×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 04 de dezembro de 2021

Unodoc: países estão “ansiosos para enfrentar a corrupção”

Unodoc: países estão “ansiosos para enfrentar a corrupção”Foto: Twitter

A corrupção do setor privado também é abordada.

Onu News - 16/12/2019 - 17:16:36

Conferência dos Estados Partes na Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção deve reunir mais de 1,3 mil participantes a partir desta segunda-feira; atos do tipo no esporte e em crimes florestais estão entre os temas que serão discutidos.

A 8ª sessão da Conferência dos Estados Partes da Convenção da ONU Contra Corrupção inicia nesta segunda-feira, 16 de dezembro, em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, EAU.


A Conferência é uma das maiores reuniões anticorrupção do mundo e reúne representantes dos Estados-membros, parlamentos, organizações intergovernamentais, sociedade civil, setor privado e mídia.

Convenção

Durante cinco dias, será analisada a implementação da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, o único instrumento universal anticorrupção legalmente vinculativo.

A Convenção entrou em vigor em dezembro de 2005 e foi ratificada pela maioria dos países-membros das Nações Unidas. Ela abrange diferentes formas de corrupção, como suborno, comércio de influência e abuso de funções, assim como vários atos deste tipo de crime no setor privado.

Sob a Convenção, os países são legalmente obrigados a prevenir e criminalizar a corrupção, promover a cooperação internacional, recuperar e devolver bens roubados e melhorar a assistência técnica e o intercâmbio de informações nos setores público e privado.

Os Estados também assumem o compromisso de criminalizar essas ações, incluindo não apenas atos clássicos de corrupção, como suborno e apropriação indébita de fundos públicos, mas também comércio de influência, ocultação e lavagem de dinheiro.

A corrupção do setor privado também é abordada.

Preocupação

O diretor da Divisão de Assuntos de Tratado da Agência das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodoc, John Brandolino, disse que grandes avanços já foram feitos na área e que atualmente muito se ouve “sobre a corrupção porque ela se tornou uma preocupação pública.” Para ele, os países estão “ansiosos para enfrentar a corrupção”.

Cerca de 90% dos Estados fizeram alterações legislativas, um terço melhoraram a cooperação internacional e fluxo de informações, e dois terços criaram medidas preventivas. Brandolino acredita que todos devem se envolver no combate a este tipo de crime, incluindo as empresas.

Conferência

A Conferência se reúne a cada dois anos e adota resoluções e decisões em cumprimento de seu mandato. A expectativa este ano é que o evento tenha mais de 1,3 mil participantes.

Entre os objetivos está melhorar a capacidade dos países para a implementação da Convenção, aumentar a cooperação entre os Estados e promover e revisar a implementação da Convenção.

Também serão discutidos temas como prevenção, cooperação internacional e recuperação de ativos.

Eventos

À margem da conferência em Abu Dhabi, ocorrerão ainda vários eventos especiais cobrindo tópicos como a proteção do esporte contra a corrupção e suborno transnacional. A ONU considera este tipo de crime como um grande obstáculo aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

Todos os Estados que ratificaram a Convenção fazem parte da conferência e os signatários têm o direito de participar como observadores. Organizações não-signatárias, intergovernamentais e não-governamentais podem solicitar o status de observador nas sessões.

Comentários para "Unodoc: países estão “ansiosos para enfrentar a corrupção”":

    • Erasmo

      Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019 -

      Todos os Países não. No Brasil o Congresso e o STF NÃO DEIXAM.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Papa Francisco alerta para

Papa Francisco alerta para "retrocesso da democracia"

Ele citou a Europa e o resto do mundo

Presidente Jair Bolsonaro recebe convite de Vladimir Putin para visitar a Rússia

Presidente Jair Bolsonaro recebe convite de Vladimir Putin para visitar a Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, fala durante cerimônia para receber as credenciais de embaixadores estrangeiros no Kremlin, em Moscou, Rússia, 1º de dezembro de 2021

Um ano do desaparecimento de Lichita, a criança capturada pelo exército paraguaio

Um ano do desaparecimento de Lichita, a criança capturada pelo exército paraguaio

Mural da campanha "Eran niñas" ("eram crianças") no ato desta terça-feira (30) em Buenos Aires, em frente à Embaixada do Paraguai.

Sistema das Nações Unidas apresenta diversas oportunidades de trabalho

Sistema das Nações Unidas apresenta diversas oportunidades de trabalho

Confira as vagas para postos em países de língua portuguesa

A África não pode ser penalizada por identificar e reportar nova variante, diz Guterres

A África não pode ser penalizada por identificar e reportar nova variante, diz Guterres

Em nota, o secretário-geral, António Guterres, elogiou a comunidade médico-científica da África do Sul por reportar a emergência ao mundo, de forma rápida

França afirma que não será refém da política britânica para imigração

França afirma que não será refém da política britânica para imigração

Ministro francês disse que país deve “limitar atratividade econômica”

Variante Ômicron chega a quatro continentes; Holanda confirma 13 casos

Variante Ômicron chega a quatro continentes; Holanda confirma 13 casos

"Não é improvável que mais casos apareçam na Holanda", disse o ministro da Saúde da Holanda, Hugo de Jonge. "Isso pode ser a ponta do iceberg".

Rússia afirma que se opõe à politização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing

Rússia afirma que se opõe à politização dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing

A Rússia se opõe à politização dos próximos Jogos Olímpicos de Inverno em Beijing, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, na quinta-feira.

Nova variante da Covid-19 tem grande número de mutações, afirma OMS

Nova variante da Covid-19 tem grande número de mutações, afirma OMS

Cidadão faz o teste de Covid-19 na África do Sul

Vazyme participa da Medica 2021 na Alemanha para acelerar sua expansão no mercado global

Vazyme participa da Medica 2021 na Alemanha para acelerar sua expansão no mercado global

Como inovadora em tecnologia, a Vazyme vê seu investimento contínuo em P&D de soluções inovadoras como uma prioridade máxima

Governo da China emite plano de cinco anos para proteção e utilização de principais sítios históricos

Governo da China emite plano de cinco anos para proteção e utilização de principais sítios históricos

Foto aérea tirada em 6 de julho de 2021 mostra uma vista ao longo do Grande Canal na cidade de Cangzhou, da Província de Hebei, no norte da China.