×
ContextoExato
Contexto UniversalFoto:

Ao ver surgir hipótese de perda da área de segurança pública da pasta que lidera, o ex-juiz optou por poupar Bolsonaro – e mirou nos estados

Antes mesmo de o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, falar com a sua equipe após o presidente Jair Bolsonaro sugerir o desmembramento da pasta, seus assessores reagiram. Os termos “surpresa” e “mal-estar” dominaram as rodas de bate-papo.

Moro, popular com a opinião pública, é igualmente querido pelos seus subordinados. Ao menos pela maior parte deles. ...Leia mais