×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Vale a pena criar novo Fundo Amazônia? Especialista responde

Vale a pena criar novo Fundo Amazônia? Especialista respondeFoto: Reprodução Pixabay gratuita

Criado em 2008, Fundo Amazônia financiado majoritariamente por Alemanha e Noruega não recebe repasses desde 2019. Em entrevista com Sputnik Brasil, especialista analisou o que governo poderia fazer com a estrutura.

Porbruno Fernandes - Agência Sputnik De Noticias - 27/11/2021 - 05:58:47

Com cerca de R$ 3 bilhões congelados no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Fundo Amazônia foi criado com a finalidade de captar doações para investimentos não reembolsáveis em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e de promoção da conservação e do uso sustentável da Amazônia Legal – área que engloba 9 estados brasileiros pertencentes à Bacia Amazônica, são eles: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do estado do Maranhão. Além disso, o fundo também apoia o desenvolvimento de sistemas de monitoramento e controle do desmatamento no restante do Brasil e em outros países tropicais.

Entretanto, o que poderia parecer uma excelente iniciativa acabou se tornando motivo de uma crise de proporções internacionais envolvendo os principais financiadores do fundo, como explica Nadja Heiderich, professora especialista em Economia Ambiental da Faculdade de Economia da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap), à Sputnik Brasil.

"Foi uma questão de gestão, de governança. Com a falta de transparência, a indicação sobre a possibilidade de irregularidades na prestação de contas, contratos sem licitação e gastos excessivos em projetos, os dois países [Alemanha e Noruega] entraram em atrito com o Brasil", explica Nadja. "Eles suspenderam imediatamente novos repasses entendendo que, em função de o Brasil ter suspendido o Conselho Orientador do Fundo da Amazônia, houve uma 'quebra de contrato'. E esta situação está assim desde 2019."

Diante desta conjuntura, os recursos que já estavam no BNDES, totalizando quase R$ 3 bilhões, ficaram inacessíveis.

Fundos no Brasil

Desde então, várias alternativas surgiram sobre como captar recursos para ações de enfrentamento ao desmatamento na Bacia Amazônica, e a criação de um fundo próprio, brasileiro, tem sido a alternativa mais viável.

Os fundos (públicos) são dispositivos que nascem no Legislativo. No Brasil podem ser demandados pelas três esferas, municipal, estadual ou federal, a depender de sua finalidade e abrangência. Sua finalidade é a captação de recursos para financiamento de políticas públicas que, em geral, possuem um público beneficiário e um território, ou seja, um recorte específico de pessoas e regiões que serão afetadas pela política.

O Fundo Amazônia, por exemplo, beneficiava os estados integrantes da Amazônia Legal, portanto, abarcava projetos variados (sem fugir do objeto do financiamento) dentro da região delimitada, afetando assim, a vida da população de cada localidade.

Entretanto, quando fundos são criados por recursos de doação, como o Fundo Amazônia, "não é possível de ser realizada auditoria, então tudo fica mais difícil de se controlar", explica Nadja.

Desafios para um novo fundo

A criação de um "Fundo Amazônico Brasileiro" teria prós e contras. Para o governo, os recursos seriam geridos sem a interferência de regras externas ou ainda dependência de recursos financeiros externos, mas estariam subordinados à burocracia do Estado, o que poderia atrasar a execução dos projetos, na dependência de fontes de financiamento

Segundo a professora Nadja Heiderich, ao se criar um fundo próprio, o governo poderia captar recursos de bancos privados, bancos públicos e empresas privadas interessadas na pauta, mas reconhece que a iniciativa não é simples.

"O cenário macroeconômico atual é bastante desafiador. O governo também está com uma situação muito delicada nas contas públicas. No caso de se fazer um fundo próprio, creio que seria muito difícil, já de início, levantar montantes de recursos como já estava acostumado com o Fundo Amazônia", explica.

Segundo a especialista, o governo teria a difícil tarefa de estimular as empresas brasileiras por meio da criação de incentivos fiscais, por exemplo, para que o fundo pudesse contar com recursos importantes. "Então, não creio que seja algo muito simples de se fazer nesse momento, mas é a alternativa que está sendo colocada", afirmou.

Comentários para "Vale a pena criar novo Fundo Amazônia? Especialista responde":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Anvisa trata o caso como o terceiro surto do superfungo no país

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Estudo clínico aplicará o imunizante em 90 voluntários

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Essa grandiosidade em termos de acesso à justiça, também vem ao encontro da morosidade com o que cidadão tem que enfrentar, em função ao tempo de decisão com relação a um processo

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Aumento no número de infectados é resultado da variante Ômicron

Funai abandona proteção de um terço das terras indígenas, inclusive onde há isolados

Funai abandona proteção de um terço das terras indígenas, inclusive onde há isolados

Placa de demarcação crivada de balas na Terra Indígena Uru Eu Wau Wau em Rondônia

Comunidades do Ceará temem desastre ambiental com exploração da maior jazida de urânio do país

Comunidades do Ceará temem desastre ambiental com exploração da maior jazida de urânio do país

Novo pedido de licenciamento ambiental para explorar a jazida de Itataia está nas mãos do Ibama