×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de maio de 2022

WhatsApp: saiba como evitar golpes e desinformação. Lojistas 'levam o cano'

WhatsApp: saiba como evitar golpes e desinformação. Lojistas 'levam o cano'Foto: Pixabay

Whatsapp é o app mais utilizado pelos brasileiros, diz pesquisa

Martha Imenes - O Dia / Ig - 15/12/2019 - 18:56:15

O WhatsApp , segundo pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e Senado, é a principal fonte de informação dos entrevistados: 79% disseram receber notícias sempre pela rede social, que tem mais de 136 milhões de usuários no Brasil. Mas em era de ampla conectividade, a ferramenta, que poderia ser uma poderosa aliada, acaba virando isca para atrair os mais inocentes, dar golpe em lojistas, e espalhar vírus, além de disseminar informações falsas.


Para se ter uma ideia, mais de R$ 500 milhões em fraudes foram evitadas no ecommerce no terceiro trimestre, segundo levantamento da ClearSale, companhia de segurança cibernética. Segundo a companhia, o tipo de fraude mais comum é usar dados de cartão de crédito de terceiros, sem que a pessoa saiba, o famoso roubo de dados. "Os celulares são os itens mais visados, pois são mais fáceis de serem revendidos", informa a ClearSale.

E como não ter os dados roubados ? "É importante que o comprador verifique a procedência do site, desconfiar de grandes descontos para o pagamento em boleto e checar se o site é seguro e priorizar a compra por cartão de crédito, pois em caso de fraude é possível solicitar o estorno junto à operadora financeira", aponta Omar Jarouche, diretor de Soluções da ClearSale. E acrescenta: "Quando o pagamento é feito via boleto ou transferência, dificilmente o comprador conseguirá reaver o dinheiro pago".

Lojistas 'levam o cano'

E as fraudes não se limitam ao consumidor, o lojista também acaba sendo vítima desse tipo de golpe. No caso de fraudes no comércio eletrônico (e-commerce), o prejuízo, quando é feita uma compra fraudulenta via cartão de crédito clonado, é do lojista. Então, é importante que a empresa tenha uma operação antifraudes, para evitar prejuízos. Isso porque o consumidor ao identificar uma compra não autorizada faz o estorno do valor e quem fica no prejuízo é o lojista.

Com o crescimento das atividades online, há também uma atenção maior das empresas para evitar que as fraudes ocorram. Levantamento realizado pela ClearSale aponta que R$ 500.939.672,12 em fraudes foram evitadas entre julho e setembro deste ano, 83% a mais do que o mesmo período de 2018, quando foram registradas mais de R$ 274 milhões. Para o levantamento foram analisados mais de R$ 4 bilhões em compras pela internet.

Na comparação por regiões, o Sudeste figura como a região com o maior valor de fraudes evitadas, 55%, e mais de R$ 92 milhões, seguido do Nordeste, 23%, Centro-Oeste e Sul, com 9% cada, e Norte, 5%. O levantamento analisou as compras realizadas pela internet, pagas com cartão de crédito e com valor máximo de R$ 100 mil, nos meses de julho, agosto e setembro de 2018 e 2019.

LEIA MAIS: Bolsonaro diz que Brasil é favorável para investimentos e empregos

“Atualizamos e ajustamos constantemente nossos modelos de análises antifraude, tanto com a utilização de novas tecnologias, como o uso de novos elementos de inteligência de estatística. Isso possibilita aprimorarmos o perfil de comportamento de compras dos clientes e a identificarmos vulnerabilidades nos processos de compras”, explica Omar Jarouche.

Objetos de desejo

A compra de celulares concentra o maior registro de tentativa de fraude, com 9,61%%, seguido por games, 6,36%, bebidas, 5,10%, eletrônicos, 4,66% e Itens de informática, 4,29%. Os produtos mais visados são aqueles com maior facilidade de serem repassados ao mercado paralelo, como os smartphones, categoria que conta com lançamentos constantemente e alta demanda dos consumidores.

"Para evitar que fraudes ocorram, é importante sempre manter boas práticas na internet e um olhar vigilante, como o uso de senhas fortes, checar a procedência de e-mails e de mensagens recebidas no celular", destaca Jarouche.

Para não ser vítima de fraudes, o consumidor deve evitar realizar compras em sites suspeitos, e preferir o cartão de crédito como forma de pagamento. Ao optar por esse método em vez do boleto ou transferência bancária, o cliente consegue contestar a cobrança junto ao banco, o que não é possível com os outros métodos.

Comentários para "WhatsApp: saiba como evitar golpes e desinformação. Lojistas 'levam o cano'":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Saque de moedas estrangeiras cresce no Banco24Horas

Saque de moedas estrangeiras cresce no Banco24Horas

Quem pode sacar?

Comportamento do usuário de Internet em 2022

Comportamento do usuário de Internet em 2022

Países onde os usuários passam maior tempo na Internet

Com uso de tecnologia, candidatos encontram e se cadastram com mais facilidade às vagas de trabalho

Com uso de tecnologia, candidatos encontram e se cadastram com mais facilidade às vagas de trabalho

Está cada vez mais fácil se candidatar a uma vaga de trabalho e, no mercado, plataforma permite cadastro de currículo em 4 minutos

E-commerce brasileira investe em loja virtual com sede nos Estados Unidos

E-commerce brasileira investe em loja virtual com sede nos Estados Unidos

O empresário conta que a previsão é que a empresa inicie a operação nos EUA até o fim de maio. A divulgação, desenvolvimento, elaboração de estratégias e fluxo de caixa da loja virtual será operada pela equipe no Brasil

Novas tecnologias a serviço da logística

Novas tecnologias a serviço da logística

Mudanças avançam com redução de estoques

Sete em cada dez empresas no Brasil utilizam tecnologias digitais

Sete em cada dez empresas no Brasil utilizam tecnologias digitais

Levantamento sobre Indústria 4.0 revela adoção de tecnologias

Museu egípcio que abriga múmias reais atrai quase 1 milhão de visitantes desde inauguração

Museu egípcio que abriga múmias reais atrai quase 1 milhão de visitantes desde inauguração

Veículos personalizados para transferência de múmias saem do Museu Egípcio durante a Parada Dourada dos Faraós no Cairo, Egito, no dia 3 de abril de 2021

Telemedicina e monitoramento remoto: tendências continuam mesmo após a pandemia

Telemedicina e monitoramento remoto: tendências continuam mesmo após a pandemia

Tecnologias impactam positivamente na qualidade do atendimento ao paciente e reduzem custos

Digital Garage VW antecipa nova coleção depois de esgotar em menos de sete horas do lançamento da plataforma

Digital Garage VW antecipa nova coleção depois de esgotar em menos de sete horas do lançamento da plataforma

Projeto desenvolvido pela startup brasileira OnePercent vende primeira coleção logo após o lançamento e anuncia novas coleções e funcionalidades

Apenas 16% das empresas aderiram à LGPD

Apenas 16% das empresas aderiram à LGPD

A LGPD visa proteger tanto a integridade do cliente, quanto a integridade da empresa que detém os dados.

Metaverso deverá ser espaço para investimentos, diz estudo

Metaverso deverá ser espaço para investimentos, diz estudo

Marketing digital deve investir no metaverso