×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

Brasil precisa desesperadamente que Bolsonaro saia da Presidência e Mourão assuma

Brasil precisa desesperadamente que Bolsonaro saia da Presidência e Mourão assumaFoto:

Comparado a Bolsonaro, o vice Mourão é um tremendo estadista

Carlos Newton - Tribuna Da Internet - 28/04/2020 - 08:17:27

Tenho pouca paciência para esses robôs humanos e mecânicos que infestam a Tribuna da Internet, escalados para defender a permanência de Jair Bolsonaro no poder. São profissionais, ganham para fazer o serviço, é compreensível. O mais curioso, para mim, é o repúdio ao vice-presidente. Nem Freud poderia explicar por que os defensores da intervenção militar preferem manter o capitão Bolsonaro, ao invés de apoiar o general Hamilton Aragão.

Por incrível que pareça, algumas pessoas ainda agem assim, parece que foram hipnotizadas pelo “mito”, que é um líder político mais falso do que uma nota de três dólares, mas se comporta admiravelmente como líder de seita.

QUESTÃO DE HIERARQUIA – Seria muito mais lógico se os fanáticos por Bolsonaro despertassem do transe e passassem a optar por Mourão, até mesmo por uma questão de hierarquia. É muito esquisito ver general obedecendo ordem de capitão, especialmente da categoria de Bolsonaro, que é um completo idiota, conforme o classifiquei aqui na TI, quando defendi o voto nele para impedir a eternização da primeira república sindicalista do mundo, que representaria um tipo de ditadura jamais visto na História Universal. Mas isso é outro assunto, qualquer dia voltaremos a ele.

Tenho desprezo por esse tipo de fanático político, que não consegue perceber a diferença entre um capitão tosco e desclassificado como Bolsonaro e um general altamente preparado como Mourão. E para sair dessa crise iniciada pelo coronavírus, o Brasil precisa desesperadamente que Bolsonaro deixe logo o poder e seja substituído por Mourão.

O MUNDO MUDOU – Em tradução simultânea, com a pandemia o xadrez da política mundial vai mudar inteiramente. Diante do imobilismo diplomático norte-americano, que só pensa em guerras e disputas pelo petróleo, gastando uma fábula para manter suas centenas de bases militares internacionais, a China avançava abertamente com a construção da Nova Rota da Seda, para invadir a economia europeia através da Itália, já tendo se infiltrado na região industrial da Lombardia, epicentro europeu da Covid-19.

Mas a pandemia está alterando a situação. A China mentiu o tempo todo. Primeiro, escondeu a gravidade da situação; depois, usou a doença como marketing de eficiência, construindo um hospital ao vivo em apenas sete dias, quando seria muito mais rápido e barato instalá-lo em barracões militares etc. e tal.

O fato concreto é que contaminou o mundo e os Estados Unidos, que têm um terço dos contaminados, vão cobrar caro, junto com os europeus, especialmente França, Itália, Reino Unido, Alemanha e Espanha. Ou seja, EUA e União Europeia vão se unir comercialmente contra o dragão chinês.

BOLSONARO E MOURÃO – Nessa conjuntura, com Bolsonaro à frente, pateticamente submisso a Donald Trump ou qualquer outro presidente da matriz USA, o Brasil vai se arrastar na maior crise da História, sem conseguir competir com os produtores agrícolas americanos e europeus, que são altamente subsidiados. Vai ser uma tragédia anunciada, porque, na política externa, a filial Brazil ficará à margem do mundo, como mera sucursal dos EUA.

Caso nos livremos de Bolsonaro e o vice Mourão assuma, o quadro é outro, porque os militares são pragmáticos e não se comportam como sabujos da matriz USA.

Para enfrentar o bloqueio de americanos e europeus, a China terá de interromper a construção da Rota da Seda quando chegar ao Oriente Média e se unir aos gigantes do BRICS (Brasil, Rússia, Índia e África do Sul), além de outras nações em desenvolvimento.

SAÍDA DA CRISE – Não há outro caminho para o Brasil. Com o general Mourão no Planalto, poderemos deixar de ser filial e agir como nação independente no tabuleiro de xadrez da política internacional.

Até a Embraer será beneficiada, porque a China e os BRICS precisam de nossos jatos de passageiros, que hoje são mais baratos e confiáveis do que os novos modelos da Boeing, totalmente desprestigiados, porque avião pode tudo, menos cair.

Bem, amigos, é por essas e outras que defendemos que este país se livre logo de Bolsonaro e ressurja na política internacional com a grandeza que realmente possui, como o quinto maior em território, o sexto em população, a nona economia e um potencial de crescimento que nenhum outro país apresenta. E como dizia Ibrahim Sued, “sorry, periferia”.

Comentários para "Brasil precisa desesperadamente que Bolsonaro saia da Presidência e Mourão assuma":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Anvisa trata o caso como o terceiro surto do superfungo no país

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Estudo clínico aplicará o imunizante em 90 voluntários

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Essa grandiosidade em termos de acesso à justiça, também vem ao encontro da morosidade com o que cidadão tem que enfrentar, em função ao tempo de decisão com relação a um processo

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Estados voltam a ter medidas restritivas com aumento de casos de covid

Aumento no número de infectados é resultado da variante Ômicron

Funai abandona proteção de um terço das terras indígenas, inclusive onde há isolados

Funai abandona proteção de um terço das terras indígenas, inclusive onde há isolados

Placa de demarcação crivada de balas na Terra Indígena Uru Eu Wau Wau em Rondônia

Comunidades do Ceará temem desastre ambiental com exploração da maior jazida de urânio do país

Comunidades do Ceará temem desastre ambiental com exploração da maior jazida de urânio do país

Novo pedido de licenciamento ambiental para explorar a jazida de Itataia está nas mãos do Ibama

Família de ambientalistas é assassinada a tiros no Sul do Pará

Família de ambientalistas é assassinada a tiros no Sul do Pará

A família de ambientalistas foi assassinada a tiros no Pará. Os motivos ainda são desconhecidos pela polícia