×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

UFRJ compra meteorito tão antigo quanto a Terra

UFRJ compra meteorito tão antigo quanto a TerraFoto: UFRJ - Divulgação

Com mais de 1,3 tonelada e 75 cm de diâmetro, a rocha ficará exposta no Museu da Geodiversidade, na zona norte carioca

Estadão Conteúdo - 13/08/2021 - 09:51:59

O terceiro maior meteorito já encontrado no Brasil acaba de ser comprado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Com mais de 1,3 tonelada e 75 cm de diâmetro, a rocha ficará exposta no Museu da Geodiversidade, na zona norte carioca.

O bloco tem cerca de 4,5 bilhões de anos – idade similar à da Terra – e caiu no planeta há cerca de mil anos. Foi encontrado em uma fazenda de Campinorte, a 300 quilômetros da cidade de Goiás, em 1992. Os meteoritos são fragmentos de rochas extraterrestres que penetram a atmosfera e ajudam a entender a formação e a evolução do Sistema Solar.

“Os meteoritos guardam a memória dos instantes iniciais da formação da Terra. São materiais originados no mesmo instante em que o planeta surgiu, conforme aceito pela Teoria do Big Bang”, explicou o diretor do Instituto de Geociências da UFRJ, Edson Farias de Mello. “Ao contrário dos materiais terrestres, que sofreram muitas transformações desde sua formação, eles se mantêm inalterados. Por isso, fornecem com exatidão a idade da Terra.”

O meteorito é composto basicamente de metais, como ferro e níquel. Sua descoberta foi reportada pela Meteoritical Bulletin em 2011, que o classificou como um corpo celeste “não agrupado”.

A astrônoma Maria Elizabeth Zucolotto, do Museu Nacional, avaliou a autenticidade da rocha. Segundo ela, essa é a primeira vez que um meteorito com essa classificação poderá ser estudado no País.

Campanha virtual

O custo total para aquisição, logística de transporte e preparação do espaço no Museu de Geociências ficou próximo de R$ 365 mil. A maior contribuição foi realizada pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), que doou R$ 350 mil. O restante do valor foi obtido em campanha na internet.

A preocupação era preservar a peça no Brasil. As rochas extraterrestres têm grande valor de mercado – para se ter uma ideia, no site da Christie’s, uma das maiores casas de leilão do mundo, pequeninos meteoros são apresentados por lances mínimos de até US$ 18 mil.

Como o Bendegó e o Santa Luzia, respectivamente o maior e o segundo maior meteoritos achados no Brasil, a nova rocha faz parte do acervo do Museu Nacional da UFRJ. Mas está cedido por dez anos ao Museu de Geociências onde integra a exposição Memórias da Terra.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários para "UFRJ compra meteorito tão antigo quanto a Terra":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Pesquisadores confirmam presença de onça-parda na zona oeste do Rio

Pesquisadores confirmam presença de onça-parda na zona oeste do Rio

Espécie chegou a ser considerada extinta

Manguezal de mais de 120 mil anos descoberto no México

Manguezal de mais de 120 mil anos descoberto no México

Uma equipe de pesquisa mexicana e norte-americana descobriu uma antiga floresta de mangue de mais de 120 mil anos no coração da península de Yucatan, no sudeste do México, comunicou a Universidade de San Diego, nos EUA.

Cientistas da Bolívia tentam desvendar mistérios do boto cor-de-rosa

Cientistas da Bolívia tentam desvendar mistérios do boto cor-de-rosa

Pescadores que antes caçavam os botos se unem aos pesquisadores

Ferramentas de rituais antigos são descobertas em local faraônico no norte do Egito

Ferramentas de rituais antigos são descobertas em local faraônico no norte do Egito

Eles também desenterraram relevos de marfim retratando a vida cotidiana

Descoberto no México vaso milenar com texto hieroglífico maia

Descoberto no México vaso milenar com texto hieroglífico maia

Especialistas do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México encontraram durante os trabalhos de salvamento arqueológico em obras na península de Yucatán um vaso do estilo Chocholá com texto hieroglífico entalhado

Emerge na Turquia cidade milenar 'desaparecida' desde 1955

Emerge na Turquia cidade milenar 'desaparecida' desde 1955

Uma cidade construída há cerca de 2.000 anos na atual Turquia voltou a surgir após três quartos de século. Um arqueólogo já tinha estudado o local em 1955, antes de uma barragem inundar a cidade.

Descoberto em Jerusalém peso de 2.700 anos usado para enganar pessoas

Descoberto em Jerusalém peso de 2.700 anos usado para enganar pessoas

Arqueólogos descobriram um peso usado no comércio na antiga cidade de Jerusalém, eles acreditam que o objeto era usado para enganar os comerciantes.

Descobertos na Itália artefatos de osso de 400 mil anos feitos por espécie humana desconhecida

Descobertos na Itália artefatos de osso de 400 mil anos feitos por espécie humana desconhecida

Um grupo desconhecido de seres humanos pré-históricos, que viveu aproximadamente há 400 mil anos, produziu

Estudo apresenta o mais completo fóssil de tapejarídeo do Brasil

Estudo apresenta o mais completo fóssil de tapejarídeo do Brasil

Fóssil de dinossauro foi interceptado pela Polícia Federal em 2014

Mistérios de tesouro de piratas encontrado no Canadá são revelados

Mistérios de tesouro de piratas encontrado no Canadá são revelados

Um poço em Oak Island, na parte sul da Nova Escócia, no Canadá, contém restos de atividade humana e poderia abrigar um grande saque, segundo caçadores de tesouros amadores

Erupção vulcânica cria nova ilha no Japão

Erupção vulcânica cria nova ilha no Japão

Anteriormente, outras ilhas efêmeras se formaram após a erupção do vulcão submarino Fukutoku-Okanoba, sendo a mais recente em 1986