×
ContextoExato
Trabalho & EconomiaFoto:

A Petrobras segue com a sua estratégia de vender determinados ativos para se concentrar em um número menor de operações. Mas isso não tem necessariamente a ver com algum plano de privatização da estatal, como opina um especialista em óleo e gás ouvido pela Sputnik

Nesta semana, a Petrobras assinou um contrato com a Petrom Produção de Petróleo & Gás para a venda da sua participação, de 50%, no campo terrestre de Rabo Branco, localizado no estado de Sergipe.

Responsável por uma produção média de 131 barris de petróleo por dia (bpd), o campo foi negociado com a Petrom, detentora dos outros 50% de participação, devido ao seu direito de preferência na transação. E a negociação, conforme destaca a Agência Brasil, segue a estratégia da estatal de venda de ativos para aplicação de recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas, onde a companhia tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos. ...Leia mais