×
ContextoExato
Responsive image

Vai viajar e curtir a folia? Saiba tudo sobre o carnaval em Recife e Olinda

Vai viajar e curtir a folia? Saiba tudo sobre o carnaval em Recife e OlindaFoto: iG Turismo

Com programações distintas, cidades garantem festas de dia e à noite

Ig Turismo - 31/01/2020 - 07:59:27

Consideradas “cidades irmãs”, as pernambucanas Recife e Olinda também são conhecidas como polos carnavalescos no Brasil e são as protagonistas da segunda reportagem da série do iG Turismo - que já falou sobre a folia em São Paulo - com dicas para viajar e curtir o carnaval pelo Brasil.

Separadas por menos de 10 km, as cidades se dividem em diferentes estilos: de um lado, a cultura popular do estado com ritmos como frevo e maracatu. Do outro, uma festa multicultural com atrações do samba ao pop rock.

Outra forte característica do carnaval pernambucano - que também pode ser observada em capitais como Rio de Janeiro e Salvador, temas das próximas reportagens da nossa série - é o tempo de duração da festa. Enquanto, em algumas partes do Brasil, o carnaval fica mais forte no fim de semana que precede o feriado, em Pernambuco a festa começa na sexta-feira e segue de maneira uniforme até a quarta de cinzas

Carnaval em Olinda

A cidade histórica de Olinda recebe, todos os anos, foliões de todo o Brasil nas ruas repletas de ladeiras e casario colonial. Litorâneo, o município ainda promete uma festa com cenário de tirar o fôlego: o mar pode ser visto de vários pontos do centro histórico, onde se concentram a maioria dos blocos.

Entre as atrações de destaque da festa de rua estão mais de 500 agremiações, entre as quais blocos tradicionais de frevo como Eu Acho é Pouco, Elefante de Olinda e Pitombeira dos Quatro Cantos. Outros cortejos populares, com samba e maracatu, também ajudam a compor a festa da cidade durante o dia.

Leia mais: Anitta, Pabllo Vittar ou Ludmilla? Qual o hit do carnaval?

Na madrugada do sábado de Zé Pereira, o bloco do Homem da Meia Noite desfila com um boneco gigante de mesmo nome. Apesar de existir a abertura oficial do carnaval da cidade, na quinta-feira, o momento é considerado por muitos como o início do carnaval, com direito a um ritual no qual a “chave” da festa é repassada ao bloco seguinte.

Além do Homem da Meia Noite, outros bonecos gigantes constituem a atração curiosa em diferentes blocos. John Travolta, Michael Jackson, Ana Maria Braga e personalidades da política brasileira são algumas das reproduções que - com mais de dois metros - desfilam pela cidade e dançam junto aos foliões, especialmente no domingo.

Apesar dos atrativos, todavia, as ruas estreitas e lotadas da cidade podem causar desconforto. Além disso, existem poucas fontes confiáveis sobre o horário e roteiro de cada bloco, dificultando principalmente a programação dos que curtem o carnaval da cidade pela primeira vez. Para evitar perrengues, a dica é conversar com algum morador ou buscar pelo perfil oficial dos blocos no Instagram.

Com fama de “democrática”, Olinda não permite camarotes no sítio histórico, local ocupado apenas por atrações gratuitas. Nos bairros próximos, porém, festivais particulares trazem atrações nacionais durante os quatro dias.

Carnaval no Recife

No Recife, a principal atração é o bloco do Galo da Madrugada , considerado o maior do mundo, que abre a folia de momo já na manhã do sábado. Guiado por uma alegoria gigante de galo, o bloco conta com trios elétricos e camarotes particulares para os que preferem curtir a festa fora do chão.

Outro destaque é a festa que acontece no bairro histórico durante os quatro dias, que recebe seu maior público no período noturno. Este ano, as atrações confirmadas pela prefeitura para o polo principal envolve nomes como Pitty, Elza Soares, Gaby Amarantos e Lenine.

Leia mais: São Paulo passa Salvador na procura para o carnaval; veja os mais citados

Além disso, algumas agremiações também desfilam pelas ruas do bairro, que conta com feira popular e atrações infantis. Palcos alternativos, como o festival Recbeat - que traz atrações independentes nacionais e internacionais - e os polos no Pátio de São Pedro e Praça do Arsenal, todos no centro, são opções menos cheias e igualmente divertidas.

Fuja de perrengues no carnaval

Assim como na cidade vizinha, as festas de rua no Recife exigem cuidado com as multidões e - não custa lembrar - com o sol forte que pode ser especialmente perigoso nesta época do ano no Nordeste. Preocupação com hidratação, alimentação e roupas leves ajudarão a evitar perrengues e curtir o melhor da festa.

Dicas de hospedagem e preços das passagens áreas

É possível hospedar-se dentro do centro histórico de Olinda. Com diárias que vão de R$100 à R$800 nesta temporada, a opção - cujo valor chega a triplicar no carnaval - costuma atrair um público mais jovem que não se incomoda com barulho ou quartos compartilhados de hostels e pousadas.

Para quem prefere opções mais confortáveis e distantes da folia, uma dica é hospedar-se no Recife, onde há hotéis de categoria econômica com diárias a partir de R$210 e quartos luxuosos que chegam a R$700. Saia de casa com antecedência e considere opções como táxi ou transportes de aplicativo para chegar à cidade vizinha.

A temporada, porém, é considerada uma das mais caras para visitar a capital pernambucana. De acordo com o Google Flights, em pesquisa realizada no dia 29 de janeiro, voos de ida e volta entre Recife e São Paulo, no feriado, custam R$980.

Já para quem sai de Belo Horizonte, o valor está a partir de R$ 1.400 e, entre Recife e Rio de Janeiro a viagem mais econômica durante o carnaval custa R$1.232.

Comentários para "Vai viajar e curtir a folia? Saiba tudo sobre o carnaval em Recife e Olinda":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório