de 1980 e início dos anos 1990, a disputa ficou focada em poucos pilotos. Ayrton Senna e Alain Prost dominaram. Foto: Getty Images

Toleman Ayrton Senna. Foto: Getty Images

O brasileiro voltou a vencer em 1989, dando início a uma sequência de cinco triunfos seguidos no Principado. Foto: Getty Images

Depois de liderar mais da metade da corrida, Senna não c onseguiu completar a prova de 1988 em Monte Carlo. Foto: Getty Images

Em 1993, o ídolo brasileiro voltou a vencer em Interlagos, para a festa da torcida. Foto: Reprodução

Pódio em 1991 também teve Riccardo Patrese, segundo, e Gerhard Berger, terceiro. Foto: Getty Images

Pela Williams, tricampeão fez a pole position do GP do Brasil de 1994. Foto: Getty Images

Torcida homenageia heroi tricampeão no GP do Brasil de 1994. Foto: Getty Images

Em 1992, também pela McLaren, o brasileiro teve seu motor quebrado em Interlagos. Foto: Getty Images

Pela McLaren, Senna desfila em 1993 com bandeira brasileira após vitória. Foto: Reprodução

O brasileiro Ayrton Senna em 1990, ano de seu bicampeonato na Fórmula 1. Foto: Getty Images

Senna vence na Bélgica. Foto: Getty Images

Ayrton Senna parte para cima de Michael Schumacher, mas é contido por funcionário da McLaren. Foto: Reprodução

Na garagem da McLaren, Ayrton Senna se concentra para GP do Japão de 1991 - o brasileiro tinha chances de sair da prova tricampeão mundial. Foto: Getty Images

Senna perdeu a posição para Patrese logo na largada em San Marino. Foto: Getty Images

Ayrton terminou o GP em segundo, mas continou liderando com folga o campeonato. Foto: Getty Images

Ayrton Senna tenta se defender dos ataques das Williams de Nigel Mansell e Riccardo Patrese durante o GP da Itália de 1991. Foto: Getty Images

Ayrton Senna morreu em 1994 após acidente que deixou sua Williams destruída. Foto: Getty Images

O GP da França foi sediado no circuito de Paul Ricard nos anos 1970 e ainda voltou de 1986 até 1990. Entre essas, uma vitória de Prost em 1989, com Senna abandonando. Foto: Getty Images

Ayrton Senna em 1994, ano em que correu pela Williams. Foto: Getty Images

Ayrton Senna durante a temporada 1991. Foto: Getty Images

5- Demonstração de fé

"O fato de eu acreditar, o fato de eu ter fé em Deus não quer dizer que eu seja imortal, não quer dizer que eu seja imune, eu tenho tanto medo de me machucar quanto qualquer pessoa."

6- O importante é competir?

"O importante é ganhar. Tudo e sempre. Essa história de que o importante é competir não passa de pura demagogia."

7- Como ter privacidade?

"Uma maneira de preservar sua própria imagem é não deixar que o mundo invada sua casa. Foi um modo que encontrei de preservar ao máximo meus valores."

8- Como melhorar o mundo?

"Se a gente quiser modificar alguma coisa, é pelas crianças que devemos começar. Devemos respeitar e educar nossas crianças para que o futuro das nações e do planeta seja digno."

9- ...

"Se a morte deve levar-me, então que seja com toda força, numa curva, porque vejo me mal acabar a minha vida numa cadeira de rodas."

10- Uma das mais lembradas do ídolo (assista abaixo)

"Seja quem você for, seja qualquer posição que você tenha na vida, nível altíssimo ou mais baixo social (sic), tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá."

Por essas e outras, Ayrton Senna foi, é e sempre será um nome a ser lembrado por todos os brasileiros, sejam eles admiradores do automobilismo ou não.

Link deste artigo: https://esporte.ig.com.br/automobilismo/f1/2016-07-14/ayrton-senna-dez-frases-idolo.html

Fonte: Esporte - iG @ https://esporte.ig.com.br/automobilismo/f1/2016-07-14/ayrton-senna-dez-frases-idolo.html

Comentários para "Tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna é memorado, além dos feitos dentro das pistas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
...