×
ContextoExato
Diversão & LazerFoto:

Obra de Isis Medeiros documenta tragédia desde o dia seguinte ao rompimento da barragem de Fundão

Nesta segunda-feira (30), a fotógrafa mineira Isis Medeiros lança o livro 15:30 , em que documenta em fotografias a tragédia do rompimento da Barragem do Fundão em Mariana (MG), da mineradora Samarco, que em novembro completou cinco anos.

Leia também: Vítimas da Samarco: os esquecidos de Barra Longa e a reparação que nunca existiu

Residente da capital mineira, Belo Horizonte, ela partiu para Mariana quando viu pela televisão as cenas de destruição provocadas crime ambiental na cidade. Até então, Isis trabalhava com registro de eventos e, de vez em quando, registrava protestos de rua. O contato com a cena de destruição provocada pelo rejeito tóxico mudou sua trajetória profissional e a maneira de olhar para a própria origem. ...Leia mais