×
ContextoExato
Responsive image

UnB segue sem definição para retorno de aulas presenciais

UnB segue sem definição para retorno de aulas presenciaisFoto: CorreioWeb

Reunião feita pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade de Brasília (Cepe/UnB) nesta quinta-feira (19/11) também tirou de pauta a definição do calendário para os semestres 2/2020, 1/2021 e 2/2021

Ana Luísa Santos* - Correioweb - 18/11/2020 - 15:32:02

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UnB (Cepe/UnB) optou por retirar as pautas de retorno gradual das aulas presenciais e definição dos calendários dos próximos semestres de discussão na reunião desta quinta-feira (19/11) - (crédito: Vinicius Cardoso Vieira/CB/D.A Press)

Após debate nesta quinta-feira (19/11) sobre o retorno gradativo das aulas presenciais na Universidade de Brasília (UnB) e a definição dos calendários dos semestres 2/2020, 1/2021 e 2/2021, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UnB (Cepe/UnB) optou por retirar as pautas de discussão, pelo menos por enquanto, pois o cenário da covid-19 no DF continua incerto. A data para votação no colegiado sobre esses dois assuntos ainda não foi definida.

Dados sobre a covid-19 no DF

Na reunião do Cepe, Heleno Rodrigues, professor da Universidade e membro do Comitê Gestor do Plano de Contingência da Covid-19 (COES/UnB), apresentou dados que apontam que a situação da doença no DF é de risco moderado, mantendo certa estabilidade com cerca de 500 casos diários de infecção. "No entanto, esse cenário pode mudar, considerando o aumento de casos que vêm sendo registrados principalmente no Sul e no Sudeste do país", afirma Heleno Rodrigues.

"O que estamos tendo no Brasil não se trata de uma segunda onda da doença, porque não chegamos a zerar os casos. Por isso, diferentemente dos países europeus, nós estamos tendo um repique", conclui o professor.

Preparação da UnB para a etapa 2 de retomada das atividades acadêmicas

Em reunião, o vice-reitor da UnB, Enrique Huelva, afirmou que a universidade está se preparando para uma possível segunda etapa de retomada de atividades acadêmicas da UnB, com data ainda não definida. A etapa 2 inclui a retomada gradual de atividades presenciais.

Entre as medidas está a avaliação de condições de uso dos espaços da Universidade e em como preparar esses espaços para receber os alunos na retomada gradativa de aulas presenciais. A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UnB (FAU/UnB) está fazendo o levantamento dos espaços a serem utilizados para que não haja propagação do vírus.

Ainda de acordo com o vice-reitor, a UnB está trocando as torneiras dos campi para torneiras de pressão, adaptando bebedouros, pensando no isolamento dos espaços que podem gerar aglomerações e a elaboração de material informativo sobre a covid-19 para servidores, terceirizados e estudantes.

"Estamos preparando um guia de biossegurança que tem três pontos principais: comportamento individual e coletivo, monitoramento da saúde de todos os envolvidos no retorno 15 dias antes da retomada presencial gradativa, e um plano de contingência - prezando pela identificação de casos em turmas que voltarem às aulas presenciais na etapa 2”, diz Huelva.

Além disso, a universidade estuda para que seja fornecido equipamentos de proteção individual (EPI) para alunos de baixa renda. "Vamos sempre tentar fomentar a solidariedade e atendimento psicológico para toda à comunidade acadêmica para o retorno gradual das aulas presenciais", afirma o vice-reitor.

Segundo Huelva, aproximadamente 385 disciplinas foram canceladas na retomada das atividades acadêmicas de forma remota. Dessas matérias, cerca de 190 são de conteúdos práticos.


*Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca

Comentários para "UnB segue sem definição para retorno de aulas presenciais":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório