×
ContextoExato
Responsive image

Vice-procurador-geral da República quer apurar existência de 50 mil casos que considera 'invisíveis'

Vice-procurador-geral da República quer apurar existência de 50 mil casos que considera 'invisíveis'Foto: O Antagonista

São investigações, negociações de acordos e outros processos cadastrados no sistema eletrônico do MPF, mas cuja visibilidade era restrita ao procurador natural e a quem ele liberava acesso.

Por Renan Ramalho - O Antagonista - 04/08/2020 - 07:01:53

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu à corregedora-geral do Ministério Público Federal, Elizeta Maria de Paiva Ramos, uma investigação interna para rastrear a existência de 50 mil procedimentos que a gestão Aras considera “invisíveis”.

São investigações, negociações de acordos e outros processos cadastrados no sistema eletrônico do MPF, mas cuja visibilidade era restrita ao procurador natural e a quem ele liberava acesso.

A ferramenta que permitia essa limitação de visibilidade interna foi criada em 2017, na gestão de Rodrigo Janot, e revogada no mês passado por Augusto Aras , permitindo que todos procuradores e subprocuradores vejam tudo que tramita internamente.

Leia também:

PGR denuncia deputado que chamou Moraes de "canalha"

Gilmar endossa Toffoli contra a Lava Jato

Lava Jato: decisão de Toffoli permitirá 'acesso indiscriminado a dados privados de cidadãos'

TOFFOLI MANDA LAVA JATO COMPARTILHAR TUDO COM A PGR

Convocações para atos antidemocráticos viraram negócio lucrativo, diz PGR

Como mostramos no mês passado, a ferramenta era útil especialmente para preservar o sigilo de negociações em andamento de delações premiadas .

Leia mais: Por que eles saem da crise ganhando

Comentários para "Vice-procurador-geral da República quer apurar existência de 50 mil casos que considera 'invisíveis'":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório