×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

Turismo NacionalFoto:

Antonio Grassi segue no cargo de diretor-presidente até dezembro, viajando depois para Portugal, onde passa a atuar como consultor internacional do instituto.

A partir do próximo ano o Instituto Inhotim ganha não só nova direção como um novo rumo, incluindo a pauta ecológica em sua programação dedicada à arte contemporânea. Em janeiro assume como diretor-presidente Lucas Pessôa numa equipe que contará com Paula Azevedo como diretora vice-presidente e a curadora Julieta González como diretora artística da instituição, criada pelo empresário Bernardo Paz há 15 anos. Antonio Grassi segue no cargo de diretor-presidente até dezembro, viajando depois para Portugal, onde passa a atuar como consultor internacional do instituto.


Os novos diretores concederam uma entrevista ao Estadão, adiantando como será a mudança do perfil de Inhotim, um museu de arte contemporânea e Jardim Botânico instalado numa área de 140 hectares em Brumadinho, Minas Gerais, a 60 quilômetros de Belo Horizonte. Nesse jardim estão plantadas 4.500 espécies de plantas vindas de todos os continentes. A ideia, segundo a nova diretora artística, é dinamizar o acervo (560 obras de artistas de 38 países) com propostas que unam ecologia e arte. "Queremos convidar artistas que trabalhem com a natureza, pensando não só nas galerias que já existem em Inhotim como em seu Jardim Botânico, por meio de parcerias com instituições internacionais". ...Leia mais