×
ContextoExato

Universidade de Brasília terá usinas fotovoltaicas e novo banheiro acessível

Universidade de Brasília terá usinas fotovoltaicas e novo banheiro acessívelFoto:

Contratos de seis obras foram assinados nesta semana. Reforma de galpão do Hospital Veterinário também está contemplada

Por Vanessa Vieira / Secom Unb / Foto: Luis Gustavo Prado / Secom Unb - 15/12/2018 - 10:55:37

Sustentabilidade ambiental, econômica e social. É nessa direção que a Universidade de Brasília avança com as usinas solares fotovoltaicas que serão instaladas em seus quatro campi. A melhoria foi anunciada pela administração superior nesta quinta-feira (13), durante reunião com assinatura de seis contratos para realização de obras na instituição.

O primeiro contrato refere-se à instalação da usina solar fotovoltaica no campus de Planaltina (FUP). A previsão para execução da obra é de quatro meses. Por isso, a expectativa é que ainda no primeiro semestre de 2019 o empreendimento esteja em pleno funcionamento. Para os outros três campi (FCE, FGA e Darcy Ribeiro), a licitação está em fase de finalização e o contrato deve ser assinado nos próximos dias.

“As usinas terão capacidade suficiente para suprir o consumo dos próprios prédios nos quais serão instaladas”, informa o docente Alex Reis, que integra a equipe de especialistas da Faculdade de Engenharia da UnB Gama, responsável pelo projeto elétrico das usinas. O projeto engloba a parte arquitetônica e estrutural e foi desenvolvido em parceria com a Secretaria de Infraestrutura (Infra) da UnB.

O engenheiro explica que o tempo de retorno desse investimento, para que seus custos de aquisição sejam compensados pelo ganho na geração de energia, é de quatro a cinco anos, em média. “Essas usinas têm uma vida útil longa. Por isso, logo após recuperar o investimento, só há ganhos para a instituição”, garante. O assessor de sustentabilidade ambiental da UnB, Pedro Zuchi, reforça que as usinas fotovoltaicas “são um passo importante para a eficiência energética e sustentabilidade ambiental da Universidade”.

INCLUSÃO – O segundo acordo celebrado é para construção de novo banheiro com acessibilidade na ala norte do Instituto Central de Ciências (ICC), no campus Darcy Ribeiro, entre os anfiteatros 15 e 16. A previsão é que a obra seja executada em 60 dias. O banheiro poderá ser usado pelo público em geral e por pessoas com deficiência.

“Essa obra trará um enorme ganho para nossa comunidade, especialmente por contemplar os requisitos de acessibilidade, e porque não há banheiro no térreo da ala norte do ICC. É uma conquista que temos pleiteado há muito tempo”, comemora a coordenadora do Programa de Apoio às Pessoas com Necessidades Especiais ( PPNE /DAC) da UnB, Thaís Imperatori.

HVETÃO – A terceira obra refere-se à reforma do Galpão 3 do Hospital-Escola para Animais de Grande Porte, do Hospital Veterinário ( HVet ), localizado na Granja do Torto. Com a reestruturação, o espaço ganhará novas salas de aula, auditório e almoxarifado. O espaço tem mais de mil metros quadrados e foi cedido para uso da Universidade em agosto, fruto de parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri) do Governo de Brasília.

"Nosso hospital presta atendimento diuturno e tem se destacado no cenário nacional, do ponto de vista do ensino, pesquisa e extensão. Essa obra amplia nossa capacidade de ensino, em especial com as novas salas de aulas, auditório e espaço adequado para estoque de material", destaca o docente Antônio Neto, diretor do HVet.

SEGURANÇA – Outras três obras foram contratadas para o campus Darcy Ribeiro. Duas delas referem-se a recuperação da cobertura de edifícios, sendo uma no Centro de Informática (CPD) e outra no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT). O CPD também será contemplado com a construção de um abrigo para reservatório de óleo diesel, destinado ao gerador de energia.

“Atividades acadêmicas e sistemas administrativos, como SEI, e-mail institucional e internet, dependem do gerador para ter seu funcionamento assegurado quando há interrupção no fornecimento de energia elétrica”, justifica o diretor do CPD, professor Jacir Bordim. Segundo ele, hoje não há acesso adequado para reabastecimento do tanque do gerador, fator que será corrigido com a obra contratada.

PERSPECTIVAS – A assinatura dos documentos aconteceu em reunião com representantes das empresas contratadas, no Salão de Atos do prédio da Reitoria. "Cada uma dessas obras contribui para melhorar a formação de graduandos, mestres e doutores”, disse a reitora Márcia Abrahão, ao pedir que as execuções ocorram com a máxima excelência e dentro dos prazos acordados.

A reitora comemorou os avanços na sustentabilidade ambiental da Universidade, que neste ano lançou seu Plano de Logística Sustentável ( PLS ). "A instalação das usinas solares fotovoltaicas é o primeiro de outros projetos de eficiência energética que iremos implantar na área de energia renovável", garantiu. Márcia Abrahão destacou também a importância do banheiro acessível no ICC Norte. “É uma dívida que a Universidade tinha com sua comunidade e que está sendo sanada.”

Segundo a secretária de Infraestrutura da UnB, Helena Zanella, as obras serão fiscalizadas pela instituição e as ordens de serviços logo serão emitidas para que o trabalho seja iniciado. "Algumas obras são aparentemente simples, mas o resultado é da maior importância para a Universidade, porque culmina nas condições adequadas para a instituição cumprir sua missão na difusão do conhecimento e do desenvolvimento humano”, reforçou a gestora.

Comentários para "Universidade de Brasília terá usinas fotovoltaicas e novo banheiro acessível":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório