×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 21 de maio de 2022

“A economia verde é a economia do futuro”, destaca Guterres na COP 25

“A economia verde é a economia do futuro”, destaca Guterres na COP 25Foto: OIT/ Marcel Crozet

O secretário-geral também lembrou a inciativa Ação Climática para o Emprego, lançada durante a COP 25.

Onu News - 13/12/2019 - 07:51:33

No penúltimo dia da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, evento foca na ação climática e empregos; secretário-geral lembrou que atualmente “milhões de trabalhadores estão na linha de frente dos impactos climáticos”.

O mundo ainda está “perdendo a corrida climática”. Foi que assim que o secretário-geral das Nações Unidas deu início ao seu discurso em evento com foco na ação climática e empregos, que aconteceu nesta quinta-feira na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, COP 25.


A COP 25, realizada em Madri, é a Conferência das Partes da Convenção sobre Mudança Climática, UNFCCC. Foto: Unfccc

Na conferência, que encerra nesta sexta-feira em Madri, na Espanha, António Guterres lembrou que no ritmo atual, o mundo pode esperar um aquecimento entre 3ºC e 4ºC até o final do século, mas que é possível “escolher outro caminho.”

Impactos

De acordo com Guterres, essa tragetória também envolve empregos, saúde, educação, oportunidades e o futuro das pessoas.

O secretário-geral destacou que “hoje, milhões de trabalhadores estão na linha de frente dos impactos climáticos” e que muitas pessoas “em setores como turismo e agricultura estão perdendo” seus meios de subsistência. Fora isso, “outros têm que suportar condições de trabalho insuportáveis.”

Para o chefe da ONU, a resposta para a crise climática está na transformação de como a eletricidade é gerada, as cidades projetadas e as terras gerenciadas. Mas isso também exige ações para melhorar a vida das pessoas. Ele acrescentou que “isso significa garantir que os compromissos nacionais sob o Acordo de Paris incluam uma transição justa para pessoas cujos empregos e meios de subsistência são afetados” durante a transição para um economia verde.

Transformação

Guterres afirmou que é preciso que os governos se comprometam, que as empresas assumam a liderança e que todos adotem a transformação que levará “a um mundo neutro em carbono até 2050.” Dados da ONU indicam que uma economia de baixo carbono representa uma oportunidade de crescimento de US$ 26 trilhões que pode criar 65 milhões de novos empregos até 2030.

Além disso, os setores de empregos que “mais crescem em várias economias são os relacionados a energia solar, eólica e geotérmica e negócios relacionados.”

Para o secretário-geral, “a economia verde é a economia do futuro” e é preciso abrir caminho para ela agora.

António Guterres ✔@antonioguterres

Join me live on @Facebook from as I take your questions: http://facebook.com/unitednations https://twitter.com/UN/status/1205020207225298949 …

United Nations ✔@UN

Join @antonioguterres live on @Facebook from #COP25 as he speaks with youth climate activist Marie Christina Kolo and takes your #ClimateAction questions: http://facebook.com/unitednations #COP25


120

04:56 - 12 de dez de 2019

Informações e privacidade no Twitter Ads


Iniciativa

O secretário-geral também lembrou a inciativa Ação Climática para o Emprego, que foi desenvolvida com a Organização Internacional do Trabalho, Espanha e Peru e lançada durante a COP 25.

A iniciativa coloca a criação de empregos e a proteção dos meios de subsistência no centro dos planos nacionais de ação climática. Já existem mais de 40 países comprometidos com o desenvolvimento de um plano de transição justo.

A Ação Climática para o Emprego estabelece medidas específicas, como desenvolvimento de competências, particularmente para mulheres e grupos marginalizados. Também envolve a criação de políticas de proteção social para trabalhadores e grupos vulneráveis, avaliação dos impactos sociais e econômicos e do potencial dos empregos verdes.

Emergência Climática

Nesta quinta-feira, António Guterres também fez uma participação ao vivo no Facebook. Ele disse que “os países precisam se comprometer a fazer o que precisa ser feito.”

Para o chefe da ONU, é preciso que os governos entendam “que a emergência climática já está aqui” e que os governos “precisam agir e agir agora”. Ele afirmou que todos precisam “dizer a seus governos para agir agora e votar de acordo.”

FAO

Em outro encontro à margem COP25, o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, destacou o papel da agricultura na oferta de soluções baseadas na natureza.

Para Qu Dongyu, essas soluções envolvem ações em florestas e outros ecossistemas, incluindo solos, água, pecuária, oceanos e sistemas alimentares. Dongyu apontou que será necessário “reestruturar as cadeias de produção de alimentos, as cadeias de valor e as cadeias de suprimentos".

O chefe da agência da ONU acredita que “a única solução é a inovação."

Comentários para "“A economia verde é a economia do futuro”, destaca Guterres na COP 25":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Produção de cigarros emite mais de 80 milhões de toneladas de CO2

Produção de cigarros emite mais de 80 milhões de toneladas de CO2

Produção gera mais de 80 milhões de toneladas de dióxido de carbono, CO2

Para além do Curral, conheça outras sete serras em Minas ameaçadas pela mineração

Para além do Curral, conheça outras sete serras em Minas ameaçadas pela mineração

Além do cartão-postal de BH, importantes reservas ambientais e hídricas estão na mira ou já são alvos de exploração

Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Dia Mundial das Aves Migratórias combate poluição luminosa

Alerta ocorre no Dia Mundial de Aves Migratórias, com campanha para aumentar a informação sobre a urgência de proteção desses animais

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

Ecologia da China registra reviravolta histórica, diz funcionário

O ambiente ecológico da China testemunhou uma reviravolta histórica na última década, disse Han Wenxiu, alto funcionário do Comitê Central de Assuntos Financeiros e Econômicos, nesta quinta-feira.

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

“Menos de 8% da Caatinga é protegida legalmente”, afirma pesquisador

Caatinga ocupa 90% do território paraibano e é responsável por importantes processos ecossistêmicos

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia limpa: O que são fontes de energia renovável?

Energia das ondas e marés: a energia gerada é proveniente do aproveitamento das ondas e marés oceânicas; entre outros.

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Destinação correta de resíduos feita pela InterPlayers contribui com o plantio de árvores

Além de árvores, prática evitou que 348 kg de materiais fossem parar na natureza, contaminando rios e oceanos

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Setor de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Tecnologia em fertilizantes é alternativa para estiagem e aumenta produtividade

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

Pessoas estão mais preocupadas com a sustentabilidade dentro do lar

O tema virou conceito na Semana de Design de Milão de 2021

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

Alto Paraíso de Goiás recebe o I Seminário Solo Vivo, realizado pelo COMDEMA

O evento é gratuito, e também poderá ser acessado de forma on-line

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

2.800 árvores já foram plantadas em parceria com a Associação Ambientalista Copaíba

Reflorestamento e desenvolvimento social