×
ContextoExato
Responsive image
Meu Paraíso PortugalFoto:

Instituições são atraídas pelo número crescente de famílias ricas que vão para o país e pelas mudanças que podem vir com o Brexit; além de Itaú e BTG Pactual, que já têm unidades abertas, a XP se prepara para atuar em Portugal em breve

Grandes bancos brasileiros reforçaram a presença em Portugal nos últimos meses, seguindo planos já traçados, a despeito das restrições impostas pela pandemia. Essas instituições têm sido atraídas pelo número crescente de famílias ricas, cujo volume de ativos tem potencial de dobrar nos próximos anos, e ainda o Brexit , como é chamada a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) , com a necessidade de uma praça para transferir recursos de Londres , seguindo o caminho já trilhado por pesos pesados de Wall Street.

Estimado em torno de R$ 15 bilhões, o mercado português de private banking (voltado para clientes de alta renda) tem potencial de dobrar de tamanho em até quatro anos, de acordo com o presidente da consultoria alemã Roland Berger, Antônio Bernardo. "Tem uma comunidade de brasileiros com volume de ativos muito elevado em Portugal. Há uma grande oportunidade para os bancos brasileiros acompanharem seus clientes", disse, em entrevista ao Estadão/Broadcast. ...Leia mais