×
ContextoExato
Responsive image

"Bolsonaro virou motivo de chacota internacional", diz presidente da maior consultoria de risco do mundo

Foto: Wikipedia

"O presidente de um país não pode confrontar a ciência", afirma Ian Bremmer, presidente da Eurasia Group, que reduziu as expectativas em relação ao Brasil

Brasil 247 - 09/04/2020 - 09:05:03

O executivo Ian Bremmer, presidente e fundador da Eurasia Group, considerada a principal consultoria de risco político do mundo, concedeu entrevista à Deutsche Welle e se disse surpreendido pela postura de Jair Bolsonaro perante o avanço da covid-19, a doença provocada pelo coronavírus, no país. Bremmer afirma que a Eurasia baixou as projeções e expectativas para o Brasil em função do cenário atual. "O presidente de uma nação não pode confrontar a ciência e o bem-estar de seus cidadãos. Além disso, ele está minando a sua própria popularidade e causando divisões dentro da base de apoio à agenda de reformas econômicas no Congresso Nacional, o que pode conduzi-lo ao impeachment. No plano internacional, ele virou motivo de chacota", afirma.

"Nós rebaixamos nossas projeções e expectativas para o Brasil em função da crise pandêmica. As principais razões são a condução de Bolsonaro, associada ao risco de que não consiga levar adiante a agenda de reformas econômicas e, em vez disso, volte-se para a sua base populista, mais ligada aos temas de segurança. Isso criaria muitas divisões no país. São elementos que abrem espaço para um impeachment após esta crise", disse Bremmer.

Comentários para ""Bolsonaro virou motivo de chacota internacional", diz presidente da maior consultoria de risco do mundo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório