×
ContextoExato
Responsive image

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19 e infectados ultrapassam 1,6 milhão

Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19 e infectados ultrapassam 1,6 milhãoFoto: Max Haack/Secom Governo da Bahia/ Fotos Públicas

País completa terceira semana com mais de sete mil óbitos a cada período; nenhum estado apresentou melhora nos números

Nara Lacerda - Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 06/07/2020 - 20:20:49

Segundo dados do Conselho Nacional de Secretarias da Saúde (Conass) o Brasil inicia a segunda semana de julho com 65.487 mortos pela covid-19. Entre domingo (05) e segunda-feira (06) foram registrados 620 novos óbitos. Com os resultados consolidados entre os dias 28/06 a 04/07, o número de casos fatais permanece superior a 7 mil pela terceira semana consecutivas. O país não registra patamar inferior a essa marca desde 13/06.

Genocídio de Bolsonaro tem raça, gênero e localização nas cidades

O número total de infectados desde que o vírus chegou oficialmente ao país é de 1.623.284. Somente nas últimas 24 horas foram 20.229 novos casos. Segundo lugar entre as nações que mais registram pacientes no mundo todo, o Brasil tem quase um milhão a mais de contaminados do que a Índia, país que ocupa a terceira posição na lista.

Casos de covid entre agentes de saúde disparam e profissionais cobram EPIs adequados

Ainda de acordo com o Conass, a taxa de letalidade da doença está em 4%. Em pelo menos cinco unidades da federação esse índice é superior à média nacional. São eles: Rio de Janeiro (8,8%), Pernambuco (7,9%), Ceará (5,3%), São Paulo (5%) e Pará (4,5%). Os estados que mais apresentam números absolutos de casos e mortes são São Paulo (323.070 infectados e 16.134 óbitos), Ceará (122.477 infectados e 6.481 óbitos) e Rio de Janeiro (121.879 infectados e 10.698 óbitos).

São Paulo segue Rio de Janeiro e autoriza reabertura de bares e restaurantes

Perigo pode estar no ar

Em resposta a um alerta feito por um grupo de cientistas e divulgado nesse fim de semana, a Organização Mundial da Saúde informou que vai revisar conclusões sobre formas de contágio. Segundo uma carta assinada por mais de 230 estudiosos, há evidências de que o coronavírus pode ser transmitido pelo ar.

Bolsonaro veta obrigatoriedade do uso de máscaras em comércio, templos e igrejas

Até então a OMS trabalhava com a hipótese de contaminação apenas por meio de gotículas expelidas pela boca e pelo nariz. A descoberta coloca em cheque a segurança em locais fechados, como salas de aula e reforça a necessidade do uso de máscaras. No documento, os cientistas pedem a adoção de novas medidas de proteção a ser estipuladas, citando filtros de ar e garantia de circulação nos ambientes.

Saúde, falta de estrutura e desigualdade: os riscos da volta às aulas na pandemia

"O problema é especialmente pior em ambientes fechados, particularmente aqueles que estão lotados e com ventilação inadequada em relação ao número de ocupantes, e em períodos de exposição prolongados" diz a carta.

O que é o novo coronavírus?

É uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a síndrome respiratória aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “ Vamos precisar de todo mundo ” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Edição: Rodrigo Durão Coelho

Comentários para "Brasil tem mais de 65 mil mortes por covid-19 e infectados ultrapassam 1,6 milhão":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório