×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

"Cada dia isolado é um dia a mais para as pesquisas", diz epidemiologista

Foto: Ed Alves)

Segundo o epidemiologista, ainda não é o momento de flexibilizar o isolamento social

Walder Galvão - Correioweb - 13/04/2020 - 18:49:09

O epidemiologista da Universidade de Brasília (UnB), Jonas Brant, defende que a quarentena deve ser mantida para evitar a proliferação da doença na capital

O isolamento social é a única maneira de combater a disseminação do novo coronavírus. Em entrevista ao programa CB.Pode r — parceria do Correio com a TV Brasília — nesta segunda-feira (13/4), o epidemiologista da Universidade de Brasília (UnB) Jonas Brant defendeu que não há ferramentas suficientes para enfrentar a Covid-19, como recursos humanos e hospitais, e, por isso, há necessidade de que as pessoas cumpram as medidas de restrições e evitem infectar outras.

De acordo com o especialista, há uma sensação de segurança em relação ao vírus, porque os números da capital parecem pequenos. Entretanto, o crescimento da contaminação é exponencial. “Por exemplo, se tivermos 600 casos e sairmos nas ruas, teremos mil em dois dias e 2 mil em quatro dias”, explicou. Brant ainda frisou que o número de casos confirmados e mortes em todo país deve ser maior do que é apresentado pelos órgãos oficiais, porque há falta de equipamentos para testagem.

Sobre a flexibilização de alguns setores do comércio nos últimos dias pelo Executivo local, o estudioso orientou que a população não deve mudar de rotina edeve evitar o máximo sair de casa. “Os casos ainda estão concentrados no Plano Piloto. Quando chegar nas regiões administrativas mais vulneráveis, teremos dificuldade de contê-los”, disse.

Cenário

Brant ainda informou que o Brasil pode ter cenários precários semelhantes a outros países, como Estados Unidos e Equador. “O país não produz os reagentes necessários para os diagnósticos e os países que fazem isso não estão exportando. Além disso, não produzimos os EPIs (equipamentos de proteção individual) e não temos capacidade organizacional. Por isso, precisamos empurrar a curva o máximo possível”, reforçou.

O especialista disse ainda que não é o momento certo para abrandar as medidas de restrição. “Esse cenário deve se manter por muito tempo. Mesmo que tenha hospital de campanha, não tem médico e EPI suficiente. É importante que esperemos mais tempo para que se possa repor os estoques dos insumos e termos um protocolo de atendimento efetivo”, comentou.

Confira a íntegra do CB.Poder



Comentários para ""Cada dia isolado é um dia a mais para as pesquisas", diz epidemiologista":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Procura por vacina infantil contra a Covid-19 no DF é grande no primeiro dia

Imunizante foi disponibilizado em 11 postos de saúde

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Domingo de vacinação infantil contra a Covid-19

Paco agradeceu aos profissionais da saúde que, de acordo com ele, estão empenhados, desde o início da pandemia, em atender a população.

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Sete dúvidas sobre a vacinação infantil que você precisa tirar agora

Vacina contra covid já começa a ser aplicada em crianças de 5 a 11 anos em diversos estados brasileiros

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

DF começa hoje vacinação de crianças contra a Covid-19

Ao todo, 11 pontos de imunização funcionam das 8h às 17h

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

UBSs estão prontas para iniciar a vacinação infantil contra a covid

Neste domingo (16), serão vacinadas crianças de 5 a 11 anos com comorbidades ou deficiência permanente, e de 11 anos sem comorbidades

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações de trânsito no DF

Como forma de reduzir esses índices, o Detran lança desafio Multa Zero para incentivar o não cometimento de infrações e assim evitar acidentes

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Mais de 205 mil pessoas ainda não iniciaram a vacinação contra a Covid-19 no DF

Índice de imunização completa no DF é de mais de 85% da população com 12 anos ou mais

Confira os detalhes no DF para a vacinação de crianças contra a Covid-19

Confira os detalhes no DF para a vacinação de crianças contra a Covid-19

Imunização começa neste domingo (16) em 11 pontos de vacinação exclusivos para esse público

Defensoria exige atendimento humanizado do IML após extinção de ala reservada às vítimas de violência noDF

Defensoria exige atendimento humanizado do IML após extinção de ala reservada às vítimas de violência noDF

A DPDF destacou que na quarta-feira (5/1) foi demolido o espaço reservado ao atendimento médico pericial especializado. -

Saiba como funcionará a vacinação de crianças

Saiba como funcionará a vacinação de crianças

Intervalo entre as duas doses deve ser de oito semanas

Domingo começa vacinação de crianças contra a Covid-19

Domingo começa vacinação de crianças contra a Covid-19

“Essa é apenas a primeira etapa da vacinação das crianças. Nos reuniremos na semana que vem para levar a imunização até as regionais de ensino”, afirmou o governador em exercício, Paco Britto, em entrevista coletiva nesta quarta (12)