×
ContextoExato

Meu Paraíso PortugalFoto:

Há uma semana, três pastores da Assembleia de Deus em Amadora, na Grande Lisboa, foram detidos sob acusação de tráfico de pessoas e associação para auxílio à imigração ilegal; imigrantes relatam desejo de continuar morando no templo

Na noite do último domingo, 12, o culto na igreja evangélica Assembleia de Deus de Amadora, na Grande Lisboa , em Portugal , transcorreu como de costume. Nem parecia que três dias antes três pastores da congregação haviam sido detidos pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) do país europeu sob a acusação de tráfico de pessoas e associação para o auxílio à imigração ilegal. Após audiência, os religiosos foram liberados.

Uma semana após o ocorrido, as famílias de imigrantes brasileiros resgatadas, segundo a versão das autoridades, pelos agentes do governo continuam morando nas dependências do templo. Todas manifestaram desejo de continuar no local. ...Leia mais