×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Vacinação contra Covid-19 começa nesta terça no DF; saiba quem recebe as primeiras doses

Vacinação contra Covid-19 começa nesta terça no DF; saiba quem recebe as primeiras dosesFoto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Primeira etapa inclui profissionais que atuam em unidades de saúde em contato com infectados, idosos e deficientes em instituições de acolhimento e indígenas. Veja detalhes da aplicação.

Por Carolina Cruz, G1 Df - 19/01/2021 - 08:19:23

O início da vacinação contra a Covid-19 no Distrito Federal está previsto para as 10h desta terça-feira (19). Nesta primeira fase, serão imunizados os idosos e deficientes que vivem em instituições de acolhimento, além de indígenas e profissionais que trabalham na linha de frente contra a Covid-19, nas redes pública e privada.

Segundo a Secretaria de Saúde (SES-DF), estão disponíveis na capital 106.160 doses da CoronaVac, desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A pasta afirma que, neste momento, a aplicação das doses vai ocorrer em 16 unidades de saúde.

Segundo a Secretaria de Saúde, o público-alvo desta primeira etapa é estimado em 53.080 pessoas. Não há data definida para o atendimento do restante da população.

O G1 reuniu informações sobre o processo de vacinação nesta primeira fase na capital. Confira abaixo:

Profissionais de saúde

A SES-DF pretende vacinar 47,5 mil pessoas nesse grupo. Segundo a pasta, para a imunização dos trabalhadores, cada unidade de saúde deve encaminhar uma lista com os nomes daqueles que atuam diretamente em risco de contágio pela doença. Esse grupo inclui:

  • Profissionais de saúde em contato com pacientes infectados ou com suspeita da Covid-19;
  • Trabalhadores das áreas de vigilância, limpeza e administrativo que trabalham em pronto-socorro ou setor de atendimento a infectados;
  • Equipes da atenção primária à saúde;
  • Servidores no Samu e Corpo de Bombeiros em atendimento pré-hospitalar.

Idosos em deficientes em instituições de acolhimento

O grupo inclui, exclusivamente, pessoas acima de 60 anos ou que tenham algum tipo de deficiência, e que vivam em locais como asilos e abrigo. Segundo o GDF, a expectativa é vacinar 3 mil pessoas.

Já entre indígenas que moram na capital, a Secretaria de Saúde estima imunizar 300 pessoas.

Central Distrital da Rede de Frio do Programa Nacional de Imunização, no DF, recebe primeiras doses da vacina contra Covid-19 — Foto: SES-DF/Divulgação

Central Distrital da Rede de Frio do Programa Nacional de Imunização, no DF, recebe primeiras doses da vacina contra Covid-19 — Foto: SES-DF/Divulgação

Idosos e deficientes institucionalizados

Para atender os idosos e deficientes abrigados em instituições de internação, a Secretaria de Saúde afirma que irá disponibilizar seis equipes, que vão até as unidades onde eles estão, sem a necessidade de se deslocarem para os postos de saúde.

Assim como as pessoas institucionalizadas, a Secretaria de Saúde afirma que indígenas serão atendidos por equipes volantes, e não será necessário ir a uma unidade de saúde.

Profissionais da linha de frente

Aos trabalhadores da linha de frente contra a Covid-19 da rede pública, a Secretaria de Saúde recomenda que procurem pela instituição onde trabalham para receber a vacina.

Já para os profissionais da rede particular ou que não atuem diretamente em um hospital ou posto, a recomendação é procurar a unidade de saúde mais próxima.

As instituições que receberão as doses nesta terça são:

  • Hospital Regional da Asa Norte
  • Hospital Regional de Ceilândia
  • Hospital Materno Infantil de Brasília
  • Hospital de Apoio de Brasília
  • Hospital Universitário de Brasília
  • Hospital de Base
  • Hospital Regional de Sobradinho
  • Hospital Regional de Planaltina
  • Hospital Regional de Brazlândia
  • Hospital da Região Leste
  • Hospital Regional de Taguatinga
  • Hospital Regional de Samambaia
  • Hospital Regional de Santa Maria
  • Hospital Regional do Gama
  • Hospital Regional do Guará
  • Central de Regulação do Samu (SIA)

De acordo com a Secretaria de Saúde, o transporte das doses começa no início da manhã desta terça-feira (18).

A carga de vacina será escoltada pela Polícia Militar, a partir das 7h30. Carros oficiais da corporação sairão da Rede de Frio, onde as doses estão armazenadas, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), para os hospitais que vão receber os produtos.


Aplicação das duas doses

Enfermeira do Hospital das Clínicas (HC) exibe ampola da Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. — Foto: Divulgação/GESP

A CoronaVac compreende a aplicação de duas doses da vacina, com intervalo de 14 dias entre elas. O total recebido pela Secretaria de Saúde é suficiente para aplicar as duas doses em todo o público-alvo desta primeira fase.

Segundo a pasta, os pacientes devem guardar o comprovante da primeira dose para apresentar no retorno. Ambos atendimentos devem ocorrer na mesma unidade de saúde.


Cuidados após a vacinação


Ao anunciar o início da vacinação, o subsecretário de Vigilância em Saúde, Divino Valério, reforçou que as medidas de prevenção devem continuar até mesmo entre os imunizados.

"Até que nós consigamos fazer a prevenção de toda a população do Distrito Federal, permanece a orientação do uso de máscara, higienização das mãos e manter a distância", destacou.

Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.


Comentários para "Vacinação contra Covid-19 começa nesta terça no DF; saiba quem recebe as primeiras doses":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Campanha

Campanha "Natal Sem Fome" começa neste domingo em todo o país

Cada R$1 doado para a campanha "Natal Sem Fome" equivale a um prato de comida

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Distrito da Fome: Inflação e pobreza ameaçam soberania alimentar de famílias brasilienses

Já são mais de 116 milhões de pessoas em situação insegurança alimentar.

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

Vendas online serão abertas oficialmente neste sábado, 16

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Sistema oferece diversas informações aos usuários

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

GDF ameaça continuidade do projeto “Jovem de Expressão” na Ceilândia

Local utilizado pelo projeto tem 116 metros e é um antigo posto policial abandonado

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

Moradores das novas quadras do Guará reivindicam medidas para aumentar a segurança

O deputado Delmasso enumerou melhorias necessárias em urbanização e prestação de serviços públicos para a região, como iluminação pública, pavimentação, saúde e transporte

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

Carga tributária sobre combustíveis no DF será reduzida pelos próximos três anos

CLDF aprovou a diminuição da alíquota do ICMS em três pontos percentuais. Medida é gradativa para os próximos três anos, começando em 2022

Via Campesina ocupa Aprosoja para denunciar a fome no Brasil

Via Campesina ocupa Aprosoja para denunciar a fome no Brasil

Ação fez parte da Jornada Nacional da Soberania Alimentar

Izalci diz que DF está hoje “nos piores lugares em tudo”

Izalci diz que DF está hoje “nos piores lugares em tudo”

O governo é único. Não pode cada um fazer o que quer. Hoje os secretários nem conversam.

Polícia do DF atribui denunciação caluniosa à mulher que acusou Eduardo Bolsonaro

Polícia do DF atribui denunciação caluniosa à mulher que acusou Eduardo Bolsonaro

O delegado afirma que ela cometeu o crime de denunciação caluniosa.

Zoo de Brasília tem tumulto na porta e polícia é acionada

Zoo de Brasília tem tumulto na porta e polícia é acionada

Aglomeração ocorreu depois que parque atingiu limite de público