×
ContextoExato

“Venda da Embraer faz o Brasil retroagir à década de 1950”, diz professor do ITA

“Venda da Embraer faz o Brasil retroagir à década de 1950”, diz professor do ITAFoto: Tribuna da Internet

Pela importância e a atualidade do tema, e o pelo fato deste depoimento importantíssimo do Aviador da FAB ter passado à época sem o nosso devido registro, reproduzimos aqui o vídeo com a sua apresentação.

Deu Na Hora Do Povo - Tribuna Da Internet - 01/09/2019 - 12:44:15

O jato E175, da Embraer, faz sucesso nos EUA

O professor de Engenharia Aeronáutica do ITA e piloto da Força Aérea Brasileira (FAB), Wagner Farias da Rocha, fez uma contundente denúncia, embasada, segundo ele próprio, em argumentos eminentemente técnicos, sobre o grave crime que representa para o país a venda da Embraer para a norte-americana Boeing.

Para ele, o “negócio” não significa a criação de nenhuma Joint Venture, mas sim um plano consciente de destruição, por parte da Boeing, de uma empresa concorrente nacional que vinha, por sua alta capacidade tecnológica, tomando cada vez mais seus espaços no disputado mercado de aviação mundial.

RETROCESSO – Ele alertou que, com a transferência, “o Brasil vai perder a capacidade de projetar aviões, retroagindo ao estágio tecnológico que tinha na década de 1950”. “Esse ponto de vista estou apresentaNdo por dever de consciência, como cidadão brasileiro, sem nenhum vínculo com qualquer organização pública ou privada”, afirmou o professor.

Rocha alertou para o “complexo de vira-lata” brasileiro, segundo o qual tudo que vem de fora é melhor. Segundo ele, “o que vai sobrar” da Embraer não permitirá mais que a empresa desenvolva e fabrique aeronaves.

Seu pronunciamento se deu na Audiência Pública sobre a venda da Embraer, realizada no Supremo Tribunal Federal, em 28 de setembro do ano passado.

TEMA ATUAL – Principalmente agora, quando está se radicalizando a bajulação da trupe bolsonarista aos países centrais, particularmente aos EUA, e a seus decadentes monopólios, o alerta do especialista do ITA sobre os danos causados ao país pela venda de Embraer, ganha ainda mais importância e urgência.

Além do engenheiro aviador Wagner Farias, também participaram da audiência os diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Aristeu César Pinto Neto e Herbert Claros da Silva.

DIVULGAÇÃO – Cabe aqui o registro de que este pronunciamento do militar da FAB e professor de Engenharia do Instituto Tecnológico da Aeronáutica está também veiculado no site do Instituto Presidente João Goulart, de onde tomamos a liberdade de reproduzi-lo aqui no HP.

Pela importância e a atualidade do tema, e o pelo fato deste depoimento importantíssimo do Aviador da FAB ter passado à época sem o nosso devido registro, reproduzimos aqui o vídeo com a sua apresentação.

Comentários para "“Venda da Embraer faz o Brasil retroagir à década de 1950”, diz professor do ITA":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório