×
ContextoExato
Responsive image

Caiado é incompetente e tem problemas psiquiátricos, diz Ibaneis

Caiado é incompetente e tem problemas psiquiátricos, diz IbaneisFoto: ISAC NÓBREGA/PR

“Nunca tive um bom relacionamento com Caiado. Acho que ele tem problemas psiquiátricos. Tem que cuidar desse assunto.

Ana Maria Campos - Cb.poder - 02/03/2021 - 16:19:04

O governador Ibaneis Rocha (MDB) voltou a criticar o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), pela condução das medidas sanitárias de combate à pandemia de covid-19.

Em entrevista ao programa UOL Entrevista, Ibaneis disse nesta manhã (02/03) que não tem nenhum problema pessoal com o político goiano, mas o considera incompetente e com problemas psiquiátricos.

Ibaneis respondeu à pergunta do jornalista Tales Farias sobre a possibilidade de haver constrangimento e até um embate físico no encontro de governadores nesta tarde para discutir a imunização da população nos estados.

“Quero que ele (Caiado) trabalhe e resolva o problema dele. No campo pessoal, para mim, é uma excelente pessoa, podemos nos encontrar em qualquer lugar que está tranquilo. No campo da politica e no campo administrativo, vou continuar dizendo que ele é incompetente”, afirmou Ibaneis.

Segundo o governador do DF, pacientes do Entorno ocupam 25% dos leitos de UTI disponíveis para atendimento de covid-19. “A grande realidade em relação ao entorno, é que ele (Caiado) não dá a atenção devida. Ele tem um hospital aqui do lado, em Águas Lindas, que está faltando 12% para a conclusão. Ele já tem dois anos de governo e não conseguiu concluir, mesmo com a pandemia. Então são 2,5 milhões de habitantes que são atendidos no DF porque ele não tem capacidade de atendimento”, reclamou Ibaneis.

Sobre as críticas que recebeu de Caiado relacionadas a denúncias de corrupção no seu governo, Ibaneis afirmou:

“Nunca tive um bom relacionamento com Caiado. Acho que ele tem problemas psiquiátricos. Tem que cuidar desse assunto.

Comentários para "Caiado é incompetente e tem problemas psiquiátricos, diz Ibaneis":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório