×
ContextoExato
Fora do PadrãoFoto:

A pintora Tarsila do Amaral é hoje a artista mais cara do Brasil. Ao Correio, a sobrinha-neta da pintora, Tarsilinha do Amaral, detalha os planos para tornar a tia um ícone pop internacional

Do município de Capivari, interior do estado de São Paulo, a “caipirinha vestida de Poiret”, como escreveu Oswald de Andrade, se tornou hoje a artista mais cara do Brasil. O título da paulista Tarsila do Amaral (1º de setembro de 1886 — São Paulo, 17 de janeiro de 1973) veio após a venda da obra Caipirinha (1923), por R$ 57,5 milhões para um colecionador brasileiro . Contudo, antes disso, a modernista dava sinais de que conquistaria o público brasileiro, bem como o estrangeiro.

Pesquisadores apontam que, a partir de uma grande retrospectiva da pintora em 1969, no Rio de Janeiro e em São Paulo, seguida da presença das obras da brasileira em exposições na Europa e nos Estados Unidos no século 20, Tarsila voltou a ganhar os holofotes. Conquistar altos valores no mercado de arte também não é novidade. Em 1995, o quadro Abaporu , um dos mais importantes da arte brasileira e pintura desencadeadora do movimento antropofágico, foi vendido para uma coleção argentina — a de Eduardo Costantini, hoje Museu de Arte Latino-Americano de Buenos Aires (Malba) —, pelo maior valor já pago a uma obra de arte brasileira até então (US$ 1,35 milhão). ...Leia mais