×
ContextoExato
Responsive image

Volta do Eixão do Lazer tem movimento intenso e gente sem máscara

Volta do Eixão do Lazer tem movimento intenso e gente sem máscaraFoto: Ana Rayssa/CB/D.A Press

No primeiro dia da reabertura das atividades no Eixão do Lazer, alguns moradores não respeitaram o uso obrigatório de máscaras

Darcianne Diogo E Sarah Peres - Correioweb - 11/06/2020 - 18:58:15

Aós mais de dois meses fechado para o público por conta do coronavírus, Eixão do Lazer voltou a funcionar nesta quinta-feira (11/6) para caminhadas e veículos não motorizados.

Mais de dois meses após a suspensão do Eixão do Lazer, o Governo do Distrito Federal (GDF) liberou o retorno das atividades na avenida. A reabertura do projeto de atividades recreativas e esportivas ao ar livre ocorreu nesta quinta-feira (11/6), feriado de Corpus Christi. Já neste primeiro dia, o Correio flagrou movimento intenso na via, pessoas sem máscaras ou utilizando o equipamento de proteção de forma indevida.

A proibição do funcionamento do Eixão do Lazer ocorreu em abril deste ano, poucos dias após o primeiro diagnóstico positivo para o novo coronavírus no DF, em 4 de março. A medida visou prevenir a disseminação da doença por meio do isolamento social. No entanto, mesmo com o crescimento dos casos de covid-19 (19.433 mil) e a obrigatoriedade do uso de máscaras, tinha quem não respeitasse a norma — o descumprimento pode gerar multa de R$ 2 mil para pessoa física e R$ 4 mil para estabelecimentos. E tão importante como usar é saber higienizar o equipamento de proteção individual.

Este foi o caso de uma enfermeira de 29 anos. A profissional da saúde decidiu praticar atividades físicas no Eixão do Lazer, mas não utilizava a máscara durante a caminhada. “Por se um espaço aberto, pensei que não teria problema em ficar sem. Mas trouxe o equipamento de proteção na bolsa”, afirmou a moradora da Asa Norte. Após conversar com a reportagem, ela colocou a máscara no rosto.

Além do descumprimento o uso de máscara, havia movimento intenso de moradores no local. As situações geraram temor em algumas pessoas, como a design Sueli Reis, 42. Acostumada a se exercitar no Eixão do Lazer, ela decidiu ir para a avenida, sozinha nesta quinta-feira (11), mas não ficou feliz com as irregularidades.

“É preciso tomar as devidas medidas para prevenir a disseminação do vírus, contudo, nem todos respeitam essas normas. Por isso, decidi fazer uma caminhada rápida, de 30 minutos, e voltar para a casa. Para tentar me proteger, mantenho a distância das pessoas e utilizo a máscara de proteção. Não devemos esquecer que há a possibilidade de contágio”, afirma a moradora da Asa Norte.

Fiscalização e conscientização

Equipes da Secretaria de Esporte e Lazer do DF distribuíram, tanto no Eixão do Lazer quanto na W3 Sul, mais de 2 mil máscaras, segundo informou a secretária Celina Leão. Para domingo, a previsão é entregar 10 mil máscaras à população que frequentar esses locais. “As pessoas obedeceram as normas impostas. Aqueles que estavam sem máscara eram minoria, sempre tem exceção. Nossos servidores mediram o distanciamento social e menos de 5% das pessoas eram grupo de seis”, explicou.

Mais de 20 servidores da Secretaria de Esporte e Lazer, de Mobilidade, do Departamento de Trânsito (Detran), da Polícia Militar, do Sistema de Limpeza Urbana (SLU) do DF Legal, entre outros, participaram da fiscalização nessas áreas.

Comentários para "Volta do Eixão do Lazer tem movimento intenso e gente sem máscara":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório